.
Sinais da presença de espíritos: aprenda a identifica-los

Sinais da presença de espíritos: aprenda a identifica-los

Diferentemente do que pensamos se tratar de fenômenos paranormais, a presença de espíritos se manifesta de maneiras bastante claras, onde podemos diferenciar os espíritos inteligentes – sendo estes pessoas falecidas tentando uma comunicação direta com os vivos – e os residuais, os quais não sabem da existência de seres em vida no local onde estão, e acabam interagindo apenas com o ambiente. Os espíritos residuais podem ainda tomar a forma de uma entidade maligna ou demoníaca, uma vez que jamais viveram na forma humana.

Leia também: Previsões de Chico Xavier para 2019 ►

Em busca de respostas? Faça as perguntas que sempre quis numa Consulta de Vidência.

10 min de consulta por telefone SÓ R$ 5.

Presença de espíritos: aprenda a identificar os sinais


Sejam eles espíritos inteligentes presos a pessoas ou tarefas inacabadas na Terra ou residuais coexistentes neste plano, alguns sinais da presença de espíritos no ambiente são claras e podem se manifestar de diversas maneiras. Conheça as mais comuns a seguir.

1. Ruídos: diante da presença de espíritos é comum ouvir alguns sons de origem inexplicável ou improváveis para o local. Objetos batendo (portas e janelas, por exemplo), móveis ou algo mais se arrastando também pode ser notado;

2. Mudando de lugar: fenômeno raro, mas provável, espíritos podem promover a movimentação de certos objetos. Itens que se movem sozinhos ou inexplicavelmente caem de alguma superfície ou levitam alguns centímetros são alguns sinais da presença de espíritos; é possível também que estes mudem objetos de lugar

3. Manifestação em eletrônicos: TVs, rádios, luzes, entre outros aparelhos eletroeletrônicos podem também indicar que existem espíritos no ambiente. Essa manifestação ocorre quando tais itens ligam e desligam sozinhos, ou eventos estranhos ocorrem com eles (despertadores tocam em horários diferentes, canais mudam sozinhos, músicas tocam inexplicavelmente, etc.).

4. Animais: como seres sensíveis que são, os gatos e cachorros tendem a sentir facilmente a presença de espíritos. No caso dos cães, se estes latem para o nada e acompanham algo com a cabeça, é sinal de que estão sentindo ou enxergando algo no ambiente.

5. Ser observado: muito comum diante espíritos no ambiente, a sensação frequente de estar sendo observado – principalmente quando estiver sozinho pode acontecer. No entanto, fique atento, pois após assistir um filme de terror ou ver alguma notícia trágica, a sensação pode ser apenas um reflexo de seu próprio corpo diante do medo.

6. Sentir-se tocado: também bastante comum, este sinal costuma aparecer diante de um toque em seus ombros, um passar de mãos nos cabelos ou algo mais sutil.

7. Ouvir vozes: ouvir vozes dizendo seu nome, mesmo quando não há ninguém por perto é um sinal bastante comum da presença de espíritos. Os sons também podem ser gritos, sussurros, risadas ou conversas abafadas.

8. Pontos frios: quando alguns cômodos da casa estão mais frios que outros, ou mesmo uma pequena parte deles, este também pode ser um sinal de espíritos.

9. Odores inexplicáveis: perfumes, mau cheiros ou odores característicos que tomam conta de um ambiente sem causa provável costumam representar a presença deles.

10. Vultos: geralmente a prova mais clara da presença dos espíritos em determinado local, os vultos rápidos, aparecimento de luzes anormais, sombras, entre outras aparições podem significar um ambiente assombrado.

11. Agressão física: as agressões, como arranhões, puxões de cabelo, empurrões, entre outras, costuma vir apenas por espíritos malignos, sendo um fenômeno bastante raro. Fique atento se marcas surgirem sem ninguém por perto.

Você também vai querer ler: Sinais de mediunidade: Você é mediúnico? ►


Descubra a sua orientação espiritual! Encontre-se!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!