.
Reiki no tratamento e prevenção contra o câncer

Reiki no tratamento e prevenção contra o câncer

É recente a inclusão de terapias alternativas no Sistema Único de Saúde (SUS), permitindo a quem não pode arcar com tratamentos particulares, se submeter a técnicas como o Reiki, por exemplo. Com a difusão desse tipo de medicina, é possível humanizar tratamentos convencionais, beneficiando inclusive pacientes com câncer, por exemplo. Saiba um pouco mais dos efeitos do tratamento reiki contra o câncer.

No Brasil, quase metade da população diz ter muito medo de desenvolver câncer. No entanto, um em cada quatro brasileiros não se previne contra a doença. Em recente pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica, a falta de tempo, de um plano de saúde, por acharem desnecessário e o receio de descobrir a doença estão entre os principais motivos para a falta de cuidados.

Mesmo entre os entrevistados pela pesquisa, é evidente o conhecimento sobre a importância da prevenção. Atividades físicas regulares, alimentação saudável e abolir hábitos nocivos como o alcoolismo e o tabagismo são os primeiros passos para evitar a doença.

Tanto para quem está se prevenindo quanto para quem foi diagnosticado, o Reiki é recomendado como terapia complementar ao tratamento convencional contra o câncer, e ainda serve como base ao indivíduo que deseja manter o equilíbrio sobre suas ações, hábitos e rotinas de vida.

Afaste as más energias!
Afaste as más energias da sua vida!
Atraia bons fluidos! Liberte-se das más energias e vibrações negativas que possam perturbar você. Não temos a solução dos problemas, mas podemos ajudar na descoberta para o caminho melhor. Saber mais >>

Reiki contra o câncer

Diante de tratamentos agressivos para o câncer, como a quimioterapia e radioterapia, pacientes tornam-se reféns das medicações, abatidos física e psicologicamente. Em muitos casos, aqueles que descobrem a doença em estágios avançados acabam se entregando ao destino e abrindo mão do tratamento, pois não querem ter de sofrer mais. E é na questão da esperança, do amor e do equilíbrio que o Reiki atua.

O papel do Reiki, não somente sobre o câncer, mas todas as doenças, é intervir de forma humanizadora, não invasiva, respondendo a todas as dimensões do indivíduo. Obviamente, o tratamento com Reiki jamais substituirá a medicina tradicional e seus métodos, mas submeter-se à essa energia de forma combinada é essencial no processo terapêutico, facilitando o caminho de encontro a cura.


A importância do Reiki contra o câncer

Ao longo do processo pelo qual o paciente com câncer precisa passar, a aceitação é a parte mais difícil. Com a presença de sessões de Reiki, a energia transforma o doente, que passa a sentir e enfrentar sua condição, com tranquilidade, paz e equilíbrio.

Enquanto alguns se entregam e já não enxergam mais possibilidade de melhora, outros, quando tratados com Reiki, transformam suas próprias vidas, reestruturando todo os corpos sutis e presenciando verdadeiros milagres. Em muitos casos, são relatadas melhoras em termos de redução de dores e níveis de ansiedade. Com alguma frequência, ouvem-se casos onde a doença regrediu ou que simplesmente se obteve a cura – mesmo quando a mesma seria muito improvável.

Hoje em dia o Reiki e outras terapias alternativas são muito melhor aceitas pelas pessoas, que passaram a crer no verdadeiro poder das mesmas. Em adição, quando os pacientes se encontram em estados de desespero, tendem a se tornar mais abertos e receptivos a novos tipos de soluções.


Leia também: Como o Reiki pode reduzir ataques de pânico? Descubra


Recomendações do reiki contra o câncer

Reiki é amor e, assim como todas as coisas feitas com amor, traz benefícios. No caso dos tratamentos para o câncer, a terapia busca trazer de volta o equilíbrio físico, emocional e espiritual – com isso, doenças do corpo físico têm menores chances de sobreviver no indivíduo.

Os enfermos que sofrem com o câncer especificamente, ou ainda portadores de doenças mais graves, por consequência de suas condições, possuem bloqueios emocionais e espirituais. Independentemente de qual for a doença, todas elas têm início no campo espiritual antes de acometer o corpo físico do indivíduo.

Diante dessa afirmação, é importante frisar que o Reiki é energia, e que para sentir os efeitos dessa terapia é preciso acreditar. Aceitar essa energia e acreditar no seu poder de cura é fundamental para um bom resultado das sessões.

Uma vez abraçado pelo paciente, o Reiki não tem limite no número de sessões, e pode continuar acontecendo até mesmo após a obtenção da cura, como forma de manutenção do corpo e da mente do indivíduo. No caso do câncer, especialistas na terapia Reiki recomendam uma combinação de sete sessões seguidas, intercaladas com novas avaliações pelo terapeuta em questão.

Muitas vezes, dependendo estado de saúde da pessoa, é indicado para que ela aprenda a técnica, a fim de utiliza-la em si mesmo. A autoaplicação do Reiki é uma maneira de obter os benefícios da terapia em qualquer lugar, a partir de suas próprias mãos – algo sem dúvidas muito vantajoso aos pacientes, que podem aplicar a energia quando se sentirem mal ou precisarem reunir forças para continuar em frente.


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Heloisa Von Ah Heloisa Von Ah

Designer e redatora, respira arte desde que se entende por gente. Apaixonada por gatos, literatura, cinema e músicas que já ninguém mais se lembra, vê na calmaria e na simplicidade o cenário ideal para se viver. Aprendeu de tudo um pouco, de instrumentos musicais a artes marciais; e não vê a hora de mais, já que a vida não pode parar

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada:

Gostou? Compartilhe!