.
Tarot e Kabbalah – equilíbrio e plenitude na Árvore da Vida

Tarot e Kabbalah – equilíbrio e plenitude na Árvore da Vida

O Tarot e o Kabbalah sãos tradições que se convergem e começaram a ser estudadas em conjunto por Eliphas Levy, um pesquisador muito respeitado. O Tarot surgiu na Europa Medieval, no século XIII, e é composto por duas vertentes: Arcanos Menores e Arcanos Maiores.  Enquanto o Kabbalah é uma tradição que faz parte do Judaísmo Místico e significa “receber”, em hebraico. Conheça um pouco mais sobre Tarot e Kabbalah.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

Os Arcanos do Tarot

A palavra “Arcano” significa mistério, oculto, segredo. No Tarot, existem 22 Arcanos Maiores, cartas simbólicas que carregam conhecimentos secretos sobre o Universo e o Ser. Diz respeito a princípios místicos, mágicos e gnósticos. Os Arcanos Menores possuem 56 cartas, na forma original do baralho utilizado para jogos, como conhecemos hoje em dia. Ele traduz situações mais cotidianas e traz respostas que não são muito conceituais e abstratas, mas sim a respeito de coisas práticas, como dúvidas sobre formas de agir.


Leia também: Entenda as diferenças entre o Baralho Cigano e o Tarot


O que é o Kabbalah?

tarot e kabbalah

O Kabbalas, ou Cabala em português, é um conjunto de conhecimentos místicos e cósmicos que se convergem em um símbolo conhecido como Árvore da Vida. Na Árvore da Vida o Ser que não se manifesta e é infinito, se manifesta e assume característica finita a partir da emanação. Aqueles que seguem o Kabbalah, acreditam que ele nasceu antes do Judaísmo.

Na verdade, originou todas as religiões, inclusive a Judaica. Atualmente, é conhecido como uma base espiritual, que proporciona suporte à todas as religiões, filosofias de vida e tradições. Algumas escrituras relacionam o significado da palavra “kabbalah”, que é “receber”, ao ato de transmissão de conhecimentos dos discípulos aos seguidores, a comunicação entre eles na tradição dos kabalistas judeus. Na verdade, o significado da palavra “receber” vai além das religiões, é a capacidade do ser humano de ser abrir ao criador, à fé e ao universo.


Leia também: Os diferentes tipos de baralhos de Tarot


Tarot e Kabbalah

O pesquisador Eliphas Levy acredita que as 22 cartas dos Arcanos Maiores do Tarot têm enorme poder de inspirar e guiar a alma do homem. Relacionando com o Kabbalah, ele ressalta que a Árvore da Vida possui 22 canais ou caminhos, que interligam os 10 centros de Poder Divino, ou esferas manifestadas (Sephirot). Elas são definidas pelas 22 letras do alfabeto hebraico. Alguns críticos acusam Levy por utilizar coincidências históricas e estruturais para ligar a Kabbalah ao Tarot. Porém, mágicos e místicos o defendem dizendo que essa ligação sempre foi conhecida pelos iniciados em magia, mas que não houve uma divulgação pública disso até as revelações de Eliphas Levy. Apesar de toda a polêmica, muitos místicos afirmam que esta ligação funciona. As coincidências entre o Tarot e Kabbalah são significativas e se utilizadas em conjunto podem ter forte poder místico.

Após estudar uma maneira prática de relacionar os caminhos ascendentes da Árvore da Vida com as Cartas dos Arcanos Maiores, podemos utilizar essa afinidade de forma eficiente. Refletir sobre eles na sequencia que correspondem aos caminhos da Árvore da Vida e subir da sua base terrestre à copa celestial. Precisamos entender os princípios do centro de emanação e os caminhos da Árvore da Vida. Praticar com disciplina o conhecimento interior, através do Sistema Kaballah e os Arcanos Maiores do Tarot, pode gerar consequências transcendentais e uma forte evolução do Ser.


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada:

Gostou? Compartilhe!