.
A importância e o jeito certo de beber água, segundo a Ayurveda

A importância e o jeito certo de beber água, segundo a Ayurveda

Quando falamos em Ayurveda, estamos falando inevitavelmente sobre um estilo de vida saudável e devidamente regrado. Sobre beber água, o tema está igualmente presente quando assunto é a saúde e não diz respeito somente aos humanos, mas de todos os seres vivos. Sendo assim, não é preciso pensar muito para perceber que as duas coisas iriam se cruzar em determinado momento.

A Ayurveda trata a necessidade de beber água como uma ciência que deve ser aprendida e praticada da maneira correta, assim seu corpo será capaz de aproveitar todos os benefícios que essa substância essencial à vida tem a lhe oferecer. Segundo os ensinamentos da Ayurveda, caso não siga algumas recomendações a princípio simples, você pode acabar “desautorizando” seu corpo a absorver a água da maneira mais eficiente.

Nada disso é por acaso, já que esse item é realmente muito importante para a vida; beber água da maneira correta e em quantidade suficiente é tão importante quanto respirar. Esse elemento da natureza é tão significativo que a maior parte do corpo humano é composta por ele, estimando-se que mais de dois terços de seu peso corpóreo seja basicamente água – apenas com esse dado e sem levar em consideração nenhum outro fator já é possível imaginar os males que podem ser desencadeados com a falta dela.

Dores de cabeça, mal-estar, o mal funcionamento dos órgãos e até mesmo inquietude e ansiedade, todos são resultados possíveis de diferentes graus de desidratação. E ao contrário do que muitos pensam, é muito fácil acabar desidratado no seu dia a dia. Apenas 3% de perda de água já é considerado um grau de desidratação, mesmo que leve. Ao realizarmos um pequeno salto para 6% a 10% entramos em um risco extremamente alto e que pode levar a um estado de choque e até à morte segundo especialistas. Uma pequena reflexão sobre o seu dia pode revelar que uma dor de cabeça frequente é nada mais do que uma má hidratação.

Beber água ajuda a manter o corpo bem regulado, permite que os resíduos se movam para fora do corpo e melhore então a circulação sanguínea, além de manter a saúde espinhal e cognitiva. São por todos esses motivos que a Ayurveda prega que beber água deve ser uma ciência e um ritual para todos os dias.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

A ciência em beber água segundo a Ayurveda

É claro que ciência em beber água é apenas uma maneira de se referir ao modo e aos cuidados que a Ayurveda ensina para beber água – nada extremamente complicado ou de outro mundo. O que a Ayurveda explica é que todos os dias nosso corpo perde grandes quantidades de água, e por esse motivo ela deve ser consumida de tal maneira que nosso corpo seja capaz de absorver cada gota da melhor maneira possível. A maneira de beber água na Ayurveda é uma ciência que deve ser praticada para permitir que o corpo cresça, determinando o modo como você irá se sentir durante todo o dia.

Em geral, tudo o que se diz respeito a alimentação normalmente recebe mais atenções, afinal boas receitas são muito mais atraentes e prazerosas aos olhos e ao estômago. Basicamente o que você come, quando você come e como você come são as três frases que devem ser compreendidas de maneira sólida e levantadas como perguntas de vez em quando. Para a água essa linha de pensamento também deveria ser aplicada.

beber água

Muitas vezes não pensamos muito antes de satisfazer nossa sede, tudo o que importa é a temperatura da água. Jamais nos lembramos realmente de como, onde e quando vamos bebe-la. E quando se fala em lendas ensinadas pelos mais velhos em nossa família, como não misturar leite com manga ou tomar banho após comer, temos aquela antiga em que deve-se evitar beber água enquanto se está em pé. Isso pode parecer estranho, mas segundo a Ayurveda, a nossa postura durante a ingestão importa sim e vamos entender o porquê.

Os praticantes de Ayurveda na maioria das vezes propagam um estilo de vida que está em harmonia com a natureza, mas a forma holística de cura não é o único pilar de sustentação da medicina – este, aliás, um dos motivos de ela ser cada vez mais reconhecida pela medicina tradicional. Segundo mestres e especialistas ayurvédicos, quando você fica em pé e bebe água, de certo modo seus nervos estão em estado de tensão, ativando o sistema simpático, ou o “sistema de luta”. Seu corpo fica em um estado mais alerta e pronto para se defender, algo natural do ser humano – se está em pé é porque não é hora de relaxar, e algo importante precisa ser feito.

Segundo o Dr. Dhanvantree, especialista em Ayurveda, sugere-se que a noção entre ficar de pé e beber água esteja intimamente relacionada com a velocidade em que a água é ingerida – algo essencial a se considerar na maneira em como vai ingeri-la. O Dr. Dhanvantree relaciona o ato de beber água em pé e a maior velocidade com que isso acontece nessa posição com alguns problemas de saúde como a artrite e outras formas de dano articular.

Segundo Dhanvantree, o Rig Vedas menciona muitas posturas a serem adotadas na ingestão de alimentos, e mesmo que algumas sejam um pouco ambíguas segundo ele, vale lembrar que o Rig Vedas é uma das mais antigas publicações da cultura Hindu, contando uma série de hinos, rituais e oferendas às divindades. Em seus textos ele ainda acrescenta que na ciência de Ayurveda a cláusula específica não é explicitamente mencionada, tendo mais a ver com o fato de que qualquer alimento deve ser ingerido lentamente.

Comer lentamente facilita o processo de digestão e o mesmo é verdadeiro para a água, “a água deve ser tomada como o ar, de forma lenta e constante. Beber em uma velocidade rápida pode levar à falta de oxigênio nos condutos de ar e comida, isso poderia potencialmente dar origem a problemas cardíacos e pulmonares “.

De acordo com o Dr. Dhanvantree “é como se o ar entrasse dentro do esôfago e criasse pressão quando a água é bebida rapidamente. Isso acaba por gerar degeneração óssea e articular, fraqueza articular, assim como dores nas articulações”. Portanto, o que deve ser mantido em mente é a velocidade em que a água entra no estômago. Uma vez que a velocidade é mais rápida enquanto estamos de pé, pela lógica isso se torna algo pouco favorável ao nosso corpo.

Lembrando que essa é ainda uma questão um pouco contraditória dentro da Ayurveda segundo o próprio Dr. Dhanvantree. Embora ele reafirme a relevância do modo como bebemos água e de considerar pouco favorável fazer isso em pé, ele admite que é preciso discutir mais sobre o assunto.


Leia também: Ayurveda no café da manhã: comer bem e com saúde


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Heloisa Von Ah Heloisa Von Ah

Designer e redatora, respira arte desde que se entende por gente. Apaixonada por gatos, literatura, cinema e músicas que já ninguém mais se lembra, vê na calmaria e na simplicidade o cenário ideal para se viver. Aprendeu de tudo um pouco, de instrumentos musicais a artes marciais; e não vê a hora de mais, já que a vida não pode parar

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada:

Gostou? Compartilhe!