.
PNL: em que se baseiam suas escolhas?

PNL: em que se baseiam suas escolhas?

Programação neurolinguística ou PNL é uma abordagem terapêutica que ajuda a transformar alguns aspectos da personalidade, responsáveis pelas ações que tomamos na vida e as consequências que elas trazem. É o resultado do trabalho do psicólogo Richard Bandler e o professor de linguística John Grinder, que começaram a estudar a programação neurolinguística nos anos 70, na Califórnia, avaliando os modelos mentais de terapeutas da época para identificar quais eram os padrões internos e externos que eles apresentavam e como eles influenciavam em suas vidas. Estes estudos tornaram-se famosos em todo o globo a partir de livros, palestras, cursos e até séries, como por exemplo, a série The Mentalist.

Essa pesquisa por padrões envolvia a análise da linguagem verbal e não-verbal do avaliado, ou seja, os sinais do corpo e também a linguagem como fontes de informação. A partir daí, eles perceberam que existia uma relação entre a mente, a linguagem verbal e não verbal, e que essa interação era organizada (programação) de determinadas formas que influenciavam no comportamento do e nos resultados que as pessoas produziam.

Eles identificaram algumas palavras e linguagens específicas que levavam algumas pessoas ao êxito, mas também observaram que existiam padrões internos como crenças e pressupostos, que eram muito ativos nos comportamentos bem sucedidos.

Essa é a ideia que sustenta a PNL: por trás dos nossos comportamentos existe uma estrutura interna de emoções que impactam diretamente nossas ações e os resultados que elas geram. Essa abordagem serve tanto para padrões positivos, que devem ser repetidos, quanto para padrões negativos que devemos transformar. Identificando o padrão e sabendo como ele atua, conseguimos modificá-lo ou intensificá-lo de acordo com nossos objetivos.

Ou seja, A PNL estuda a estrutura da experiência humana subjetiva, como organizamos o que vemos através dos nossos sentidos e a dinâmica entre mente e linguagem, evidenciando como essa interação afeta o nosso comportamento.

O mapa não é o território!

Pressuposto básico da PNL, esse conceito diz muito sobre o que é a programação neurolinguística e é fundamental para atingirmos os resultados esperados com as práticas. O mapa é um esboço, uma projeção incompleta de um território, certo? Mas ele não é o território, totalmente diferente e além do que o mapa tem capacidade de expressar.

Em nossa vida, o mapa são as informações que recebemos desde o nascimento, uma certa concepção de mundo, regras, dogmas e comportamentos sociais transmitidos pelas escolas, família e sociedade, que mesmo sem que a gente perceba são guias em nossas vidas. Vamos construindo crenças e armazenando conceitos que direcionam nossos desejos e portanto, nossas ações. É como um programa, que faz com que nosso sistema funcione baseado nele. E se o sistema não está funcionando da maneira que desejamos, produzindo os resultados que queremos, podemos reprogramá-lo.

Para isso, é necessário jogar fora toda a programação anterior que impede nossa evolução, dando novas perspectivas a nossa mente e uma nova maneira de operar que altera nossa forma de agir e vibrar, modificando também os resultados que alcançamos.


Clique Aqui: Neurociência aponta 4 rituais que te farão feliz – descubra quais são!


Outros pressupostos da PNL

  • Nossa percepção do mundo é uma projeção pessoal resultado da nossa própria história, feita de memórias, valores e convicções;
  • A linguagem tem um poder enorme sobre nós;
  • O sistema nervoso central não conhece negações, quanto mais lutamos contra o que não queremos mais o recebemos de volta. Tudo que resistimos, persiste.
  • Convicções são profecias realizáveis – convicções limitantes produzem resultados limitados e convicções ilimitadas produzem resultados ilimitados;
  • Toda a aprendizagem, comportamento e transformação são de natureza inconsciente;
  • Corpo e mente influenciam um ao outro, entrando no domínio da mente a possibilidade do conforto do corpo.

Como a PNL pode te ajudar?

No universo emocional, ela ajuda a lidar com a ansiedade, depressão fobias e traumas, causando um alívio do stress que nos destrói e nos auxiliando a resolver conflitos de formas menos destrutivas e egoístas. Ela nos coloca em uma posição mais confortável perante a existência, nos trazendo relações mais saudáveis e empatia com o próximo.

