.
Dicas de verão para todos os doshas com alimentação ayurvédica

Dicas de verão para todos os doshas com alimentação ayurvédica

Os princípios da alimentação ayurvédica são baseados no equilíbrio entre os doshas presentes em cada indivíduo. Porém, com a chegada de grandes ondas de calor, algumas coisas podem acabar saindo do lugar. E é por isso que poderá encontrar aqui algumas excelentes dicas de verão para seguir uma alimentação ayurvédica adequada que beneficie seu organismo como um todo – independente do seu dosha.


Dicas de verão para uma alimentação ayurvédica de sucesso

A primeira das dicas de verão para uma boa alimentação ayurvédica é a de beber muita água. Ela pode até parecer um tanto quanto óbvia a princípio, mas a questão está em como se esta bebendo essa água.

A maioria das pessoas não bebe quando está com sede, e ao invés de ingerir pequenas quantidades de água ao longo de seu dia, elas seguem protelando o consumo da água evitando parar o trabalho que estão executando. Porém, para que ao final do dia tenham conseguido cumprir sua meta de ingestão do líquido, ingerem grandes quantidades de água de uma só vez – em geral, acompanhada de refeições.

Isso pode acabar sendo mais prejudicial do que benéfico para sua saúde e seus doshas, já que essa atitude acaba retirando o espaço necessário para uma boa digestão. Para evitar que isso aconteça, faça pequenas pausas a cada 25 minutos ao menos para consumir um pouco de líquidos. Aproveite esse momento para relaxar um pouco com um bom chá e para colocar as pernas um pouco para cima; isso ajuda a relaxar os sentidos e as suas glândulas suprarrenais.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

As frutas são uma boa recomendação para essa alimentação ayurvédica de verão, mas elas devem ser utilizadas como lanches. O próprio Dr. Vasant Lad, fundador do Instituto Ayurvédico, diz que não são recomendadas frutas cruas junto às refeições, uma vez que elas acabam atrapalhando a digestão de outros alimentos.

O Dr. Vasant Lad explica que os componentes digestivos para quebrar as frutas frescas de verão são diferentes dos necessários para digerir um alimento pesado, oleoso, denso e lento - e ai é que se cria a confusão. Evite refeições rápidas e apressadas, procurando sempre que possível sentar e relaxar para aproveitar seu alimento. Transforme sua refeições em uma experiência onde explora todas as texturas presentes, reconhece todos os elementos e substâncias que formam o que se está ingerindo.

Quando pensar no fogo procure lembrar da essência vivificante do sol encontrada em todos os seres vivos, bem como a capacidade do nosso corpo para transformar os alimentos na energia que irá nutrir e reparar seus tecidos. Mentalize o ar e sinta a sua capacidade de se mover, transformar e crescer através deste alimento. Aprecie o movimento de transformação. Reconheça e honre a inteligência das plantas e animais que você está consumindo, pedindo que sua sabedoria seja transmitida a você. Caso se envolva em alguma conversa durante a refeição, fuja de temas intensos como a violência e evite discussões acaloradas, discussões ou fofocas.

Coma seus alimentos doces primeiramente e deixe o amargo e adstringente por último. Isso significa começar com grãos, pães e carnes primeiro e terminar com legumes, chocolate escuro, café ou chá como um digestivo. A digestão tem uma ordem, e consumir nesta sequência faz da refeição uma experiência mais pacífica e melhor digestiva.


Leia também: Esclerose múltipla - equilíbrio, superação e a alimentação ayurvédica


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Heloisa Von Ah Heloisa Von Ah

Designer e redatora, respira arte desde que se entende por gente. Apaixonada por gatos, literatura, cinema e músicas que já ninguém mais se lembra, vê na calmaria e na simplicidade o cenário ideal para se viver. Aprendeu de tudo um pouco, de instrumentos musicais a artes marciais; e não vê a hora de mais, já que a vida não pode parar

 
Gostou? Compartilhe!