.
Utilizar florais para tratar alcoolismo funciona? Descubra

Utilizar florais para tratar alcoolismo funciona? Descubra

Nesse exato momento existe um número muito grande de pessoas que estão surpresas por saber que o uso de florais para tratar alcoolismo. Será que os florais podem mesmo ajudar no tratamento do alcoolismo? O fato é que o álcool faz tão parte da cultura popular que é como se ele sempre estivesse estado ali, tanto em termos sociais quanto como válvula de escape.

Até pouco tempo atrás, se levarmos em conta o histórico da substância na rotina social, nem se exaltavam questões como alcoolismo e tampouco isso era visto como um problema real de saúde pública ou uma doença a ser tratada. Talvez seja justamente por essa margem que existe na sociedade, que poucas pessoas sequer imaginem que algo como a terapia com florais pode ajudar nesse problema.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

Por que combater o alcoolismo com florais?

florais para tratar alcoolismo

Antes de falarmos sobre o uso dos florais, vale a pena esclarecer um pouco mais sobre a real gravidade do problema que é o alcoolismo para toda a sociedade de um modo geral.

O consumo excessivo de álcool é uma situação muito séria e largamente presente na sociedade, já que uma das grandes dificuldades no combate à essa doença está no fato de que é muito fácil esquecer que, independente do teor, o álcool trata-se de um produto tóxico e capaz até mesmo de matar a longo prazo. O fato do consumo de álcool ser algo aceitável pela sociedade não facilita em nada o processo de cura, agravando a recuperação de quem sofre desse mal.

Ao menos no Brasil, o tabagismo vem sendo abolido em larga escala, de modo que a sociedade também passou a repudiar o hábito, e as mídias não mais reproduzem o incentivo. Eis que o consumo do álcool tenta se desvencilhar de encontrar maneiras mais concretas de parecer inocente a fim de não ser o próximo da lista – afinal, movimenta uma indústria milionária no país.

Para aqueles que pensam que o álcool não é um vilão tão grande assim, vale a pena informar que ele é um problema que se estende além da vida pessoal e familiar dos alcoólatras. Segundo o CISA, Centro de Informações sobre Saúde e Álcool, o número absenteísmo (faltas ao trabalho) em decorrência do consumo do álcool gera custos substanciais ao setor empresarial e também para o estado.

Alguns estudos relacionam o consumo excessivo de bebidas alcoólicas a situação de desemprego, de modo que o CISA aponta uma estimativa de que na Costa Rica por exemplo 30% de todas as taxas de absenteísmo e de acidentes de trabalho estão relacionadas diretas ou indiretamente pelo consumo de álcool. Na Índia esse número salta para 40% nos casos de acidentes de trabalho.

Esse também não é um problema exclusivo de países pobres ou subdesenvolvidos. Na França os índices de acidentes de trabalho ocasionados pelo uso de álcool também saltam aos olhos com uma taxa de 20% do total de acidentes; no Reino unido o prejuízo causado pelo álcool no ambiente de trabalho está beirando os R$ 27 bilhões ao ano segundo a cotação atual.

E o Brasil? Onde fica nessa relação com o alcoolismo? Em termos práticos e assustadores, somos o país que consome 40% a mais de bebida que o mundo todo. Na média, um brasileiro consome cerca de 8,7 litros de álcool por ano, e a cada 36 horas, morre um jovem vítima da bebida no país.


Leia também: 10 Florais de Bach para conseguir parar de beber


Florais para tratar alcoolismo: como combater?

Agora que já percebemos a gigantesca extensão do problema chamado alcoolismo, é hora de saber então como os florais podem ser uma arma valiosa no combate a essa doença.

Como na esmagadora maioria o que leva uma pessoa a beber são problemas emocionais e psicológicos, alguns florais como os Florais de Bach que são especialistas em equilibrar o emocional e ajudar o indivíduo a superar traumas psicológicos, podendo oferecer uma ajuda verdadeira no tratamento destas pessoas especialmente nas fases iniciais, onde o álcool ainda não se tornou um problema crônico. Em estágios mais avançados a ajuda médica e muitas vezes a internação é indispensável e insubstituível.

