.
Saiba mais sobre a diferença do Espiritismo e a Umbanda

Saiba mais sobre a diferença do Espiritismo e a Umbanda

Existe um grande questionamento sobre essas doutrinas e religiões e como são praticadas. O que se sabe diante de vários estudos e constatações é que são religiões distintas, que possuem focos diferentes.

O espiritismo

O espiritismo nasce como uma doutrina, não como uma religião, apesar de hoje em dia já poder se dizer espirita, pois já passou a ser considerado dessa forma. Apesar de não possuir templos, o espiritismo tem contato com suas metodologias em centros espiritas, onde são realizados as diferentes formas de viver essa crença.

O espiritismo nasce como uma filosofia proveniente do tempo do iluminismo, por meio de Allan Kardec, se torna uma crença, uma doutrina e passa a ser considerado uma religião. Não existe no espiritismo a incorporação de divindades, como acontece no candomblé, mas possui a incorporação de corpo humano, a reencarnação.


Clique aqui: Espiritismo Kardecista – O que é e como surgiu?


São características do espiritismo nos centros:

  • Palestras.
  • Passes (todos os tipos).
  • Trabalhos de mesa.
  • Doutrinação dos espíritos.
  • Estudo sobre a reencarnação e a evolução dos humanos.
  • Leituras do evangelho.

Clique aqui: Símbolos de espiritismo: descubra o mistério da simbologia espírita


Na Umbanda

Diferente do espiritismo, na Umbanda temos uma junção de algumas características vindas do candomblé e também de outras doutrinas. Surgiu no Rio de Janeiro, onde é mais conhecida e disseminada, mas hoje existe em diversos lugares do Brasil.

Na umbanda existe a incorporação dos orixás, quem vem até a terra para trazer o seu axé em suas sessões. O forte do trabalho da Umbanda, são os trabalhos com os guias da Umbanda. São espíritos que já encarnaram em espíritos humanos, e que depois de desencarnarem, se unem a uma falange e retornam como mentores, mestres e guias para ajudar e auxiliar em suas encarnações e por meio dos responsáveis ajudar seus consulentes.

Na Umbanda, a maioria dos trabalhos são abertos, apesar de existirem alguns trabalhos de esquerda fechados, que são alguns que envolvem pomba gira. Nos trabalhos abertos, os responsáveis com incorporação de guias, farão o atendimento aos consulentes com sessões de descarrego, limpeza, passe e cura daqueles que precisam, tudo de forma gratuita.

Todos esses trabalhos acontecem em locais abertos, casas ou terreiros dedicados a doutrina.  Os trabalhos, cerimônias e ensinamentos são conduzidos por um “pai” ou “mãe”, encarregados em conduzir todos os momentos  e por um sacerdote, que é o encarregado de ensinar a doutrina a seus discípulos.

Apesar de possuir particularidades em diversos lugares, a Umbanda possui um hino composto por José Manoel Alves e Dalmo da Trindade Reis, oficializada em 1961 como o hino de toda a doutrina:

Refletiu a Luz Divina

Com todo seu esplendor

É do reino de Oxalá

Onde há paz e amor

Luz que refletiu na terra

Luz que refletiu no mar

Luz que veio de Aruanda

Para tudo iluminar

A Umbanda é paz e amor

É um mundo cheio de Luz

É a força que nos dá vida

É a grandeza que nos conduz

Avantes, filhos de fé

Como a nossa lei não há

Levando ao mundo inteiro

A bandeira de Oxalá

Levando ao mundo inteiro

A bandeira de Oxalá

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.