.
Projeção astral garantida: conheça a técnica do alarme

Projeção astral garantida: conheça a técnica do alarme

A experiência de projeção astral é fantástica, mas para a maioria das pessoas não é algo que se consegue da noite para o dia. É por isso que o conhecimento sobre o assunto, treino e a aplicação de alguns facilitadores, como a técnica do alarme, são meios que podem acelerar o processo. Vamos conhecer um deles?

Técnica do alarme para projeção astral: como funciona?

Antes de conhecer a técnica do alarme, é preciso ter a certeza de que entende minimamente o que é a projeção astral e que, na realidade, ela não é tão complicada quanto pode parecer.

De maneira bem simples, a projeção astral é a capacidade de se projetar fora do corpo físico —ela também é chamada em alguns textos de projeção consciente ou viagem astral. Nessa projeção da consciência, além de o indivíduo perceber a si próprio fora do corpo, ele também pode alcançar a capacidade de interagir com o ambiente, objetos e até pessoas à sua volta.

A técnica do alarme, tal como muitas outras, segue algumas pequenas, porém muito importantes regras. Em primeiro lugar, ela precisa ser aplicada apenas após a pessoa alcançar seis horas completas de sono; sendo que o ideal é realizar a técnica nas primeiras horas da manhã.

A técnica do alarme é formulada de acordo com diversos estudos para induzir a pessoa a assumir o controle, e inclui um preparativo com alarmes e outras técnicas de concentração.


Clique Aqui: Projeção astral: aprenda a técnica do saltinho e desperte a consciência


Preparativos para a técnica do alarme

Comece definindo o seu despertador para exatamente seis horas a partir do momento em que você se deita para dormir. Então, se você se deitar às 23h15, defina seu alarme para 5h15 e vá dormir.

É fácil perceber que uma rotina constante de sono irá ajudar muito nesse processo. Dormir e acordar cada dia em um horário diferente torna o caminho mais complicado, além de outros problemas implícitos. Procure se policiar quanto a isso.

Voltando a programação, após o despertador tocar, procure levantar de imediato. Essa não é a hora de ceder as tentações da famosa “soneca”. Levante da cama e se planeje para ficar completamente acordado por uma hora.

Nos primeiros dias poderá enfrentar alguma dificuldade, especialmente os que não forem pessoas tão matinais. Se for preciso, recorra a algumas estratégias como lavar rosto com água fria, andar por aí ou fazer alguma atividade para acordar completamente.

Passada essa uma hora acordado, volte a se deitar para então dar início aos passos necessários para sua jornada rumo a projeção astral.


Primeiro Passo: foque sua concentração no terceiro olho

Esse passo exige bastante concentração, além de muita prática. Primeiramente, com os olhos ainda abertos, tente olhar para cima como se estivesse tentando virar os olhos. O objetivo é que você tente olhar o centro da testa.

Uma dica é tentar usar como referência de foco o centro de suas sobrancelhas. Isso deve parecer um pouco desconfortável no início — para alguns um pouco mais devido a falta de prática —, mas não se preocupe se esse for o seu caso, pois o movimento não é mantido por muito tempo. Seja paciente.

Assim que seus olhos conseguirem se focar no lugar correto (você perceberá que está fazendo corretamente quando eles parecerem que estão “se cruzando”), toque levemente um de seus dedos no ponto entre as sobrancelhas.

Assim que tocar o dedo por entre as sobrancelhas, puxe-o a cerca de três centímetros da sua cabeça — isso marcará um novo ponto a ser seguido pelos olhos. Sim, agora você deve focar seu olhar no ponto onde o seu dedo está tocando.

Após seguir o dedo com os olhos, você lentamente irá fecha-los. Mantenha a concentração durante todo o processo, e apenas quando seus olhos já estiverem fechados você deve abaixar o dedo. Mas atenção, mesmo que ele já não esteja mais ali marcando o lugar, os seus olhos devem se manter focados nesse ponto. Não os desvie durante o processo.

Nesse exato momento do processo é onde começa a sua autoafirmação. Usando seu poder de convencimento, diga a si mesmo o seguinte: “Eu agora coloco meu corpo em paralisia do sono“.

Para viver a experiência de projeção astral é muito importante que a pessoa esteja realmente aberta a isso e não possua dúvidas dentro de si. Todo o processo depende de acreditar em si mesmo e em seu objetivo. Alguém que está muito ansioso e temendo não conseguir, de fato terá dificuldades em alcançar o sucesso — o que, aliás, nos leva ao segundo passo.


