.
Shilajit — o néctar ayurvédico da juventude

Shilajit — o néctar ayurvédico da juventude

Segundo as lendas indianas, Shijalit é o nome de um néctar dado pelos deuses aos homens para que pudessem alcançar a imortalidade (amrit), permanecendo jovens para sempre.

Chamado também de Shilajitu em termos ayurvédicos, a substância é um tipo de resina que escorre das montanhas do Himalaia devido ao efeito de aquecimento durante o Verão. Sua coloração varia do castanho claro ao preto, apresentando textura suave, toque pegajoso e solubilidade em água.

Comumente encontrado na região do Himalaia — especialmente no Nepal, Butão, Tibet e na área Kumaon, na Índia — Shilajit contém ushan virya, ou seja, possui potência quente, o que faz com que seja capaz de lutar contra as doenças causadas por desordem do dosha Vata.

Possui os sabores (rasas) amargo (katu), azedo (tikta) e adstringente (kashaya). Também leva propriedades como a fácil digestão (laghu) e a alta capacidade de absorção de água (ruksha) (seco), o que pode ajudar o Shilajit a desempenhar adequadamente suas funções.

Devido a tais propriedades, a substância atua como supressor de Kapha e Vata, bem como na moderação do dosha Pitta.

Os benefícios do Shilajit

O Shilajit é amplamente utilizado na preparação de medicamentos ayurvédicos e considerado um dos ingredientes mais importantes da medicina Ayurveda. Dentre suas principais funções, a substância funciona como um poderoso antioxidante, retardando assim o envelhecimento.

O Shilajit tem, inclusive, sido indicado no tratamento de inúmeras doenças, como as indicadas a seguir:

  • 1

    Ameniza dores e inflamações

    É um excelente remédio para tratar condições como a artrite reumatoide, osteoartrite, gota e problemas relacionados.

    Alivia dores musculares, nas costas e em qualquer tipo de lesão. Atua como um poderoso anti-inflamatório. Diz-se que o Shilajit funciona de forma muito semelhante ao medicamento betametasona, um anti-inflamatório imunossupressor e antialérgico.

  • 2

    Fortalece o sistema nervoso

    O Shilajit é considerado um agente que ajuda a fortalecer nosso sistema nervoso, incluindo desordens nervosas como paralisia, epilepsia, hemiplegia, etc. Também atua em campo emocional, tratando transtornos como a depressão, estresse e fadiga mental.

    Seu uso auxilia no aumento dos níveis de inteligência e também trabalha na promoção da concentração mental, aumentando assim as habilidades de aprendizagem.

  • 3

    Melhora a saúde do coração

    Como moderador de Pitta, o Shilajit é um suplemento dietético que também pode melhorar a sua saúde cardíaca. Em pesquisa com ratos de laboratório, depois de receber um pré-tratamento de Shilajit, alguns ratos receberam injeções de isoproterenol para induzir uma lesão cardíaca.

    O estudo descobriu que os ratos que receberam Shilajit antes da lesão cardíaca tiveram danos menores ao coração. A substância também é eficaz no controle dos níveis de pressão arterial, normalizando-a.

    O Shilajit é também bastante utilizado no tratamento de casos de diabetes, uma vez que é muito útil no trabalho metabólico da glicose no sangue.

  • 4

    Auxilia casos de infertilidade masculina

    A erva também é um suplemento seguro para tratar da infertilidade masculina. Utilizada no Ayurveda para aumentar a força e a resistência dos homens, o Shilajit funciona não somente como agente afrodisíaco, mas também para aumentar a quantidade de espermatozoides.

    Em estudo com um grupo de 60 homens inférteis, o Shilajit foi administrado 2 vezes ao dia, depois das refeições, por 90 dias. Ao final do período, mais de 60% dos participantes mostraram um aumento na contagem total de espermatozoides. Mais de 12% também demonstraram aumento na mobilidade dos espermatozoides.

    O uso da erva também ajuda na regulação dos hormônios sexuais masculinos. Ela tem sido considerada como Viagra indiano, por promover o aumento nos níveis de testosterona. Em um outro estudo clínico, com homens entre 45 e 55 anos, metade dos participantes recebeu um medicamento placebo, enquanto a outra recebeu 250mg de Shilajit puro, duas vezes ao dia.

    Ao final de 90 dias consecutivos, o estudo concluiu que os participantes tratados com Shilajit tiveram um aumento significativo nos níveis de testosterona, em comparação com o grupo tratado com placebo.

  • 5

    Melhora o funcionamento dos rins

    É altamente recomendável em casos de cálculos renais, mostrando-se também benéfico para um melhor funcionamento dos rins.

    Bons resultados também têm sido observados em casos de infecção do trato urinário e alívio nos sintomas como queimação durante a micção.

