.
Conheça os mistérios da Gematria – antiga técnica de numerologia

Conheça os mistérios da Gematria – antiga técnica de numerologia

A Gematria é uma técnica ancestral de numerologia, que tem origem nas culturas assírias, babilônicas e gregas, mas foi seguida especialmente pelo misticismo judaico, principalmente a Cabala – um sistema místico que interpreta os mistérios da Bíblia, da criação e do Torá. A Gematria atribui um determinado valor a cada letra do alfabeto. Somando os valores das letras de uma palavra, é feia a comparação desse total com o de outras palavras.

Para o misticismo hebraico, a Gematria consiste em associar as letras do alfabeto Hebreu com números que são correspondentes. O alfabeto é formado por letras desenhadas de forma ilustrativa. Ele possui significados ocultos, que são desvendados a partir da interpretação da numerologia.

Somando os números que equivalem às letras, é possível entender o valor numérico das palavras. Os místicos costumavam relacionar palavras de valores semelhantes, buscando padrões escondidos nas escrituras.

Conheça abaixo a correspondência numérica do alfabeto hebraico:

  • 1 – Aleph – א
  • 2 – Bet – ב
  • 3 – Gimel – ג
  • 4 – Daleth – ד
  • 5 – Heh –  ה
  • 6 – Vav –  ו
  • 7 – Zayin – ז
  • 8 – Het – ח
  • 9 – Tet – ט
  • 10 – Yud – י
  • 20 – Kaf – כ
  • 30 – Lamed – ל
  • 40 – Mem – מ
  • 50 – Nun – נ
  • 60 – Samech – ס
  • 70 – Ayin – ע
  • 80 – Peh – פ
  • 90 – Tzady – צ
  • 100 – Koof – ק

Clique aqui: Ocultismo: o que é?


A Gematria e o ocultismo

Alguns ocultistas utilizavam esse sistema de numerologia e chegaram até a associar os sentidos da Gematria a cartas do tarô. O autor do livro “A história da Magia”, Eliphas Levi, recomendava a prática. Para relacionar a Gematria com o Tarô, as 22 cartas dos Arcanos Maiores teriam seus valores calculados relacionando com as 22 primeiras letras do alfabeto hebraico.

Os rituais da famosa Ordem Hermética do Aurora Dourada também utilizavam a prática, assim como a magia cerimonial do mago Aleister Crowley, que publicou um manual de interpretação de numerologia intitulado 777.


Clique aqui: O significado de cabala


A Cabala e a Gematria

Os usos originais da Gematria na Cabala eram muito ligados às interpretações bíblicas. De acordo com o livro do Genesis, Deus criou o universo através do verbo, o sentido do início da existência. Para aqueles que estudam Cabala, a criação divina foi baseada no poder das letras e palavras hebraicas, associado aos números.

A interpretação dos textos bíblicos a partir da numerologia permitia uma leitura profunda dos mistérios da criação. Um exemplo famoso de interpretação da Bíblia com Gematria é a do versículo 14, do capítulo 14 do Genesis. A passagem fala sobre 318 homens que ajudam Abraão a combater o exército inimigo que havia matado um parente seu.

Pela interpretação da Gematria, 318 é o número que equivale ao nome de um servo de Abraão, Elizeu. Então, uma interpretação possível é que Elizeu teria auxiliado Abraão e não os 318 homens do texto literal. Também há outra interpretação que diz que 318 é o número da palavra “Siach”, que em hebreu significa “fala”. Então, Abraão teria combatido seus inimigos falando o nome sagrado de Deus, representado pelo número.

O nome de Deus é um dos conceitos mais sagrados da Cabala. O Tetragramaton, ou YHWH, é uma palavra com sentido de justiça, moralidade e graça. Elohim é outro nome sagrado, em que o sentido é força criativa e original do universo.

Este artigo foi livremente inspirado nesta publicação e adaptado ao Conteúdo WeMystic.

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.