A seguir podemos conferir as essências mais indicadas dentro dos Florais de Bach para casos de abuso na ingestão de álcool.

Chestnut Bud: o Chestnut Bud é formulado para auxiliar pessoas que estão sempre a cometer os mesmos erros, não tirando o proveito real de suas experiências e não aprendendo o suficiente com elas. Assim ele é indicado para quem já tentou, e provavelmente continua tentando abandonar o consumo de álcool, mas não parece ser capaz por si só; principalmente se o consumo é desencadeado sempre pelos mesmo eventos, como problemas no trabalho ou em casa, por exemplo.

Vervain: o consumo de álcool pode estar ligado à um estado de nervosismo onde a pessoa não sabe como lidar com o excesso de tensão; o álcool acaba sendo uma forma de se desligar desse estado. O Vervain é indicado justamente para apaziguar o entusiasmo e a euforia excessivos.

Agrimony: esse floral é indicado para aquelas pessoas que tentam usar o álcool como uma forma de afogar e ignorar seus problemas ao invés de enfrentá-los de frente. A energia floral do Agrimony proporciona um sentimento de maior alegria e sinceridade consigo mesmo, com isso estimula a disposição em parar de esconder pensamentos dolorosos e através da verdade interior superar suas inquietações.

White Chestnut: o White Chestnut tem um propósito parecido, mas não igual ao Agrimony. Ele tenta combater aqueles pensamentos constantes e persistentes que não abandonam a pessoa até que fiquem fora de controle e levam ao consumo de substâncias como o álcool, decorrente dessa fixação por algo.

Mimulus: mesmo que não seja o seu caso, é muito pouco provável que nunca tenha conhecido uma ou muitas pessoas que façam uso do álcool como uma maneira de ganhar coragem socialmente. Estamos falando por exemplo da pessoa que toma alguns bons goles de álcool para conseguir falar com a pessoa por quem está apaixonada; isso é tão presente na sociedade que é visto como algo natural e incentivado em certas ocasiões. Para essas pessoas que não são capazes de socializar sem ingerir álcool, o Mimulus vai ajudar a reduzir essa grande timidez e medos sociais, reduzindo gradualmente a necessidade do álcool.

Centaury: em uma sociedade onde o álcool está tão enraizado, até mesmo aqueles que não têm nenhuma vontade de ingerir álcool acabam fazendo-o por pressão dos colegas que bebem. O Centaury ajuda a equilibrar falhas em uma personalidade inicialmente fraca, tornando ela mais forte e sólida, permitindo que se domine a situação e não seja preciso beber apenas para evitar o bullying.

Elm: quando a pessoa é muito pressionada a ponto de pensar que não está à altura de uma tarefa ou responsabilidade, essa sobrecarga pode encontrar um alívio temporário no álcool. Para evitar que isso aconteça, o Elm aumenta a autoconfiança e a energia responsável pela capacidade de trabalho e do senso de responsabilidade.

Pine: em algumas situações o consumo de álcool não começa como algo muito grave, mas a culpa por estar bebendo faz com que se sinta mal e encontre ainda mais dificuldades em interromper a ingestão. O floral Pine proporciona a maior aceitação de si mesmo, e o perdão pelas nossas atitudes erradas.

Scleranthus: existem pessoas que sofrem mudanças súbitas de humor, indo da euforia a melancolia rapidamente. Os dois extremos são propícios ao início da vida no alcoolismo, por isso o Scleranthus proporciona um maior poder de decisão e equilíbrio interior.

Gentian: este floral serve para renovar as energias e o ânimo do indivíduo, trazendo mais força e confiança para vencer os obstáculos. Especialmente indicado para quem tentou parar de beber no passado, falhou e perdeu as esperanças.


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Heloisa Von Ah Heloisa Von Ah

Designer e redatora, respira arte desde que se entende por gente. Apaixonada por gatos, literatura, cinema e músicas que já ninguém mais se lembra, vê na calmaria e na simplicidade o cenário ideal para se viver. Aprendeu de tudo um pouco, de instrumentos musicais a artes marciais; e não vê a hora de mais, já que a vida não pode parar

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: