.
5 temperos que não podem faltar na sua cozinha, segundo Ayurveda

5 temperos que não podem faltar na sua cozinha, segundo Ayurveda

Muito mais do que matar a fome, nada mais prazeroso que sentar-se à mesa e saborear pratos com ricos e harmoniosos temperos. Na culinária Ayurveda, o sabor ou rasa (essência) possui um papel muito importante. E não, isso não tem a ver somente em fazer um prato delicioso, mas também em aprofundar a forma como todos os ingredientes em conjunto podem beneficiar seu corpo e bem-estar.

Cada ingrediente selecionado para integrar a sua alimentação possui propriedades únicas, e então a Ayurveda encontra maneiras de extrair o máximo proveito de todos esses benefícios, entregando-os em sua integridade.

As ervas e os temperos em sua totalidade mantiveram seus lugares privilegiados nas cozinhas. Eles ainda continuam a ser o ingrediente mágico usado por muitos cozinheiros para transformar um prato comum em um deleite memorável, sem nunca deixarem de impressionar. Você pode usá-los de várias maneiras – como raminhos, picados e misturados com outros ingredientes, ou feitos em forma de pasta ou pó e depois usados em marinadas, escabeches, inseridos em curry, etc.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

Temperos para não faltar na cozinha, segundo a Ayurveda

temperos ayurveda

A seguir, conheça 5 temperos utilizados amplamente na culinária indiana, e que a Ayurveda recomenda tanto pelo fator paladar quanto em suas propriedades benéficas para a sua saúde física e mental. Alguns mais populares e outros nem tanto, todos eles podem ser utilizados na sua cozinha.

  • Folhas de Curry

    Amplamente utilizada pela culinária Sul Indiana, as folhas de curry são muito adicionadas a batatas picantes em pratos com carne, no sambhar, rasam, upma, dosa, chutneys e outros. As demais localidades do subcontinente também a utilizam como tadka para dals (prato feito à base de cereais, geralmente lentilha).

    Seu sabor forte faz maravilhas para dar a cara do prato, se equiparando muito a especiarias, especialmente a pimenta preta. Para utilizar as folhas de curry, frite algumas delas em óleo para extrair seu aroma e, em seguida, utilize-o para preparar seus pratos.

    As folhas de curry são repletas de fibras, vitaminas e minerais essenciais, além de antioxidantes e agentes antibacterianos. Seu consumo é excelente para manter controle sobre os níveis de açúcar no sangue e colesterol. Suas propriedades também são conhecidas por tratar a anemia.

  • Folhas de Louro

    Bastante difundida na culinária e costumes brasileiros, as aromáticas folhas de louro também são conhecidas pelas suas propriedades medicinais. Na cozinha indiana e paquistanesa, por exemplo, o tempero costuma ser utilizado para ajustar o sabor em pratos como Dal, Biryani, Rajma, Chole e outros.

    Comumente disponíveis na forma de folhas secas, elas são adicionadas aos pratos e geralmente deixadas fervendo durante uma hora ou mais para extrair seu sabor. Assim como fazemos no Brasil, as folhas são então descartadas, uma vez que não são destinadas ao consumo.

    Folhas frescas também estão disponíveis, desta vez com outra finalidade. Nessa versão, embeba as folhas em água durante algumas horas e depois beba a água logo no início da manhã. Essa prática ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue.

    As folhas de louro possuem sabor ligeiramente doce, semelhante ao da canela. Pode não ser tão proeminente quanto outras ervas, mas desempenha um papel significativo no desenvolvimento de sabores subjacentes em um prato. Esse é um tempero que contém antioxidantes poderosos, os quais acreditam-se auxiliar na prevenção de câncer e cálculos renais.

  • Hortelã-pimenta

    Também conhecida como menta piperita ou pudina, a hortelã-pimenta é um dos temperos mais utilizados na culinária mundial. Não somente uma potência em propriedades medicinais, seu sabor único empresta criatividade para a elaboração de pratos incríveis.

    Na grande maioria dos lares indianos, o chutney pudina é um tempero que acompanha quase todas as refeições – adicionados a omeletes ou parathas no café da manhã, com o arroz ou Dal no almoço, mergulhando snacks durante o dia ou adicionando-o em sanduíches.

    O sabor refrescante da hortelã também torna essa escolha bastante óbvia para ser considerada em mocktails (bebidas não alcoólicas) ou sucos durante o verão. A erva pode ser usada ainda em marinadas para pratos como carnes grelhadas em fornos tandoor e também com curry.

    A hortelã-pimenta ajuda na digestão, alivia sintomas como tosse, resfriado, dor no corpo e fadiga. Recomenda-se seu uso na manutenção da higiene bucal e também é usado para tratar alergias.

  • Tulsi (Manjericão sagrado)

    Com nome científico de ocimum tenuiflorum, ao contrário das variações de origem italiana ou tailandesa, o manjericão indiano é mais saboroso, sendo usado para preparar alguns pratos de modo a apimentar levemente alimentos como sopas e fritas.

    E não é sem propósito que essa erva é denominada sagrada. Na Ayurveda, ela é conhecida por suas propriedades de cura, e usada no tratamento de uma infinidade de doenças – de febre, tosses e resfriados a desordens respiratórias, doenças cardíacas, estresse, infecções dermatológicas, dores de cabeça e outras.

    Tomar uma xícara de chá de Tulsi recém preparada acredita-se ser o começo de um dia perfeito, aumentando sua imunidade e fornecendo energia para realizar todas as suas tarefas. Para preparar o seu chá em casa, adicione uma xícara e meia de água e de 12 a 14 folhas de Tulsi em uma panela. Leve ao fogo e deixe ferver. Em seguida, coloque o conteúdo em uma xícara e finalize o preparo espremendo um quarto de limão. Espere amornar e beba em seguida.

  • Methi (Feno-Grego)

    Pouco difundida no ocidente, essa é outra erva muito comum na cozinha indiana, mesmo que nem todos sejam grandes fãs de seu sabor amargo. Temperos como o feno-grego são utilizados em pratos como dal, curries, fritas, frango e também espalhados sobre os pães parathas.

    Um prato muito popular em todas as casas indianas é o Methi Aloo, onde a doçura das pequenas batatas e o amargo do feno-grego se completam perfeitamente, criando uma deliciosa combinação.

    Para quem é fã de carne, Methi Chicken é outro favorito que vai muito bem acompanhado com manteiga roti (preparada utilizando farinha de trigo). O Gujarati thepla é mais um prato popular onde o pão achatado é feito com farinha de trigo, farinha de grão-de-bico e folhas de feno-grego. Geralmente é ingerido com conserva de pimenta.

    O truque para utilizar as folhas de feno-grego é equilibrar o seu sabor com outros ingredientes balanceadores, geralmente mais doces ou marcantes. As folhas secas e frescas também podem ser utilizadas para fazer a decoração dos pratos.

    O Methi ajuda a controlar o colesterol e evita o risco de doenças cardíacas e diabetes. É rico em fibras, antioxidantes, vitaminas e minerais, auxiliando também na digestão. Diz-se que uma colher de chá de sementes de feno-grego no seu alimento diário pode prevenir o refluxo.

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Heloisa Von Ah Heloisa Von Ah

Designer e redatora, respira arte desde que se entende por gente. Apaixonada por gatos, literatura, cinema e músicas que já ninguém mais se lembra, vê na calmaria e na simplicidade o cenário ideal para se viver. Aprendeu de tudo um pouco, de instrumentos musicais a artes marciais; e não vê a hora de mais, já que a vida não pode parar

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: