.
Feitiços: o que são?

Feitiços: o que são?

Durante séculos os seres humanos tentam conhecer e dominar a natureza através da ciência e da tecnologia. Novos remédios, novas formas de se relacionar e novos modos de nos entendermos a nós e aos outros. Diferente das outras espécies que povoam nosso mundo, o ser humano é o animal que mais se aproxima da divindade por sua capacidade de imaginar além da sua própria condição mortal, essa capacidade foi essencial para nos distanciar dos outros animais e nos tornar seres que refletem, pensam criam e destroem.


Porém, essas mesmas condições especiais que nos dão a possibilidade de criar e viverem de maneiras tão distintas, quanto o número estrelas no céu, também é responsável por nos trazer grandes dúvidas, angustias e questionamentos que fazem sofrer nosso espírito e nosso corpo. Durante muito tempo desde o século XIX, o ser humano tentou separar corpo e alma ou mesmo negar a existência do espírito, afirmando que apenas existe nossa consciência.

Todavia, nos dias atuais temos um retorno cada vez maior ao natural, ao simples, o que é um paradoxo, pois, quando o homem está alcançando sua maior capacidade tecnológica na história, também é a mesma tecnologia que nos fez questionar a nossa própria vida, ao vermos a tecnologia produzir mudanças na terra que podem afetar nossa vida e o modo como vivemos e trazer tanta riqueza e, ao mesmo tempo ainda existir tanta desigualdade e pobreza.


Clique Aqui: Feitiço da sexualidade: esquente sua cama


Feitiços e seu poder oculto

Por esses e outros motivos nos deparamos olhando para antigas práticas ancestrais, praticadas desde eras inacessíveis a história e cujo significado está guardado nas mãos de poucas anciãs e anciãos, guardiões de sabedorias ocultas, que nos dias atuais mais do que nunca, temos nos voltados a eles e reaprendido novamente as artes ocultas das mágicas e feitiços. Feitiços são rituais que tem o objetivo de curar algum mal ou consertar algo que não está correndo bem em algum aspecto de nossa vida, geralmente quando fazemos alguma simpatia em devoção a algum santo, também estamos realizando um ritual de feitiços.

Feitiços por si mesmos não tem valor positivo ou negativo são apenas chaves usadas para atingirmos determinados objetivos, o uso que fazemos desses feitiços é que os torna maus ou bons, por isso se deve
ter muito cuidado ao realizar algum feitiço, pois, se usado para causar mal ou prejudicar alguém, tenha certeza que as forças do universo cobrarão seu preço para realizar tal tarefa e o preço pode ser muito alto para você que pensa em usar as forças do universo apenas em proveito próprio ou para causar dano a alguém.

Por isso tão poucas pessoas são escolhidas para a transmissão desse conhecimento milenar, portanto, quando for consultar algum feiticeiro ou feiticeira tenha em mente que essas pessoas passaram por uma profunda experiência que as fez ter acesso a esse poder e a capacidade de executar tais conhecimentos.


Saiba mais :