Na dimensão mais física, a PNL ela pode ser muito bem aproveitada para atingir resultados e alcançar metas na carreira. Toda nossa performance em geral é aprimorada e ficamos mais suscetíveis a agirmos da forma correta nos momentos exatos em que as oportunidades aparecem. A prosperidade passa a ser uma realidade, pois é agora efeito das ações que tomamos, não a causa. Tendemos a trabalhar melhor em equipe e a nos relacionar melhor no ambiente de trabalho, com um poder de persuasão e negociação muito aprimorados.

Tudo que nos atrapalha, causa incômodo ou sofrimento, pode ser trabalho através das técnicas de programação neurolinguística.


Clique Aqui: Brahmi: o poderoso tônico cerebral e seus inúmeros benefícios


3 práticas da PNL – programando a evolução e o sucesso

A compreensão mais profunda da PNL não se resume somente às práticas, entretanto, elas ajudam muito a entender como nosso comportamento é influenciado pela nossa mente e pelas nossas crenças.
Aqui vão 3 práticas muito interessantes e que nos ajudam a iniciar a reprogramar nossos padrões mentais e emocionais:

  • 1

    Ponte ao futuro

    Imaginar é materializar, emanar ao universo uma energia que sabemos ser criadora. Estabelecer objetivos ajuda a preparar a mente para as mudanças e contribui para a aceleração do resultado.

    O cérebro não distingue a temporalidade das nossas sensações, ou seja, se imaginamos felicidade, ele não sabe se aquilo aconteceu ou não. Ao pensar na felicidade, emanamos a vibração da felicidade. Se queremos uma situação, imagina-la tem efeito criador e modelador, nos ligando aquela vibração e criando essas conexões cerebrais.

    Sentir que merecemos a mudança que está procurando também é essencial. É necessário ter em mente que possuímos todos os recursos para atingir nossos objetivos. Reconhecer também nosso estado atual e identificar o que está nos impossibilitando de avançar, também é importante para que possamos traçar um planejamento de ações para alcançar o resultado pretendido.

    Portanto, a ponte ao futuro tem como promover a visualização de situações e gerar um padrão repetitivo, possibilitando colocar em prática novos comportamentos e reações.

  • 2

    Ancoragem

    A âncora é uma ferramenta para fixar um estado mental oposto ao negativo e encorajador, vivenciado em algum momento da vida pelo indivíduo. Para criar uma âncora positiva é necessário escolher uma palavra, um gesto ou um objeto que lembre uma situação positiva e importante. Quando houver um momento de medo ou desânimo, a âncora positiva conduz a pessoa a um estado emocional mais confortável.

  • 3

    Metáfora

    Essa técnica tem o objetivo de gerar identificação com alguma forma narrativa exterior, como contos, fábulas, provérbios, citações, parábolas e histórias, permitindo que sejam criadas novas percepções ou fazendo surgir alternativas que antes não eram percebidas devido a um bloqueio e emoções negativas. É uma forma de ensinar novas perspectivas, transmitindo aprendizado por meio da reflexão e estimulando emoções.

Existem inúmeras técnicas de programação neurolinguística disponíveis gratuitamente e outras somente encontradas em cursos pagos ou livros. Mas, somente pesquisar sobre o assunto já nos dá um panorama incrível sobre como podemos mudar nossa vida com a PNL.

Não só a PNL mas muitas outras terapias mostram que nosso comportamento é sugestionável a nossa mente, e que nossa alma emana uma frequência energética de acordo com nossa percepção de mundo e emoções. Tendo mais conhecimento sobre nós mesmos e um controle mental saudável, é possível transformar nossa realidade e acelerar nosso desenvolvimento. É só escolher um caminho e embarcar numa jornada de profunda transformação!

O poder está dentro de nós e somos capazes de transformar a nós mesmos.


Saiba mais :

Guta Monteiro Guta Monteiro

Apaixonada por filosofia e literatura, é formada em publicidade e estuda espiritualidade desde criança. Buscadora incansável dos mistérios da vida, adora compartilhar ideias sobre Deus e as forças que movem o universo, para ajudar no seu próprio despertar e no encontro com poder divino que existe em nós. Usa a espiritualidade para crescer e ajudar a crescer aos demais e sonha com um mundo feito de igualdade, fraternidade, liberdade e amor.