.
4 passos para criar seu filho como uma pessoa boa e feliz

4 passos para criar seu filho como uma pessoa boa e feliz

Quando temos um filho, desejamos o melhor para a sua vida. Mas parte disso pode partir dos pais e da educação que damos a eles. Há quatro passos essenciais para ajudar o seu filho a se tornar uma boa pessoa e, acima de tudo, feliz.

Veja quais são:

  • 1

    Crie conexões na vida dele

    A maneira mais certa de promover o bem-estar emocional ao longo da vida do seu filho é ajudá-lo a se sentir conectado – com você, com outros membros da família, amigos, vizinhos, pessoal da creche e até com animais de estimação. Uma infância conectada é a chave para a felicidade”, diz Edward Hallowell, psiquiatra infantil e autor do livro The Childhood Roots of Adult Happiness. Dr. Hallowell aponta como evidência um estudo que envolveu cerca de 90.000 adolescentes, em que a “conectividade” – uma sensação de ser amado, compreendido, procurado, reconhecido – apareceu de longe como a maior protetora contra o sofrimento emocional e pensamentos e comportamentos de risco, incluindo fumar, beber e usar drogas.

  • 2

    Não tente fazer seu filho feliz

    Parece contra-intuitivo, mas a melhor coisa que você pode fazer pela felicidade a longo prazo do seu filho pode ser parar de tentar mantê-lo feliz a curto prazo. Se colocarmos nossos filhos em uma bolha e conceder a eles todos os seus desejos, é isso que eles esperam, mas o mundo real não funciona dessa maneira.

    Para evitar confusões, reconheça que você não é responsável pela felicidade de seu filho. Os pais que se sentem responsáveis ​​pelas emoções de seus filhos têm grande dificuldade em sentir raiva, tristeza ou frustração. Nós imediatamente tentamos dar a eles o que achamos que traria um sorriso ou resolver o que está causando sofrimento. Infelizmente, desta forma, as crianças que nunca aprendem a lidar com emoções negativas correm o risco de serem esmagadas por elas quando forem adolescentes e adultos.

“A verdade é que a gente não faz filhos. Só faz o layout. Eles mesmos fazem a arte-final.”
Luis Fernando Veríssimo

  • 3

    Incentive a felicidade do seu filho com um relacionamento saudável com seu parceiro

    Embora não possamos controlar a felicidade de nossos filhos, somos responsáveis ​​por nós mesmos. E porque as crianças absorvem tudo de nós, a nossa energia e bem-estar importam. Pais felizes provavelmente terão filhos felizes, enquanto filhos de pais deprimidos sofrem duas vezes a taxa média de depressão. Conseqüentemente, uma das melhores coisas que você pode fazer para o bem-estar emocional de seu filho é cuidar do seu: ter tempo para descanso, relaxar e, talvez o mais importante, o romance. Cuide do relacionamento com seu cônjuge ou parceiro de vida. Se os pais têm um relacionamento realmente bom e comprometido, a felicidade da criança muitas vezes aparece naturalmente.

  • 4

    Louve apenas o que é certo

    Não é de surpreender que os estudos liguem consistentemente a auto-estima à felicidade. Nossos filhos não podem ter um sem o outro. É algo que aos pais é intuitivo e transforma muitos deles em líderes de torcida excessivamente zelosos. Nosso filho faz um rabisco e nós achamos que é Picasso; marca um gol no campeonato da escola, e ele será o próximo Ronaldinho. Mas esse tipo de “louvor por conquistas” pode sair pela culatra. Portanto, trazer um pouco de realidade para a vida do seu filho e mostrar que ao batalhar pelo o que ele quer é a melhor forma de conseguir, seriam a forma correta de ajudar a sua auto-estima e dar o apoio que ele precisa, sem exagerar no louvor.


Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.