  • 6

    É um complemento de vitaminas e minerais

    O shilajit ajuda a complementar os minerais (como fósforo, cálcio e magnésio) e deficiência de vitamina no corpo. Também é cientificamente comprovado que a suplementação com a substância auxilia a normalização dos níveis de ferro, aumentando o número de glóbulos vermelhas, hemoglobina e hematócrito no sangue.

  • 7

    Retarda o envelhecimento

    Como o Shilajit é rico em ácido fúlvico, um forte antioxidante e anti-inflamatório, ele também pode proteger contra os radicais livres e danos celulares. Como resultado, o uso regular de Shilajit pode contribuir para a longevidade, um processo de envelhecimento mais lento e, em geral, uma melhor saúde.

    A erva tem sido mencionada como rasayana (terapia de rejuvenescimento) por Acharya Charak, lendário médico indiano autor do Charaka Samhita. O sábio recomendou o seu uso diário para manter a força física e mental, para manter a juventude e atingir uma vida longa.

    Seu uso também é recomendado para pacientes fracos ou que estejam saindo de uma doença ou cirurgia que possa tê-los debilitado. É um poderoso construtor para a imunidade natural do organismo, fornecendo força para o corpo.

  • 8

    Auxilia no tratamento da doença de Alzheimer

    A doença de Alzheimer é uma doença cerebral progressiva que causa problemas de memória, comportamento e raciocínio. Tratamentos com medicamentos estão disponíveis para melhorar os sintomas da doença de Alzheimer. Mas com base na composição molecular do Shilajit, alguns pesquisadores acreditam que ele possa prevenir ou retardar a progressão do mal de Alzheimer.

    O principal componente do Shilajit é um antioxidante conhecido como ácido fúlvico. Este poderoso antioxidante contribui para a saúde cognitiva, impedindo o acúmulo de proteína tau. As proteínas tau são uma parte importante do seu sistema nervoso, mas um acúmulo pode causar danos às células cerebrais.

    Os pesquisadores acreditam que o ácido fúlvico no Shilajit pode parar o acúmulo anormal de proteína tau e reduzir a inflamação, potencialmente melhorando os sintomas de Alzheimer. No entanto, mais pesquisas e ensaios clínicos são necessários.

  • 9

    Contribui para a perda de peso

    Excelentes resultados foram descobertos quando Shilajit é administrado para tratar da obesidade. Seu uso auxiliar a absorver a gordura excessiva acumulada no corpo, eliminando-a junto as fezes. Não somente uma aparência mais magra, mas seu uso promove um aspecto mais saudável para o corpo.

    Resultados também foram observados para o tratamento de dores abdominais, gastrite, indigestão e prisão de ventre. O Shilajit promove um melhor funcionamento do fígado, portanto, ajudando a secretar adequadamente todos os sucos e enzimas importantes para o metabolismo adequado no corpo.

  • 10

    É um poderoso antimicrobiano

    Ainda entre os seus benefícios, o Shilajit ajuda na purificação do sangue, devido à sua ação antimicrobiana. Sua ação funciona contra qualquer microrganismo invasor, ajudando a prevenir doenças ou infecções.

Efeitos adversos do Shilajit

Mesmo que essa erva seja natural e segura, você não deve consumi-la na forma crua ou não processada. O Shilajit cru pode conter íons de metais pesados, radicais livres, fundos e outras contaminações que podem te deixar doente.

Quer você compre on-line ou em uma loja de produtos naturais ou de saúde, certifique-se de que o Shilajit esteja purificado e pronto para uso.

Por ser considerado um suplemento fitoterápico, o Shilajit não é monitorado quanto à sua qualidade, pureza ou eficácia. Então pesquisa sempre com cuidado as suas opções na hora de comprar o produto.

Não tome Shilajit se tiver anemia falciforme, hemocromatose (excesso de ferro no sangue) ou talassemia. É possível que esse suplemento provoque alergia em algumas pessoas. Então interrompa o tratamento imediatamente se surgirem erupções cutâneas, aumento da frequência cardíaca ou tontura.


Clique Aqui: Ayurveda e meditação: o equilíbrio é a causa da felicidade


Como usar o Shilajit

O Shilajit está disponível em formas líquidas ou em pó. Sempre administre qualquer suplemento conforme as instruções da embalagem ou de um nutricionista. Se você comprou o Shilajit na forma líquida, dissolva uma porção do tamanho de um grão de arroz ou de ervilha em água e beba de uma a três vezes ao dia (dependendo das recomendações).

Você também pode tomar um Shilajit em pó duas vezes ao dia, diluído em leite. A recomendação padrão de dosagem é de 300 a 500mg por dia. Converse com seu médico antes de começar a suplementar.


Saiba mais :

Heloisa Von Ah Heloisa Von Ah

Designer e redatora, respira arte desde que se entende por gente. Apaixonada por gatos, literatura, cinema e músicas que já ninguém mais se lembra, vê na calmaria e na simplicidade o cenário ideal para se viver. Aprendeu de tudo um pouco, de instrumentos musicais a artes marciais; e não vê a hora de mais, já que a vida não pode parar