.
Conheça os benefícios da passiflora contra insônia, estresse, depressão e muito mais.

Conheça os benefícios da passiflora contra insônia, estresse, depressão e muito mais.

A passiflora incarnata é conhecida por diversos nomes como flor-da-paixão, maracujá rosado, flor-de-maracujá, entre outros. Trata-se de uma planta medicinal utilizada principalmente por seu poder calmante, amenizando problemas com ansiedade, agitação, estresse, insônia e muito mais. Ela pode ser encontrada em seu estado natural ou em forma de cápsulas e tintura. As partes utilizadas para a produção de fitoterápicos são sua flores, folhas e caules. Além de seu efeito calmante, a passiflora pode aliviar infecções causadas por inchaços, fungos e hiperatividade. Também existem relatos de sua aplicação na luta contra o Mal de Parkinson, estados depressivos leves e dificuldade de concentração. Conheça mais sobre as propriedades da passiflora incarnata e saiba como utilizá-la através de um chá.

A passiflora e seus nutrientes

A passiflora incarnata contém uma quantidade significativa de flavonoides, que apresentam diversos efeitos farmacológicos e biológicos. Isto inclui atividade antibacteriana, antiviral, antialérgica, anti-inflamatória e vasodilatora.

Estas substâncias, também têm propriedades que inibem a peroxidação lipídica e reduzem os riscos para doenças cardiovasculares. Estes efeitos estão relacionados à sua ação antioxidante, que se caracteriza pela capacidade de sequestrar os radicais livres em organismos vivos.

Também estão presentes na passiflora os alcaloides, que são beta-carbolinas e derivam da serotonina e do triptofano, normalmente presentes no organismo. Eles funcionam como inibidores da enzima monoaminoxidase (MAO) e têm ação agonista com os receptores GABA e benzodiazepínicos. Por isso, podem ser usados como tranquilizantes e também no auxílio do tratamento da hipertensão.

A passiflora também contém as saparinas, substância que age no sistema nervoso central e auxilia neurotransmissores proporcionando a sensação de tranquilidade, por exemplo. A planta contém ainda cianogênicos glicosil e compostos fenóis.

Possíveis benefícios da passiflora

Calmante natural: A passiflora funciona como um estimulante e libera hormônios que resultam no relaxamento e o sentimento de bem-estar. Por este motivo, a planta é indicada no tratamento da insônia.

Precaver a depressão: A sensação de bem-estar causada pela passiflora ajuda a evitar a depressão. Suas propriedades químicas primárias, calcalóides e flavanoides, proporcionam uma ação relaxante e antidepressiva no organismo.

Auxilia na concentração: O bem-estar e relaxamento proporcionados pela planta ajudam no alcance de um estado maior de concentração.

Auxilia no tratamento de infecções: A planta tem propriedades antibactericidas, o que a torna uma aliada contra as infecções.

Contra o Mal de Parkinson: A presença de harmalina e alcaloides harmina pode ser benéfica contra o Mal de Parkinson. No entanto, ainda não existe detalhamento sobre os mecanismos.

Controle da pressão arterial: Existe uma substância presente na passiflora, as chamadas harmalas, que inibem o consumo excessivo e desnecessário de oxigênio pelo cérebro. Também se acredita que estas substâncias podem diminuir os níveis de circulação e respiração, reduzindo assim a pressão arterial.


Clique aqui: Florais de Bach para ansiedade: conheça as causas e tratamentos


Aprenda a receita de chá calmante com passiflora

Materiais:

– Duas colheres de chá de passiflora;

– Uma xícara de água fervente.

Como preparar?

Ferva uma xícara de água e coloque as duas colheres de chá da passiflora. Deixe essa mistura descansar por aproximadamente dez minutos. Recomenda-se beber o chá por até três vezes ao dia, sendo a última vez preferencialmente duas horas antes de dormir, o que vai te garantir um bom sono.

Este chá vai te ajudar a relaxar, ter noites de sono mais tranquila, descansando o corpo de uma forma revigorante. Se você tomar um banho quente e ingerir este chá calmante natural, o efeito pode se ainda mais poderoso.

Você também pode combinar a planta com a camomila, uma ótima opção para potencializar ainda mais seus efeitos calmante.

Efeitos colaterais e contraindicações

O principal efeito da flor-da-paixão é o aumento notável da sonolência. Além disso, pode causar distúrbios na visão. Por isso, ela não é indicada para pessoas com hipotensão arterial (pressão baixa). Em geral, os compostos que utilizam passiflora podem ser usados por idosos e crianças. Porém, é muito importante consultar um médico antes de iniciar o uso. Pessoas que já utilizam calmante e sedativos não devem fazer o uso da flor-de-maracujá, pois o efeito dos medicamentos podem ser potencializamos e o ritmo cardíaco pode cair.


Clique aqui: A aromaterapia no controle da ansiedade – veja como utilizar


Cuidados para o consumo

Quando for ingerir a flor-da-paixão não exceda a quantidade recomendada por um profissional, para não ter efeitos indesejáveis. Durante a gravidez, não é recomendado o uso da passiflora, porque ela possui substâncias em seu extrato que aumentam a contração uterina. Pacientes que possuem histórico de hipersensibilidade e alergia de algum componente da planta só devem fazer o uso por recomendação médica. A planta é indicada para pessoas que têm um nível mais intenso de estresse, ansiedade e insônia.

Os riscos do consumo excessivo

Quando a planta é consumida excessivamente pode potencializar os efeitos sedativos, que aumentam o tempo de sono de forma não saudável. Também pode intensificar a ação anticoagulante em alguns casos, devido às cumarinas que estão presentes na passiflora. Vômitos, náuseas, cefaleia e taquicardia são efeitos indesejáveis causados pelo excesso do consumo.

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.