.
Descubra quem são os Boiadeiros na Umbanda

Descubra quem são os Boiadeiros na Umbanda

Os boiadeiros desencarnaram dessa vida como guias espirituais da umbanda e são definidos com a palavra ação. Apesar de parecerem aborrecidos e mau encarados, ajudam com um grande coração a quem precisa.

Assim como os pastoreiros nos campos, um guia boiadeiro na Umbanda têm todas as suas comunicações e cantos voltados para a vida no campo. Força de vontade e o amanhecer são exemplos dos temas que envolvem as canções.

Guia Boiadeiro: quem é?

Na umbanda, por serem mais habilidosos em lidar com adversidades, por tudo que passaram no campo, são eles que seguem uma relação com a orixá Logunan. Com Oxalá, essa orixá rege o trono da fé.

Têm a memória cheia de lembranças da pureza dos sentimentos. Seu maior amor é a terra e tudo que vem de bom dela, como bom boiadeiro. Têm a capacidade de auxiliar sem medo os que procuram por eles. São capazes de lutar contra qualquer vibação ruim e por quem reconhece os seus erros.


Clique Aqui: Boiadeiros na umbanda: quem são e o que fazem?


As características do Boiadeiro

Um boiadeiro na Umbanda nada mais é do que um estereótipo. Um mestiço de pele queimada do sol, devido a vida no campo, ele tem o aspecto de um sertanejo comum, misturado entre índios, brancos e negros, com chicotes e chapéus. É normal que haja de forma mais institiva por compreender a terra e o campo, o mundo onde vive. Na outra vida, foram algo parecido com os vaqueiros.


Vocabulário do Boiadeiro

Assim como o dom instintivo, são de bom coração e de uma linguagem bastante simples. Apesar de não falarem muito, tem um vocabulário singular, que usam para expressar os adjetivos que realmente querem dizer:

  • Boi = espírito no caminho errado;
  • Cavalos = filhos valiosos;
  • Laço = é o instrumento do Tempo (Logunan);
  • Boiada = vários espíritos resgatados e por eles conduzidos;
  • Laçar = levar os espíritos à força para dentro da Lei Divina.

Oferendas e outras características do Boiadeiro

Entre as oferendas aos boiadeiros da Umbanda, a mais comum são as frutas. Gostam de laranja, uva, abacaxi e limão. Entre as bebidas que mais os agradam, temos o vinho, que vêm da uva, e um misto de sucos cítricos.

A carne e comidas pesadas também são possíveis de oferecer, entre elas arroz e feijão tropeiro, caldo de mocotó e costela de boi. As oferendas podem ser recebidas por eles em pedreiras ou espaços abertos.

O dia dos boiadeiros da Umbanda é a terça-feira e têm como cores preferidas o amarelo e o azul escuro.


Clique Aqui: Umbanda: quais são os rituais e sacramentos?


Oração aos Boiadeiros da Umbanda

“Em nome de Deus, dos Divinos Tronos, dos Sagrados Orixás, dos Regentes da Lei Maior e da Justiça Divina, do Sagrado Orixá da Lei o Sr. Ogum, eu invoco a linha dos Boiadeiros onde peço a presença do meu protetor Boiadeiro ao meu lado e peço-lhe que acolha esta prece e  me auxilie dentro do meu merecimento. Peço-lhe Sr. Boiadeiro:

Que recolha todos os espíritos sofredores que estejam me acompanhando ou ligados a mim, cure e regenere seus espíritos despertando-os para o novo estado em que se encontram no mundo maior.

Envolva-me em sua vibração ordenadora re-equilibrando meu mental e tudo e todos a minha volta, para que eu comece racionalizar sobre tudo que esteja ocorrendo em minha vida.

Recolha todos os espíritos obsessores, desequilibrados, malignos e seres infernais que estejam atuando negativamente contra mim e meu familiares, enviando-os para os seus locais de merecimento como determina a Lei Maior.

Corte e anule todas as demandas e trabalhos de magia negra que estejam me prejudicando.

Afaste os inimigos encarnados e desencarnados, os conflitos, as guerras e todas as ações negativas que estão em meu caminho.

Peço-lhe que me ajude a solucionar estes problemas que estão me envolvendo e atrapalhando a minha vida.

Se essas ações provêm de ligações cármicas ou por afinidades devido à minha má conduta, peço-lhe que auxilie a mudar o meu modo de agir, de pensar e viver; para que de agora em diante eu tenha sempre uma boa conduta.

Peço-lhe que ajude a recolher minhas próprias boiadas que acabei deixando para trás no caminho da vida.

Abra os meus caminhos para que eu possa ter dias mais fartos, mais prósperos, mais iluminados e mais harmoniosos.

Auxilie-me a suprir todas as deficiências e tudo o que me falta nos Sete Sentidos de minha vida, para que eu possa me sentir pleno no Sentido: da fé, do amor, do conhecimento, da justiça, da lei, da evolução e da geração.

Para que assim eu continue forte e não fraqueje diante os obstáculo que encontrarei em minha vivência neste plano material. Peço-lhe que me coloque em equilíbrio com toda a criação divina.

Conto com vossa FORÇA, LUZ e PERSEVERANÇA. Amém!”


Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.