.
Abhyanga - a massagem ayurvédica dos óleos vegetais

Abhyanga - a massagem ayurvédica dos óleos vegetais

Provavelmente você já deve ter ouvido falar sobre massagens compostas por óleos vegetais, e que envolviam algum processo terapêutico, certo? Então a Abhyanga pode ser mais familiar do que imagina. Conhecida como oleação ou snehana, a Ayurveda possui entre as suas metodologias de tratamento a utilização de massagens aplicadas através de óleos vegetais medicados, ao longo de toda a extensão do corpo do paciente.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Encontre já o seu Bem Estar Espiritual!

Aceito a ajuda! >

Como funciona a massagem Abhyanga


Na Ayurveda, para colocar a Abhyanga em prática não existe uma única receita nem quantia específica para porcionar os óleos vegetais que farão parte do tratamento. Cada massagem dependerá exclusivamente do tamanho e características do paciente, tendo duração entre 30 e 45 minutos e com pressões que variam de acordo com um levantamento prévio.

Antes de iniciar, o terapeuta deverá fazer toda uma leitura dos desequilíbrios presentes no paciente, isso quer dizer que, na terapia Ayurveda, serão identificados distúrbios relacionados aos doshas Pitta, Vata, Kapha, Agni (conhecido como o fogo digestivo) e Ama (as toxinas presentes no organismo). Uma vez elencadas, a massagem Abhyanga pode começar.

Para pessoas de Pitta, os óleos escolhidos costumam ser o de coco, girassol, neem, azeite de oliva, bringaraja ou brami tailam; para os de Vata, são usados gergelim, amêndoas, castanha do Brasil, mahanarayana, dhanvantari ou bata tailam; por fim, Kapha é massageado com pó de ervas, mostarda e óleo de semente de linhaça.

►Saiba Mais: Energize seus chakras com massagem Ayurvédica

Os benefícios da Abhyanga


Agora que já sabe o significado da Abhyanga, a metodologia da massoterapia Ayurveda promove uma série de benefícios físicos, mentais e espirituais, como:

  • Aperfeiçoa e equilibra as funções nervosas;
  • Aprimora a circulação sanguínea e sistema linfático;
  • Melhora o aspecto físico da pele e cabelos;
  • Ajuda na função gastrointestinal;
  • Promove o alívio das dores e tensões musculares;
  • Reduz ou elimina os níveis de stress, tensão emocional, ansiedade e estimula o sono revigorante;
  • Reduz inchaços e edemas;
  • Aos que sofrem de reumatismo, promove bons resultados nas alterações musculo-esqueléticas;
  • Trata e beneficia os que sofrem de enxaquecas;
  • Em disfunções sexuais, promove a libido;
  • Indicado no tratamento contra vícios como álcool, drogas, tabagismo e outros.

A técnica só não é indicada a pessoas em estados febris, mulheres grávidas ou menstruadas (pode aumentar o fluxo sanguíneo), pacientes com casos de trombose e tromboflebite, e indivíduos que estejam sentindo algum tipo de náusea ou estejam com diarreia ou episódios de vômito.

Pessoas com acúmulo de Ama (toxinas) ou alterações no fogo digestivo também ficam restritas à essa técnica. Os que estiverem com distúrbios de Kapha deverão ser encaminhados a outro tipo de massagem da Ayurveda, a Udhvarthana.

Para melhores resultados, a massagem deve ser repetida por 5 a 10 sessões, uma a duas vezes por semana.

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!