.
Ayurveda como guia para superar uma separação

Ayurveda como guia para superar uma separação

Não importa a sua idade. Separações acontecem a todo momento, e nunca são fáceis de lidar. Quando existe vida a dois, elas pode ter sido originadas a partir de um lado da relação, ou de ambos. O que poucos assumem, é que um acordo foi quebrado, e ponto!

Mas, se a situação é tão prática assim, por que todos esses sentimentos tão intensos que acontecem após o rompimento? E o que acontece quando todo esse ciclo de luto parece não ir embora? Não somente de acordo com ensinamentos da Ayurveda, mas basta observar para que todos nós temos algum tipo de relação que chega ao fim – trabalho, amores, amizades, e até mesmo suas comidas favoritas podem dizer adeus.

Falando assim, pode parecer fácil se livrar dessa dor, uma vez que é tudo tão corriqueiro e comum. Mas sinceramente, a solução acontece a partir de uma série de variáveis, incluindo a natureza atual do seu estado mental, autopercepções e aquilo que coloca em prática. Por isso, para entender melhor o que acontece, e como superar a separação com maestria, veja o que a Ayurveda tem a dizer sobre a natureza da mente.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

Para a Ayurveda, como se livrar do luto da perda?

De acordo com os ensinamentos da Ayurveda, a partir de uma natureza mental mais sátvica (pura e balanceada), caracterizada por mais equilíbrio e clareza, parece que somos capazes de aceitar melhor as separações como um processo natural da vida, e assim nos tornamos mais hábeis a nos ajustarmos quando houver alguma perda.

Entretanto, quando a mente é mais rajásica (móvel e mutável), estamos todos sobre o desenvolvimento de habilidades que nos ajudam a evitar olhar para as perdas que ocorrem. Essas técnicas rajásicas podem incluir manter-se distraído, para que assim não se tenha tempo de “mergulhar” e sentir a emoção da perda; ou ainda se envolver em uma espécie de drama, a fim de reestabelecer dentro de si algum tipo de apego – seja ele de amor ou de ódio – para contornar determinada ruptura.

Por fim, a mente pode ser mais tamásica (inerte e estagnada) em sua natureza. Sendo assim, a perda pode criar no indivíduo uma incapacidade de sentir, ou uma espécie de entorpecimento. Atualmente, o sistema de relacionamentos modernos vem se firmando com técnicas chamadas “fantasma” ou “jogo morto”. Isso acontece quando a pessoa que você namora, ou está conhecendo simplesmente nunca mais vai ouvir falar de você. Essa é uma ação altamente passiva de inação, ou seja, uma das partes “some”, sem qualquer reação sobre a ruptura.

De acordo com a psicologia adotada pela Ayurveda, e também pela Yoga, a busca é pelo auxílio à construção de sattva pela mente. Mas ao mesmo tempo em que construir clareza e harmonia parece ótimo, esse processo requer honestidade consigo mesmo e demanda coragem. Isso acontece por que, depois dos términos, se nós nunca tirarmos um tempo para refletir em nossos padrões de hábitos e relacionamentos que tendemos a entrar, provavelmente repetiremos os mesmos padrões em novas relações.


Leia também: Feng shui: como lidar com a dor da separação e seguir vida nova


Um conselho para próximas experiências

Uma separação é uma rica, desafiadora e expansiva oportunidades. Sim, vai ser difícil e você vai precisar de alguém para te apoiar. Mas tire o seu tempo para fazer uma autorreflexão e então atingir a sattva ideal. Permita que “isso” – o término, a reflexão, o entorpecimento, ou outras ferias engatilhadas – tomar conta de você e te curar de uma vez por todas.

Relacionamentos são frequentemente comparados a espelhos que nos permitem entender melhor nossa verdadeira natureza. Como o filósofo espiritual Krishnamurti já disse uma vez, “Um relacionamento é o espelho onde podemos ver a nós mesmos como realmente somos. Nós podemos descobrir o que nós somos, nossas reações, preconceitos, medos, depressões, ansiedades, solidões, tristezas, dores e luto. Podemos ainda descobrir se nós amamos, ou se não existe essa tal coisa de amor”.


Leia também: Aprendendo a perdoar


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Heloisa Von Ah Heloisa Von Ah

Designer e redatora, respira arte desde que se entende por gente. Apaixonada por gatos, literatura, cinema e músicas que já ninguém mais se lembra, vê na calmaria e na simplicidade o cenário ideal para se viver. Aprendeu de tudo um pouco, de instrumentos musicais a artes marciais; e não vê a hora de mais, já que a vida não pode parar

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: