.
Conheça a Moxabustão – poderosa técnica de acupuntura térmica

Conheça a Moxabustão – poderosa técnica de acupuntura térmica

A acupuntura é uma técnica de Medicina Tradicional Chinesa (MTC) procurada por diversas pessoas no Ocidente, pois é muito eficaz no tratamento de distúrbios e traz inúmeros benefícios para a saúde. Porém, alguns desistem deste tratamento ao descobrir que é realizado com a inserção de agulhas na pele. Com receio de agulhas e influenciados pelo mito de que a acupuntura dói, pacientes deixam de usufruir dos benefícios da técnica. A moxabustão pode ser uma excelente opção para essas pessoas. A técnica trata os mesmos pontos da acupuntura, mas usa o calor ao invés de agulhas, trazendo efeitos benéficos semelhantes. Neste artigo, vamos explicar como funciona a moxabustão e suas principais indicações.

“A verdadeira saúde é a harmonia da vida dentro de nós, que consiste de paz de espírito, felicidade e bem-estar”.
Walney Neves

Como surgiu a moxabustão?

Não se sabe ao certo a origem da moxabustão, porém, existem relatos do seu uso há mais de 3.500 a.C. Antigamente, as famílias chinesas recorriam à técnica quando não conseguiam alcançar a cura através da acupuntura. A moxabustão começou a ser aplicada no Japão em 265 d.C, levada por monges japoneses que estudaram a prática na China.

O termo que é pouco conhecido no Brasil, significa “longo tempo de aplicação do fogo”. Ele teve sua origem na palavra japonesa mogusa, que é o nome popular das plantas Artemísia sinensis e Artemísia vulgaris, utilizadas para aplicar essa terapia.

O tratamento segue os mesmos princípios e pontos da acupuntura, porém, ao invés de agulhas, usa um bastão com folhas secas de Artemísia aceso em sua extremidade. A proximidade do calor do bastão em pontos específicos da pele, faz a vez das agulhas que são inseridas na acupuntura. Por isso, a moxabustão também é chamada de acupuntura térmica.

Como funciona a moxabustão?

Da mesma forma que a acupuntura, a moxabustão é uma técnica que tem como objetivo equilibrar o corpo, fazendo com que a energia vital qi circule livremente através da desobstrução dos canais energéticos, conhecidos como meridianos. O diferencial da moxabustão é que ela utiliza a aplicação de calor, ao invés das agulhas, nos pontos meridianos.

A aplicação do calor é feita através de um instrumento que se chama moxa – um cone ou bastão muito fino, amassado e moldado com as mãos que é preenchido com as folhas de Artemísia. As folhas costumam ser colhidas na primavera, depois são expostas ao sol, limpas e socadas, até ganharem forma de lã, delicada e fina.  Após ser preenchido com as folhas de Artemísia, o bastão é aceso em sua extremidade e está pronto para a aplicação no paciente.


Clique aqui: Medicina Chinesa –o uso do Reiki para amenizar a depressão


Quais são as formas de aplicação?

Existem dois tipos de aplicação da técnica de moxabustão, a direta e a indireta. Na realização da aplicação direta, o bastão é colocado aceso próximo à pele, ficando a um centímetro dela, ou de acordo com a resistência de cada paciente. Na aplicação indireta, o terapeuta coloca sobre a pele uma fatia de gengibre, alho ou cebola, faz cinco furos e aplica a moxa sobre essa fatia. Confira abaixo, os tipos de aplicação mais comuns da moxa:

  • Cone de moxa tradicional: essa é uma das aplicações mais antigas. Usando os dedos, é moldado um pequeno cone com a lã da moxa, que será diretamente aplicado sobre a pele da pessoa que está sendo tratada;
  • Cone de moxa com sal: esse tipo de aplicação geralmente é feito na área do umbigo, ponto de energia essencial para a regulação do fluxo de energia qi pelo corpo;
  • Moxa botão: essa aplicação é realizada com botões cilíndricos, posicionados próximos da pele do paciente, mas sem manter contato direto;
  • Moxa elétrica: este tratamento é feito com um equipamento chamado Spectra Mog. Ele foi especialmente desenvolvido para aplicar a moxabustão em pacientes alérgicos ou crianças, que teoricamente não poderiam ser submetidos ao tratamento, devido ao forte cheiro da combustão da Artemísia. O equipamento contém um recipiente para a erva e um irradiador infravermelho com dois ajustes de temperaturas, ele é aprovado pelo Ministério da Saúde e seu manuseio é relativamente simples.

Quais são as indicações da técnica?

A moxabustão é indicada para diversos tratamentos de doenças e para promover bem-estar e qualidade de vida. Veja as indicações principais abaixo:

  • Incontinência urinária;
  • Impotência e infertilidade;
  • Enxaqueca;
  • Doenças de pele crônicas;
  • Paralisia facial;
  • Dores crônicas e musculares;
  • Relaxamento mental e físico;
  • Depressão;
  • Ansiedade e estresse;
  • Compulsão alimentar;
  • Insônia;
  • Bronquite e asma;
  • Problemas de digestão;
  • Dores nos joelhos e nas costas;
  • Sinusite e resfriado;
  • Cólicas menstruais.

Além da indicação para os tratamentos das doenças citadas acima, a moxabustão também traz diversos outros benefícios à saúde e ao corpo:

  • Ajuda no metabolismo e funcionamento pleno dos órgãos;
  • Regula a pressão arterial e fortalece o coração;
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Eleva a produção de hemácias e leucócitos;
  • Melhora a circulação sanguínea e linfática;
  • Estimula a atividade cerebral.

Clique aqui: Conheça os benefícios da acupuntura para o corpo e a mente


Quais são as contraindicações da prática?

Como qualquer tratamento, a técnica possui contraindicações. Descubra quais são abaixo:

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.