.
Sincronicidade: nada acontece por acaso

Sincronicidade: nada acontece por acaso

Quantas vezes na vida vivemos coincidências espantosas e que nos surpreendem pelo sentido que carregam? São inúmeras as situações que pensamos “não é possível ser só uma coincidência” e isso ocorre também na ciência, especialmente a física e microbiologia, onde seus estudiosos percebem tantas “coincidências” que muitas vezes se perguntam se não há de fato um arquiteto inteligente por trás de tudo que existe.

Sincronicidade é um termo criado por Carl Jung, mas é também um conceito presente nas tradições antigas, onde desde a era greco-romana já havia homens interessados nas coincidências e as consideravam presságios que escondiam uma ligação entre os sinais observados e os eventos futuros. A astrologia é também um ótimo exemplo, onde a posição dos planetas no momento do nascimento de uma criança revela o destino e algumas características psíquicas dela.

Mas será que existem coincidências?

Carl Jung e a sincronicidade

Carl Gustav Jung é o criador do termo e o utilizou  para definir acontecimentos que têm uma relação de significado os ligando, se referindo à eventos que fogem ao acaso e aleatoriedade e carregam sentido.

Em sua obra “Sincronicidade: um princípio de conexões acausais” ele propõe uma avaliação diferenciada das coincidências: sincronicidade é a experiência de eventos que coincidem de maneira significativa e escondem um padrão subjacente de sincronia e simultaneidade.


Os campos mórficos de Sheldrake e a comunicação à distância

Rupert Sheldrake é um biólogo, bioquímico, parapsicólogo, escritor e palestrante inglês que elaborou a tese do campo morfogenético, um campo que explica a emergência simultânea da mesma função adaptativa em populações biológicas localizadas em locais diferentes. Esses campos morfogenéticos são a memória coletiva a qual recorrem cada membro da espécie e para a qual cada um deles contribui, estruturas que se estendem no espaço-tempo e moldam a forma e o comportamento de todos os sistemas do mundo material.


Clique Aqui: Coincidência: os princípios da sincronicidade


Um conto fictício explica muito bem essa teoria:

Em duas ilhas diferentes habitavam a mesma espécie de macacos sem qualquer contato perceptível entre si. Em determinado momento, um deles na ilha “A” descobre uma maneira engenhosa de quebrar cocos, que lhe permite aproveitar melhor a água e a polpa. Por imitação, o procedimento é replicado entre os outros macacos e logo uma população de 99 macacos domina a nova metodologia. Quando o centésimo macaco da ilha “A” aprende a técnica, os macacos da ilha “B” começam espontaneamente a quebrar cocos da mesma maneira, sem que exista nenhuma comunicação convencional entre as duas populações: o conhecimento simplesmente se incorporou aos hábitos da espécie.

Para Sheldrake, a existência de uma comunicação subjetiva muito além da visual e instintiva é evidente e fica fácil fazer um paralelo entre essa teoria e a maneira como vibramos e nos conectamos ao todo.


Deepak Chopra – a realização espontânea dos desejos

Médico indiano radicado nos Estados Unidos, Deepak Chopra é formado em medicina pela Universidade de Nova Deli, escritor, professor de ayurveda e espiritualidade do corpo e mente. Em sua obra “A Realização Espontânea dos Desejos”, ele mostra como podemos ser favorecidos pelos sinais do universo e utilizar o poder da coincidência para realização de desejos.

Deepak Chopra acredita que vivemos imersos em três níveis de existência: a esfera física, a esfera quântica e a esfera não-local. A esfera física é o primeiro nível, o universo material e a Lei da Causa e Efeito. O segundo nível é o quântico, energético, não perceptível pelos sentidos. O terceiro nível é o que o Deepak Chopra chama de esfera virtual, ser universal ou inteligência não-local. Esse último nível da realidade opera além das dimensões de espaço e tempo e é a fonte das sincronicidades.

Segundo o autor, absolutamente nada seria possível existir se não fosse um extraordinário conjunto de coincidências, exatamente a análise que podemos fazer por exemplo da explicação científica para a vida na Terra, mas que está ingenuamente atribuída ao acaso.


Deepak Chopra ensina 7 princípios para nos conectarmos com a inteligência cósmica universal:

  • 1

    Somos parte do Todo

    Tudo que existe no universo está conectado de forma sincrônica e todas as ações das partes tem efeito no todo.

  • 2

    A importância das relações

    Os relacionamentos são muito importantes para nossa evolução espiritual, pois nos conectam como nosso verdadeiro eu através das emoções que despertam.

  • 3

    A força das palavras e do pensamento

    Nosso padrão de energia se forma através dos sentimentos e pensamentos que cultivamos, sendo também a conexão com a força divina.

  • 4

    Intenção

    Segundo Chopra, a intenção é a força que move o universo e todos os eventos estão interligados com a intenção individual ou de um grupo.

  • 5

    Momentos de turbulência são importantes

    São as tribulações que nos fazem questionar as coisas e muitas vezes evoluir em decorrência disso. O que acontece no mundo hoje é consequência dos padrões de consciência da humanidade. O mesmo serve para o que acontece ao redor de nós: nossas experiências são reflexo da emanação da nossa própria energia. Autoconhecimento nos liberta.

