.
Como equilibrar seu organismo com a dieta ayurvédica Ahara

Como equilibrar seu organismo com a dieta ayurvédica Ahara

A dieta ayurvédica diz que todo indivíduo deve se alimentar de forma saudável, regrada e de acordo com suas necessidades individuais – e a dieta Ahara trata justamente desse conceito. A dieta ayurvédica (Ahara) acredita que todo processo digestivo depende do poder de digestão de cada indivíduo, e por isso a quantidade de alimentos consumidos não deve ser igual para todos.

O poder de digestão de cada indivíduo é seu fogo digestivo (ou Agni, em sânscrito), tendo ele uma íntima relação com os Doshas (forças biológicas). Segundo o principal texto de clínica médica ayurvédica, a quantidade de alimento ingerida de acordo com seu fogo e seu Dosha permite que ela seja digerida no tempo correto.

Existem muitas intenções por trás desse controle alimentar e uma delas, por exemplo, é para que quando for fazer sua refeição, a anterior já tenha sido corretamente digerida, havendo assim espaço adequado próxima.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

Os princípios da dieta ayurvédica Ahara

A dieta ayurvédica Ahara diz que essa capacidade digestiva é tão variável que no inverno e na juventude ela tende a ser maior que no verão e na velhice. Por esse motivo, dietas nunca devem ser padronizadas para qualquer pessoa, e o Dosha individual deve ser avaliado previamente.

Os alimentos laghu, por exemplo, são considerados leves pois possuem em sua constituição uma maior presença de Vayu (ar) e Agni (fogo); estes alimentos em geral aumentam o fogo digestivo e não agravam os Doshas.

Do outro lado, os alimentos que possuem mais Jala ou Ap (água) e Prthivi (terra) podem agravar os Doshas, pois são qualidades opostas à capacidade digestiva. Daí a Ayurveda recomendar que a ingestão de alimentos leves seja preferível e predominante, porém sem abolir alimentos pesados. Afinal, seguindo as orientações, sua capacidade digestória deve estar em plena forma, permitindo-o consumir tais alimentos com mais frequência.

A prática de atividades físicas é uma das responsáveis por aumentar o Agni. Alguns condimentos quentes como gengibre, açafrão da terra e pimenta do reino também são capazes de estimular o fogo digestivo.

Segundo o texto de Charaka Samhita, o cuidado com os tipos e as quantidades de alimentos consumidos é capaz de estender a expectativa de vida, bem como aumentar a vitalidade e trazer mais felicidade. Dentre os alimentos mais recomendados por alguns autores encontramos o arroz, o feijão moiachi, o sal de rocha (sal rosa ou sal do Himalaia), o amalaki, (emblica officinalis), a água de chuva, e o ghee (manteiga clarificada).

Em um dos texto de Vagbhata, um dos escritores clássicos mais influentes da Ayurveda, podemos encontrar os seguintes dizeres: “Aquele que utiliza alimentos saudáveis e atividades equilibradas, que discrimina o bem e o mal e age de forma adequada, que não é muito apegado aos objetos dos sentidos, que desenvolve o hábito da caridade, considerando todos como iguais, de falar a verdade, tendo paciência e perdoando o erro dos outros e que busca a boa companhia, este, torna-se livre do adoecimento”.


Leia também: Ayurveda e a alimentação Sattvica – bem-estar sobre os estados da mente


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Heloisa Von Ah Heloisa Von Ah

Designer e redatora, respira arte desde que se entende por gente. Apaixonada por gatos, literatura, cinema e músicas que já ninguém mais se lembra, vê na calmaria e na simplicidade o cenário ideal para se viver. Aprendeu de tudo um pouco, de instrumentos musicais a artes marciais; e não vê a hora de mais, já que a vida não pode parar

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada:

Gostou? Compartilhe!