.
Entenda por que os espíritos incorporados fumam e bebem

Entenda por que os espíritos incorporados fumam e bebem

Se você já frequentou algum centro de Umbanda, Candomblé ou Quibanda, já deve ter se deparado com o pai de santo ou alguma entidade fumando um charuto e/ou até mesmo bebendo, certo?

O fumo e a bebida na incorporação

A verdade é que eles não fumam e nem bebem, o que acontece é uma manipulação energética dos elementos vegetais que estão presentes na preparação destas substâncias. Ou seja, o uso se faz presente porque os espíritos ou entidades conseguem extrair a energia desses elementos e assim, conseguir obter uma elevação da consciência espiritual.

Muitas entidades quando estão fora do centro e vivendo a vida no dia-a-dia não costumam fumar e nem beber. Apenas fazem isso quando incorporados. Pois assim, consegue extrair a energia. Essa energia é responsável por fazer a ligação/ativação entre a entidade, o espírito e o consulente.

O tabaco, por exemplo, é uma erva muito poderosa e presente em várias outras religiões. Inclusive, os indígenas também fazem o uso do tabaco para promover a cura espiritual. O poder dessa erva é tão forte, que ela atrai todas as outras boas energias que estão no local. Mas atenção, todo este poder é apenas da erva. Não se usa cigarro industrializado nos rituais, pois neles contém milhares de substâncias tóxicas.

A mesma atenção se deve ao uso da bebida alcóolica dentro do centro. Qualquer abuso de bebida por parte da entidade, pode significar um vício, pois nessas religiões, basta pequenas doses para que consigam extrair toda energia necessária.

Entenda melhorFumo e bebida nos Rituais Religiosos

A bebida e o fumo na Igreja Católica

E se parar para pensar, não são apenas as religiões de matriz africana que fazem o uso desses instrumentos.

A igreja católica utiliza-se do vinho para mergulhar a hóstia na comunhão, e assim receber o corpo, o sangue, a alma e a divindade de Jesus Cristo. Além disso, antes da missa, é de praxe ver um coroinha passando pelo corredor da igreja e balançando o incensário de mirra. A fumaça produzida pelo incenso tem como objetivo purificar a igreja, e faz uma referência aos três Reis Magos.

“As boas ações elevam o espírito e predispõem-no a praticar outras”
Jean Jacques Rousseau

Energias extraídas para cura ou elevação espiritual

A manipulação da energia dos elementos acontece em diversas formas. Cada religião tem uma forma de extrair a energia de algum elemento em específico, e não só do fumo ou da bebida.

Com certeza você já tomou um banho de sal grosso, tomou um banho de ervas ou pegou um ramo de folhas para bater no corpo, para tirar o mau-olhado ou tomar um banho de descarrego. Essas práticas também tem a função de extrair os elementos e são utilizados para obter uma cura ou elevação espiritual.

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.