.
As eficientes formas de inalação na aromaterapia

As eficientes formas de inalação na aromaterapia

Como já conhecida entre técnicas de prover o alívio de quadros de alergias e congestionamento nasal, por exemplo, a inalação também é eficazmente aplicada na aromaterapia. Dessa forma, o vapor proporcionado por ela é uma grande auxiliar na eliminação de toxinas da pele, também descongestionando todo o sistema respiratório.

As técnicas de inalação em aromaterapia


Também possíveis através da aplicação em saunas, a inalação do vapor em aromaterapia é de extrema utilidade quando temos como objetivo o descongestionamento das vias respiratórias e até mesmo processos de limpeza de pele.

Para isso, a aromaterapia aconselha duas formas de utilização das técnicas de inalação, visando abranger diferentes sintomas e finalidades, contando ainda com a escolha do óleo essencial adequado. São elas:

Inalações Secas: Para as inalações a seco, basta pingar 5 gotas do óleo essencial selecionado sobre uma flanela e aspire esse conteúdo. Esse método é bastante indicado para os que necessitam de cuidados com as vias respiratórias, combatendo eficazmente a tosse e resfriados, por exemplo.

Inalações Úmidas: O método mais conhecido em inalações, na aromaterapia consiste em pingar de 3 a 6 gotas do óleo essencial pretendido, em 2 litros de água, os quais precisam estar suficientemente quentes para começar a evaporar – não deixe a água fervendo, pois pode ocasionar acidentes.

Em seguida, feche seus olhos e, com o auxílio de uma toalha, cubra sua cabeça e o recipiente com água, começando a inalar o vapor durante um período de 5 a 10 minutos. A técnica, também conhecida como sauna facial, é ainda indicada para procedimentos em limpeza facial.

Para crianças que desejam fazer esse tipo de tratamento, é fundamental que estas sejam supervisionadas em 100% do tempo. Para os pequenos, o ideal é utilizar no máximo 3 gotas de óleo essencial para cada 2 litros de água quente no recipiente.

Leia Também: Aromaterapia: Guia Completo de Óleos Essenciais

Dicas de óleos essenciais


Agora que já conhece as técnicas de inalação da aromaterapia, saiba também que os óleos essenciais mais indicados para a sauna são os herbais, como é o caso do eucalipto, citronela, capim limão e alecrim, além dos cítricos, como a mandarina, limão, laranja e a toranja. Os óleos citados agem como expansivos para o trato respiratório, promovendo sensações que visam combinar o calor e o valor produzidos.

São inadequados os óleos de aroma floral ou lenhoso, como a rosa e o sândalo. Eles, além de provocar enjoo, ainda dificultam a respiração.

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!