.
Espiritualidade pode reduzir risco de doenças cardiovasculares

Espiritualidade pode reduzir risco de doenças cardiovasculares

A fé e a espiritualidade não acalmam apenas a alma. Estudos mostram que a prática ajuda a reduzir sintomas como ansiedade, estresse e depressão, assim como ajudar quem quer parar de beber ou parar de fumar. Isso tudo traz ainda mais consequências positivas, sendo capaz de diminuir o risco de doenças cardiovasculares.

Espiritualidade não é só religião

Quando se fala em espiritualidade e seus benefícios não falamos apenas em religião. Ela pode ser somente um conjunto de atitudes tomadas por um indivíduo no seu dia a dia, na prática da sua vida e na forma como ele se relaciona com os demais. Quando um indivíduo opta por perdoar, por exemplo, eliminar as mágoas de sua vida, isso também está ligado à espiritualidade e afeta sua saúde e a forma como seu corpo reage às doenças. Uma pessoa com depressão, por exemplo, tende a ter imunidade mais baixa e ficar mais disposta a ficar doente.

Além disso, a espiritualidade ensina a enfrentar com mais calma e serenidade as situações cotidianas que enfrentamos, tal como as dificuldades financeiras, o desemprego, os problemas nas relações interpessoais, como o casamento, o trabalho, etc, e questões relacionadas aos filhos e às famílias.

Segundo os médicos, quando uma pessoa se sente magoada com algo, ela tende a liberar adrenalina na circulação sanguínea. Isso poderia ser benéfico se o corpo estivesse em uma atividade física, mas quando ele não está preparado para receber aquilo, a adrenalina não é tão benéfica. Ela causa o aumento dos batimentos cardíacos da pessoa e da pressão arterial, como a constrição dos vasos, podendo até mesmo provocar um infarto.

Práticas diária de espiritualidade ajudam o ser humano a aprender a lidar com suas emoções. Além disso, a busca da espiritualidade caminha junto com a busca pessoal por um propósito de vida e da transcendência. Por isso é importante que o médico interaja com o paciente a respeito deste tema.

Lembre-se, cada vez mais estudos mostram que os indivíduos com religiosidade ou espiritualidade têm menor tendência a muitas doenças relacionadas ao estresse. Por isso, é importante considerar isso e tentar levar uma vida mais leve e com menos mágoas, rancores e sentimentos ruins sendo alimentados.


Clique aqui: 7 formas incomuns de praticar a espiritualidade no dia a dia


Pesquisa

Em 2010 foram publicados nos Estados Unidos os resultados de uma pesquisa que durou 31 anos e na qual os médicos acompanharam cerca de 6.500 pacientes para avaliar a interferência da fé e da espiritualidade na prevenção das doenças do coração. Eles concluíram que pode variar de 25% a 35% a redução das taxas de mortalidade entre aqueles que seguiram uma vida espiritualizada durante 15, 20 ou 30 anos.

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.