.
O valor terapêutico da amizade – os benefícios que ter amigos traz à nossa vida

O valor terapêutico da amizade – os benefícios que ter amigos traz à nossa vida

Muitas vezes já ouvimos falar que os amigos são a família que escolhemos. Há quem tenha poucos e bons amigos, e outros que tenham uma infinidade deles – e cada uma dessas amizades trazem benefícios inestimáveis para a vida e a saúde. Os verdadeiros amigos, aqueles com quem temos uma relação próxima e um carinho especial, nos ensinam o valor de ter alguém a quem podemos confiar: aquele que nos conforta nos momentos difíceis, que compartilham nossas alegrias e vitórias, que nos contam como foi o seu dia ou que se calam nos momentos em que só precisamos de um ombro amigo. A ciência confirma – ter amigos faz bem à saúde, diminui o stress e torna-nos pessoas mais plenas. Veja os benefícios da amizade apontados por diversas pesquisas científicas.  

Os 8 benefícios que a Amizade traz


"A amizade é uma das formas de aprimoramento do ser humano", afirma a psicóloga Marina Vasconcelos. É com os amigos que aprendemos a nos relacionar, a nos abrir, contar o que somos no nosso íntimo. É com eles também que muitas vezes reconhecemos que temos de pedir perdão e perdoar, pela estima que temos em continuar aquela amizade  - uma verdadeira relação de aprendizado que nos torna pessoas melhores e também nos torna mais saudáveis. Veja os benefícios:

1- Diminui o risco de adoecer

Segundo a pesquisa da Universidade de Chicago, pessoas solitárias são mais propensas a terem doenças, têm a imunidade mais fraca do que quem se relaciona com amigos com freqüência, têm também mais insônia e demoram mais a se curar de doenças simples, como uma gripe ou resfriado. Outro estudo americano, publicado no Journal of the American Medical Association, apontou relação entre solidão e o risco maior de ter doença de Alzheimer.


2- Aumenta a longevidade

Quem tem amigos, vive mais. Quem afirma isso são os pesquisadores da Brigham Young University, também nos EUA. Segundo eles, 148 estudos feitos durante sete anos e meio apontaram que quem não tem amigos reduz a sua longevidade de forma tão severa que pode ser comparado a fumar cigarros todos os dias, beber muito ou ser obeso.


3- Mais otimismo e felicidade no dia a dia

Durante duas décadas, cerca de 5 mil pessoas foram analisadas por especialistas das Universidades da Califórnia e de Harvard para responder ao questionamento: a felicidade está relacionada diretamente com a amizade?  As respostas apontam que a probabilidade de sorrir mais para a vida cresceu em até 60% nos participantes que conviviam com amigos, com pessoas alegres. É um efeito dominó: se você é otimista, a chance de seu amigo e até do amigo do seu amigo também ficarem felizes é muito maior.


4- Mais otimismo, melhor para o coração

As emoções influenciam os batimentos cardíacos. Segundo um estudo realizado pela Universidade Columbia, as pessoas que são alegres, entusiasmadas, satisfeitas e que têm bom relacionamento social têm menores chances de serem depressivas e apresentam um risco 22% menor de ter infarto ou desenvolver doenças cardíacas.


5- Alívio ao dividir sentimentos

Os seres humanos precisam desabafar. Quando conseguimos falar sobre os nossos sentimentos, compartilhamos o que está nos afligindo, conseguimos raciocinar melhor sobre a questão e tirar um peso das costas. E conseguir desabafar com os amigos gera um sentimento muito forte: a cumplicidade. Aquele amigo que conseguimos compartilhar experiências e sensações de forma recíproca torna-se parte da nossa vida de forma que nos traz alívio e satisfação só de estar em sua presença.


6- Propicia relações amorosas mais duradouras

O psicólogo John Gottman da Universidade de Washington concluiu, após um estudo de duas décadas, o quanto a amizade é importante para que um casal permaneça unido por mais tempo. Segundo ele, os casais que permanecem juntos em longas relações estáveis sempre falam da importância da amizade que deve existir – o amor, a paixão e o sexo acontecem mediante a amizade, afinal precisamos ser antes amigo do nosso parceiro para que a relação seja duradoura, só sexo ou encantamento não ‘segura’ uma relação longa.


7- Traz amadurecimento, para crianças e adultos

A amizade na vida de uma criança é crucial para o seu amadurecimento, garante o estudo realizado na Universidade do Maine. É com os amigos que partilhamos experiências e garantimos o aprendizado necessário para o nosso melhor desenvolvimento como pessoa. Para os adultos não é diferente – tornamo-nos mais sociáveis, amáveis, compreensíveis e afastamos a depressão quanto temos amigos. A baixa auto-estima e a ansiedade também são mais facilmente combatidas quando temos amigos por perto.


8- Ajuda a se manter em forma

Quem tem amigos têm menor propensão a ter depressão e ansiedade, como já vimos, e esses dois problemas são fatores que desencadeiam muito sedentarismo e alimentação descontrolada. Quanto estamos livres da ansiedade e da depressão, conseguimos balancear melhor a nossa dieta. Outro fator que ajuda a se manter em forma relacionado à amizade é o aumento da probabilidade de se exercitar, pois amigos que se apóiam no exercício físico conseguem se manter ativos por mais tempo, um ‘empurra’ o outro a não desistir.

Gostou? Compartilhe!