  • 6

    Deus está dentro de nós

    Somos emanação do próprio ser divino, portanto, Somos ele. Despertar esses poderes divinos em nós pode operar transformações milagrosas em nossa vida.

  • 7

    O poder das coincidências

    Prestar atenção aos sinais e interpretar as coincidências pode facilitar muito nossa jornada, ajudando a atingir objetivos ou a nos proteger. Quanto mais atenção dermos às coincidências, mais elas aparecem e temos mais acesso às mensagens do universo para nós.

Sincronicidade: sintoma do despertar espiritual

A sincronicidade é uma lei natural e universal que está muito relacionada a consciência. Toda a criação é sincronizada e existem muitos níveis de sincronia, indo desde de o aparecimento de determinadas doenças fruto do cultivo de sentimentos densos até a telepatia, fenômeno muito comum que observamos quando pensamos em uma pessoa e ela nos liga ou encontramos com ela de forma inesperada.

Num universo conectado e vibrante, nossas ações também são uma espécie de sincronia universal para equilibrar a criação. O Karma se encaixa aqui, onde até mesmo decisões tomadas e existência passadas refletem em nossa encarnação atual. Ou seja, a sincronia atrai para nossa vida aquilo que está em nossa consciência e, quanto maior o nível de consciência, mais capacidade temos de criar a nossa realidade.

A sincronicidade é considerada também um sintoma do despertar. Ela se intensifica quando começamos a acordar nosso espírito e buscar a conexão com o universo espiritual, indicando
que estamos no caminho espiritual correto. Quanto mais alinhamos nossa vibração às esferas mais sutis, começamos a observar diversas coincidências que possuem uma probabilidade quase zero de acontecer ao acaso. Quando as emoções, pensamentos e energia estão em expansão, o universo passa a agir a nosso favor e enviar dicas, informações e respostas.

Perceber a rede de sincronias em nossa vida é um caminho de desenvolvimento que faz parte da evolução espiritual. São mensagens divinas que podem nos guiar, trazer muito aprendizado e conforto.


Os tipos mais comuns de sincronicidade

São muitas as sincronias possíveis, mas algumas delas acontecem de forma bem comum e muitos já experimentaram algumas delas. Será que alguma já aconteceu com você?

As horas e a mensagem da repetição de números

Olhar no relógio e ver 11:11, 23:23, 22:22 acontece muito a algumas pessoas.
Nessas ocorrências, devemos observar o que está acontecendo naquele momento e como estamos nos sentindo. Por exemplo, você tem uma ideia mas não tem certeza se deve realizá-la. A seguir, você olha no relógio e vê os números repetidos. A mensagem é vá em frente!


Clique Aqui: O significado das horas iguais no relógio


Conexão entre pessoas

Esse tipo de sincronia é muito comum devido à ligação emocional entre as pessoas, mas pode acontecer também entre aqueles que não possuem uma relação mais profunda.
Acontece quando, do nada, pensamos em alguém por algum motivo e algum tempo depois recebemos uma mensagem dessa pessoa ou encontramos com ela na rua.


Sonhos

Já aconteceu de você sonhar com alguém e depois descobrir que esse alguém também sonhou com você aquela mesma noite?
Isso acontece com muitas pessoas e é uma sincronia espiritual incrível que, se analisarmos com mais cuidado, podemos até supor que talvez essas pessoas estivessem juntas em alguma dimensão astral e que interpretaram essa experiência em forma de sonho.


Respostas mágicas

Temos uma pergunta ou dúvida sobre algo, situação ou sobre como devemos agir em determinada situação e de repente a resposta chega. Pode ser em forma de filme, propaganda,
uma palavra que vemos de forma repetida, uma música ou um livro que chega até nós trazendo a resposta daquilo que estamos buscando em nosso interior.


Socorro nas adversidades

Já aconteceu de você precisar de uma quantidade de dinheiro e ela aparecer magicamente? Por exemplo encontrar uma nota perdida no bolso de um casaco, um envelope com moeda estrangeira daquela viagem perdida no escritório, um trabalho extra que aparece ou alguém que paga uma dívida que você nem se lembrava.

Ou quando o carro quebra numa zona perigosa e aparece justamente a polícia passando por ali ou um amigo ou conhecido que estava próximo e pode ajudar. Todas essas situações são sincronias perfeitas do divino, que tem milhões de forma agir em nossa vida.


Má sorte

O azar também é uma sincronia, mas que nos parece infeliz. Mesmo assim, ele tem um propósito e muitas vezes pode ser até mesmo um salvamento. Quantas pessoas tiveram contratempos e perderam um voo importante? Nem sempre é o caso, felizmente, mas algumas delas descobriram depois que aquele avião caiu. Muitos são os relatos também de passageiros que não conseguiram encontrar sua passagem de ônibus e não puderam embarcar, sabendo só depois que o veículo sofreu um acidente.


Saiba mais :

Guta Monteiro Guta Monteiro

Apaixonada por filosofia e literatura, é formada em publicidade e estuda espiritualidade desde criança. Buscadora incansável dos mistérios da vida, adora compartilhar ideias sobre Deus e as forças que movem o universo, para ajudar no seu próprio despertar e no encontro com poder divino que existe em nós. Usa a espiritualidade para crescer e ajudar a crescer aos demais e sonha com um mundo feito de igualdade, fraternidade, liberdade e amor.