.
Anjo Adonai: filho da luz e da alegria

Anjo Adonai: filho da luz e da alegria

Os anjos fascinam a humanidade desde a antiguidade e são um ponto comum entre quase todas as crenças religiosas. Estudar sobre os anjos é saber mais sobre Deus e as expressões de vida que dele emanaram, é adentrar em um campo de emoções sublime, sutil e divina. São diversas as entidades angélicas e cada uma delas tem uma essência diferente, uma função distinta, uma mensagem, um ensinamento. Assim, cada entidade angélica é diferente da outra e tem uma vibração própria.

“Mas os homens devem saber que só Deus e os anjos podem ser espectadores do teatro da vida humana”
Francis Bacon

Sobre algumas dessas entidades, a angelologia e a bíblia conseguem transmitir informações concretas. Mas nem tudo está explicado e claro; no caso de outras entidades, como por exemplo Adonai, as definições e informações que encontramos são diferentes e nebulosas, tornando mais difícil o estudo sobre a natureza dessa vibração. Alguns dizem que Adonai é um anjo, outros classificam a palavra como o primeiro nome de Deus conhecido, enquanto algumas doutrinas esotéricas conhecem Adonai como a entidade que governa a Lua. De qualquer forma, sendo Adonai uma entidade, um ser angélico ou um nome para a energia que conhecemos como Deus, a palavra Adonai carrega uma vibração elevada.

Adonai e a fraternidade branca

A narrativa esotérica da Teosofia criada por Helena Blavatsky foi a primeira escola do conhecimento espiritual a falar sobre uma fraternidade universal e os mestres ascensionados que dela fazem parte, conhecida como a Fraternidade Branca. Nesse vertente, Adonai é um ser espiritual poderoso de categoria elevada, que pertence a essa hierarquia. Para a Teosofia Adonai é um dos mestres da Fraternidade Branca, embora não seja responsável diretamente por nenhum dos raios 7 de luz que conhecemos. Ele é citado em algumas obras como o representante máximo do “Raio Positivo da Lua”, sendo a entidade que governa as energias que dela emanam e que têm enorme impacto na natureza em nossa vida também. Adonai dividiria a influência desse satélite com Bael, o supremo representante da energia negativa da Lua, tendo na oposição da força de ambos o equilíbrio perfeito que rege o universo e também o planeta.

Por isso Adonai é tido como o Anjo da Luz e da Alegria, já que é o responsável pelas vibrações positivas da Lua. Já as emoções negativas como o mau humor, por exemplo, a depressão, a tristeza, o pensamento suicida, a inveja, o ressentimento e outros, encontram eco na energia de Bael.

Mas essa é somente uma das visões sobre Adonai. A realidade é que o conhecimento sobre o que seria de fato Adonai está envolto em muito mistério e a literatura acerca do tema é difusa.


Clique Aqui: Coincidências ou sincronicidade com os anjos? Saiba a diferença!


Adonai: a palavra sagrada

Existe outra corrente de pensamento ocultista, também relacionado à Fraternidade Branca, que classifica Adonai não como um ser, uma consciência, mas sim como uma palavra sagrada, quase um mantra.

“Achar que o mundo não tem um criador é o mesmo que afirmar que um dicionário é o resultado de uma explosão numa tipografia”
Benjamin Franklin

Neste sentido, Adonai é um termo de origem hebraica que significa “Meu Senhor”, o nome de Deus usado no antigo testamento, uma palavra de poder que coloca quem a usa em ligação estreita com as forças da criação. A expressão já era conhecida e utilizada pelos altos sacerdotes da Lemúria, Atlântida e Antigo Egito, que a usavam para invocar forças mágicas quando manipulavam poções de cura ou para estabelecer contato com as forças da luz.

Adonai seria então um termo sagrado com poderoso poder de ativação de códigos de luz, pois, através do poder criativo do verbo e das combinações dos sons das letras, nos ligaria a ondas magnéticas muito elevadas que antes só eram conhecidas e acessadas pela elite de iniciados nos ensinamentos herméticos. Quando a palavra Adonai é usada por nós, é uma forma de demonstrar reverência e profundo respeito à fonte criadora. Quando mestres da luz nos presenteiam com mensagens e iniciam ou finalizam suas mensagens usando essa expressão, significa que estão nos cumprimentando a partir da consciência mais elevada do nosso ser, da essência mais pura que carregamos, nos reverenciando como Deuses que somos. Ou seja, esses mestres estão nos reconhecendo como deuses e afirmando o poder que carregamos dentro de nós, nos reverenciando com a mesma importância de um ser supremo, com amor e reconhecimento da nossa condição divina.
Bíblia e Adonai

A palavra Adonai aparece inúmeras vezes na Bíblia e em hebraico significa “senhor”. É usada exclusivamente para Jeová e traz ao criador a conotação de soberano, absoluto e único. Seu uso por homens sugere o reconhecimento da submissão humana a inteligência divina, reconhecendo que algo maior existe sob nós.

