.
Espada de São Jorge: técnicas para o plantio e manutenção

Espada de São Jorge: técnicas para o plantio e manutenção

Conhecida por diversos nomes em partes distintas do país, a Espada de São Jorge é uma planta herbácea de origem africana e que conquistou, além de seu uso ornamental, uma atribuição contra o mau-olhado, protegendo moradores contra energias negativas quando colocada à entrada de casa.

Além de suas propriedades místicas, pesquisas científicas também atribuem à Espada de São Jorge funções de purificação do ar contra o substâncias como o benzeno, formol, tricloroetileno, xileno e tolueno, ainda produzindo oxigênio durante a noite. Em sua estética, a planta possui geralmente a cor verde, com manchas em verde escuro e amarelo, podendo ainda produzir pequenas flores em certas ocasiões.

Em busca de respostas? Faça as perguntas que sempre quis numa Consulta de Vidência.

10 min de consulta por telefone SÓ R$ 5.

Como plantar a Espada de São Jorge


De fácil cultivo, a Espada de São Jorge se mostra como uma excelente opção a quem não possui muito tempo para a manutenção da planta, principalmente com regas frequentes. Apresenta ainda resistência a solos áridos, ao calor tropical e ao frio, inclusive provenientes de ar-condicionado.

A época ideal para o seu plantio deve acontecer entre os meses de maio e julho, onde o primeiro passo é preparar a muda; para isso, separe uma touceira com pelo menos uma folha com pedaço de rizoma. Outra opção de produzir as mudas é cortando uma folha em partes com até 10 centímetros de comprimento e enterra-las em areia úmida. Em seguida, cubra com um saco plástico para que o substrato continue úmido; isso permitirá que a estaca crie raízes.

Para o vaso, é importante forrar seu fundo com argila expandida, recobrindo-a com manta bidim, o que auxilia muito na drenagem das regas. A seguir, preencha um terço do recipiente com areia peneirada e, sobre ela, um pouco de composto orgânico, compactando essa mistura com as mãos. Adicione então a terra e posicione a muda, preenchendo e firmando a planta bem ao centro do vaso.

A Espada de São Jorge deve ser cultivada a meia-sombra, ainda que a planta suporte bem a exposição à luz solar. As regas deverão ser espaçadas, evitando o excesso de água, pois este pode ocasionar o apodrecimento das raízes; antes de rega-la novamente, certifique-se que a terra está seca.

Lembre-se também que, assim que as raízes da Espada de São Jorge preencherem todo o vaso, será preciso trocar a planta de recipiente.

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!