.
Descubra qual a diferença entre religião e seita

Descubra qual a diferença entre religião e seita

Você sabe quais as diferenças que existem entre seita e religião? Tire agora mesmo suas dúvidas sobre as diferenças.

O que é Seita

O nome seita é a derivação de um termo do latim, ‘secta’, que carrega o significado de ‘seguidor’, ou ‘todo grupo que segue uma determinada corrente’, sendo que ela pode ser religiosa, musical, política, etc. Estes grupos de seguidores são pessoas que defendem uma determinada ideia ou pessoas específicas e são eventualmente julgados por algumas religiões.

Na época auge da existência dos pensadores gregos, quando se falava destes grupos, destas seitas, tudo que se referia a eles era tratado como heresia. Esta palavra vem do termo grego ‘háiresis’, que tem como significado escolha, corrente de pensamento, tomar partido. Só depois de anos que foi designado para o latim e passou a ser ‘secta’.

Entende-se ainda que a seita é um movimento religioso minoritário. Ela surge independente de religiões, ainda que possa ser derivada de uma.

 

Como ser aceito em uma seita

O processo de aceitação de um novo membro em uma seita pode variar de acordo com o grupo no qual se está ingressando. Em alguns casos podem haver práticas de rituais até mesmo curiosos.


Clique aqui: Nasceu já a primeira Cripto-Religião: conheça os fundamentos


O que é Religião

Uma religião é uma crença seguida por um grupo de pessoas que acreditam em um deus ou em entidades divinas. Estas pessoas seguem então os dogmas, ou seja, elas seguem as crenças culturais e têm sua visão de mundo baseada na doutrina daquela religião. Além disso, é a religião que determina como seus seguidores devem se comportar, como devem lidar com os assuntos. Isto porque a visão do fiel é baseada no que a Igreja acredita a respeito daquele tema.

Existem assim, por exemplo, religiões que não aceitam os costumes e crenças daqueles que estão fora de seu convívio social. Isso acontece desde os primórdios dos tempos e faz com que pessoas de diferentes religiões, por exemplo, não se casem. Além disso, muitas vezes isso acaba por ocorrer devido ao preconceito em relação a determinadas religiões. Há centenas de anos, por exemplo, algumas religiões afro descendentes e também algumas seitas são consideradas malignas e más, já que elas não seguem os mesmos padrões religiosos que são impostos no cristianismo, que foi uma das primeiras religiões a ganhar espaço na sociedade e determinar o modo de viver de seus fiéis.

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.