.
Qi Gong e Tai Chi – as práticas corporais da Medicina Chinesa

Qi Gong e Tai Chi – as práticas corporais da Medicina Chinesa

Na Medicina Tradicional Chinesa, as práticas corporais são usadas para prevenir e tratar diversas doenças. Elas se baseiam, assim como toda medicina chinesa, na circulação do Qi (energia) pelo corpo e na relação energética com o mundo a nossa volta. Quando estimulamos o Qi através de uma prática corporal específica, automaticamente acessamos a energia que está a nossa volta circulando de modo intenso. Desta forma, aproveitamos ao máximo os recursos naturais disponíveis. Assim funciona a prática do Qi Gong e Tai Chi.

Especialistas acreditam na influência da cultura indiana na origem das práticas corporais da Medicina Tradicional Chinesa. A Yoga e suas diferentes vertentes físicas, mentais e respiratórias influenciaram antigos chineses por volta do século V, quando iniciaram a prática do Kung Fu Shaolin, que derivou no Wu-Chu, Qi Gong e Tai Chi.

A movimentação do corpo ajuda a promover melhor circulação do Qi, que é um dos pilares da medicina chinesa. Os exercícios complementam outras técnicas chinesas como acupuntura, moxabustão, fitoterapia, entre outras. Os monges que praticavam artes marciais na escola Shaolin, perceberam que a sabedoria da medicina chinesa tornaria as práticas físicas mais efetivas e melhores. Assim, surge dentro das artes marciais os movimentos de Qi Gong. A partir de então, práticas corporais passaram por várias vertentes e se misturaram à cultural oriental. Conheça como é realizada a prática do Qi Gong e Tai Chi.

“O nosso princípio de buscar a quietude no movimento tem uma importância especial. Isto pode afetar sua vida em geral”
Mestre em Tai Chi Chuan

A prática do Qi Gong e Tai Chi

Qi Gong: O Qi Gong, ou Chi kung, quer dizer “cultivar ou circular a energia”. Trata-se de uma prática corporal clássica da medicina chinesa pioneira de outras técnicas como Liam Gong, Lien Chi, etc. Ela visa o aproveitamento do Qi como uma forma de transcender o ser, sob um ponto de vista mais holístico da vida. A circulação do Qi pode ser ainda mais ampla, uma vez que o praticante é capaz de direcionar a energia para partes específicas do corpo que deseja tratar ou promover um melhor fluxo. Este mesmo conceito está por trás das artes marciais orientais como o Tai Chi.

Tai Chi: O Tai Chi, que significa “fim supremo”, foi desenvolvido originalmente no século XIII e abrange muito mais do que a prática de uma arte marcial. A partir dos seus movimentos específicos e lentos, o praticante pode se conectar com sua energia superior, se aliando à grande força que vem do universo.

O Qi Gong e Tai Chi, assim como outras artes marciais, permitem que o praticante altere positivamente o fluxo energético. Isso promove a harmonia corporal, assim como sua saúde. Pode ir ainda mais longe, proporcionando uma relação melhor do indivíduo com o universo e cultivando a paz interior.

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.