“A luz é a ordem de Adonai e Yeshua HaMashiach veio trazê-la”
Rabino Marcelo Guimarães

No começo da Era Comum o nome divino utilizado era IHVH, mas este passou a ser considerado pelos rabinos judaicos como “sagrado demais” para ser proferido e popularizado. Então, como uma alternativa ao sagrado nome, aparece “Adhonai” para se referir a Deus quando liam as escrituras em voz alta. Assim, os escribas substituíram o nome divino quando os textos foram copiados (entre o séc. V e IX).

O título ’Adhonai é usado na maior parte das citações pelos profetas, com mais freqüência por Ezequiel. Ele quase sempre o combina com o nome divino para formar ’Adhonai Iehovih, “Soberano Senhor Jeová”. Outra combinação que aparece muitas vezes é ’Adhonai Iehovih tseva’óhth, “Soberano Senhor, Jeová dos exércitos”, usado para revelar que Jeová é aquele que tem poder e determinação tanto para vingar seu povo oprimido quanto para punir sua infidelidade e pecados.


Clique Aqui: Qual a missão do anjo da guarda?


Oração para Adonai

A oração para Adonai é muito poderosa e pode ser usada para proteção, para estreitar a conexão com o divino, para cura de depressão, ansiedade e outras enfermidades. Quando feita pela manhã, vai trazer ânimo e vigor para o seu dia, ajudando a enfrentar os desafios da rotina de maneira mais serena e consciente. Quando for direcionada para a resolução de problemas relacionados à saúde, a oração pode ser intensificada com o acender de uma vela branca durante o período de 7 dias. Basta escolher a hora do dia mais adequada em função da sua rotina e realizar a oração na mesma hora todos os dias.

Quando oramos conectados na vibração de Adonai, independente da natureza dessa entidade, e colocamos toda a sinceridade do nosso coração, certamente seremos ouvidos e nos será enviado socorro.

A oração:

Anjo Adonai, Anjo Adonai, Anjo Adonai!
Vinde até aqui. Vinde até aqui. Vinde até aqui.
ANTIA…DA UNA…SASTASA…
Adonai, Adonai, Adonai…
AAAAAAOOOOOOMMMMMMM…
Adonai, Adonai, Adonai…
Anjo do Senhor do amor e da paz.
Servo meu, dono da chave da vida.
Em ti confio, a ti clamo,
Pela minha saúde e por minha vida.
Anjo Adonai, Anjo Adonai, Anjo Adonai!
Enche meu coração para encontrar a paz.
Advoga por mim ante o todo-poderoso,
Para que meu corpo seja cheio de amor e de paz.
Que todo os males desapareçam para sempre.
Anjo Adonai, Anjo Adonai, Anjo Adonai!
Leva-me pelos caminhos da luz.
Apaga de meu coração e de minha mente os momentos depressivos e de insegurança.
Enche-me de fé.
Anjo Adonai, Anjo Adonai, Anjo Adonai!
Eleva minha alma as esferas de luz,
Enchendo-a de abundância, de amor e de força.
Acompanha-me sempre com tua luz e com teu amor,
Permitindo-me estar em todo instante, ante tua presença.
Anjo Adonai, Anjo Adonai, Anjo Adonai!
Derrama tuas bençãos sobre mim.
Concedendo à todos nós o privilégio e a graça,
De estarmos juntos pela harmonia do pai,
Pela força e a vida do espírito santo
E pelo amor de Cristo.
Amém, Amém, Amém.


Saiba mais :

Guta Monteiro Guta Monteiro

Apaixonada por filosofia e literatura, é formada em publicidade e estuda espiritualidade desde criança. Buscadora incansável dos mistérios da vida, adora compartilhar ideias sobre Deus e as forças que movem o universo, para ajudar no seu próprio despertar e no encontro com poder divino que existe em nós. Usa a espiritualidade para crescer e ajudar a crescer aos demais e sonha com um mundo feito de igualdade, fraternidade, liberdade e amor.