Clique Aqui: Projeção astral – dicas básicas de como fazer para iniciantes


Segundo Passo: o relaxamento

Aqui é onde a pessoa deve atingir um avançado estágio de relaxamento, de modo a realmente sentir que seu corpo está “se soltando”. Perceber que seu corpo está relaxando intensamente é a primeira pista de que está se aproximando de seu objetivo.

É como ocorre em uma intensa meditação onde certos estágios só podem ser alcançados quando se ultrapassa a barreira física, se libertando dessa necessidade constante.

Procure ter a sensibilidade de perceber as vibrações que estão próximas a você, mas em especial a sua própria vibração. E assim que sentir seu corpo vibrar de acordo, finalmente relaxe os olhos.

Tenha a certeza de que está com o corpo totalmente relaxado. Você pode reafirmar isso repetindo para si mesmo palavras simples como: “meu corpo está completamente relaxado. Eu agora me movo para o próximo nível. Quando meu corpo adormece, minha mente permanece acordada.”

Quando entrar na sintonia correta a já tiver relaxado seus olhos, você poderá dar início a sua experiência de viagem astral. Permaneça nesse estado até que comece a perceber alguns sinais como o ver algumas imagens, cores ou até imagens de vídeo. Esses são alguns dos sinais de que você está perto de vencer essa barreira e de ter uma experiência fora do corpo.

Nesse momento, é importante evitar movimentos físicos. Isso atrapalha o processo e justamente por isso é tão difícil. Mas caso seja bem-sucedido, será possível ir ao próximo nível rumo a projeção astral.


Terceiro Passo: a pulsação vibracional

Pode parecer um tanto contraditório o que diremos agora, mas após ter tanto foco em relaxar o corpo e se desligar mentalmente dele, essa é a hora de trazer sua atenção justamente de volta a ele.

Mas entenda que não é se focar nas sensações físicas e regredir todo o caminho até agora. Estamos falando sobre tentar sentir as vibrações que estão por trás da quietude do relaxamento.

Isso pode ser realmente desafiador no começo, afinal de contas você está tentando manter duas linhas muito tênues em coexistência, e mais do que isso, você está tentando perceber energias extremamente sutis. Mas acredite em si mesmo.

Uma boa maneira de começar a ter uma noção dessas vibrações é através de seus batimentos cardíacos. Tente com muita calma, para não perder sua concentração, sintonizar seus batimentos cardíacos e imaginar ondas de vibração fluindo no tempo com as batidas.

De toda forma, se sentir que isso não está funcionado, é possível recorrer a outras ferramentas. Outra boa sugestão é usar seu terceiro olho da mesma forma, tentando foca-lo no ritmo das batidas do seu coração. Mantenha os olhos fechados e o resto do corpo totalmente relaxado enquanto faz isso.

Exercite suas habilidades e mantenha o foco nas vibrações até que elas se intensifiquem ou diminuam.


Clique Aqui: Perigos da Projeção astral – existe o risco de não voltar?


Quarto Passo: assistindo

Volte sua concentração para a quaisquer imagens, cores ou vídeos que você possa estar “vendo”, apesar de teus olhos estarem totalmente fechados.

Aqui é onde a maioria das pessoas acabariam adormecendo e perdendo o controle, mas se você fez tudo corretamente, isso não acontecerá. Você pode ficar consciente agora, e de certa forma está a poucos passos de estar realmente pronto para ter uma projeção astral.

Certifique-se que seu corpo esteja totalmente relaxado. Se por algum motivo sentir que a tensão está começando a se acumular, adote uma frase como um mantra para recobrar o controle. Diga a si mesmo: “estou completamente relaxado” e “agora passo para o próximo nível”.


Quinto Passo: flutuando

Basicamente tudo o que resta a fazer agora é esperar até que você se sinta começando a flutuar para cima e para fora do seu corpo.

Com o total relaxamento do corpo e seu foco mental, pouco a pouco será possível ter a sensação de “flutuação”. Ela pode vir acompanhada por vibrações intensas, mas se você ficar relaxado, provavelmente vai se surpreender.

Ao ser bem-sucedido em sua jornada, você pode fazer praticamente o que quiser. Tudo o que você precisa fazer é imaginar aonde você quer estar ou com quem quer estar, com o olho da sua mente, e você estará lá.

Faça uma feliz projeção astral!


Saiba mais:

Heloisa Von Ah Heloisa Von Ah

Designer e redatora, respira arte desde que se entende por gente. Apaixonada por gatos, literatura, cinema e músicas que já ninguém mais se lembra, vê na calmaria e na simplicidade o cenário ideal para se viver. Aprendeu de tudo um pouco, de instrumentos musicais a artes marciais; e não vê a hora de mais, já que a vida não pode parar