.
Umbanda Branca – qual é a diferença?

Umbanda Branca – qual é a diferença?

A Umbanda é uma religião afro-brasileira de base única, uma essência própria que ao se disseminar pelo país adotou, de acordo com cada pai de santo, singularidades e particularidades na forma de ser praticada. A Umbanda não tem um livro único, ela foi formada através de elementos de outras religiões como o catolicismo ou espiritismo juntando ainda elementos da cultura africana e indígena. Por isso, em sua disseminação desordenada, muitas linhas da Umbanda foram surgindo, todas elas igualmente importantes, porém diferentes. A Umbanda Branca é uma das linhas seguidas em diversos terreiros do país.

Em busca de respostas? Faça as perguntas que sempre quis numa Consulta de Vidência.

10 min de consulta por telefone SÓ R$ 5.

Umbanda Branca e suas particularidades


A Umbanda Branca – também chamada de Umbanda Pura – possui algumas características que as diferenciam das demais linhas, como:

  • A ausência de atabaque (instrumento de percussão): a Umbanda branca é mais silenciosa e não faz uso dos sons africanos em seus rituais. Os seguidores da Umbanda Branca argumentam que a Umbanda de raiz também não utilizava esse instrumento.
  • Ausência de aparatos utilizados pelos médiuns: Alguns aparatos que foram incorporados em diversas linhas de Umbanda não são utilizados na Umbanda Branca, como o cocar – item incorporado das religiões indígenas; como as guias de contas – incorporadas de religiões africanas, as roupas coloridas, os chapéus e outros utensílios. Na Umbanda Branca, os médiuns e fieis utilizam roupas brancas em sinal de pureza.
  • Ausência de utensílios como o fumo ou a bebida para realização de trabalhos: Raramente a Umbanda Branca faz uso desses utensílios, que são fortemente ligados a Exu. Na linha Branca, Exu ocupa lugar como guardião do terreiro e não na matéria do médium.
  • Não há qualquer cobrança por espiritual em hipótese alguma, sejam passes, consultas ou trabalhos especiais.
  • Não realizam trabalhos negativos – a Umbanda branca nega a realização de trabalhos que venham prejudicar terceiros, trabalhos amorosos ou com interesses mesquinhos.
  • Umbanda mais calma e espiritual – muitos estudiosos ligam a Umbanda Branca mais fortemente ao espiritismo, a rituais mais silenciosos, calmos, sem tantas influências de religiões africanas e indígenas. Não há sacrifícios, antropomorfismos ou superstições.
  • Pregam o respeito ao meio ambiente e realizam trabalhos sociais e assistenciais voluntários para a comunidade.

Umbanda Branca segue linha tradicional


É comum ouvir alguns médiuns e praticantes se gabaram de ser da Umbanda Branca, não ser da Umbanda misturada, que incorporou elementos com o tempo, de serem da Umbanda tradicional. A Umbanda Branca é aquela que mais conservou as características da Umbanda que iniciou a religião em 1908, mas isso não quer dizer que ela é melhor do que as outras. Todas as Umbandas são igualmente boas e merecem respeito, tudo depende mais do pai de santo (ou médium) responsável e da dedicação dele aos trabalhos realizados nos terreiros.


Descubra a sua orientação espiritual! Encontre-se!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!