.
Salmo 53 – O julgamento de Deus para os ímpios

Salmo 53 – O julgamento de Deus para os ímpios

O julgamento de Deus para aqueles que não praticam seus mandamentos é claro e direto e é o que está descrito no Salmo 53, que faz referência ao Salmo 14, onde o salmista se expressa com o mesmo poema.

As palavras fortes do Salmo 53

Leia com atenção:

  1. Diz o néscio no seu coração: Não há Deus. Corromperam-se e cometeram abominável iniquidade; não há quem faça o bem.
  2. Deus olha lá dos céus para os filhos dos homens, para ver se há algum que tenha entendimento, que busque a Deus.
  3. Desviaram-se todos, e juntamente se fizeram imundos; não há quem faça o bem, não há sequer um.
  4. Acaso não têm conhecimento os que praticam a iniquidade, os quais comem o meu povo como se comessem pão, e não invocam a Deus?
  5. Eis que eles se acham em grande pavor onde não há motivo de pavor, porque Deus espalhará os ossos daqueles que se acampam contra ti; tu os confundirás, porque Deus os rejeitou.
  6. Oxalá que de Sião viesse à salvação de Israel! Quando Deus fizer voltar os cativos do seu povo, então se regozijará Jacó e se alegrará Israel.

(Salmos 53:1-6)


Clique aqui: Salmo 50 – A verdadeira adoração


Interpretação do Salmo 53

Para que você entenda melhor as palavras descritas no Salmo 53>, a equipe do WeMystic preparou uma interpretação detalhada dos versículos:

Versículo 1 e 2: Deus olha lá dos céus para os filhos dos homens

Nestes versículos são ditas palavras dos ímpios e também a forma como Deus observa seus filhos, Ele olha do alto dos céus em busca de seus fiéis, que o buscam e seguem seus preceitos.

Versículos 3 a 6: Oxalá que de Sião viesse à salvação de Israel!

Mesmo com a descrição da punição de Deus contra os ímpios, o salmista acredita na alegria da misericórdia de Deus.

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.