.
Ira, inveja, amargura… como evitar esses sentimentos negativos?

Ira, inveja, amargura… como evitar esses sentimentos negativos?

Você já se sentiu incomodado por algum sentimento que se abateu sobre o seu coração e que você gostaria de não senti-lo? Nós não somos capazes de gerir as nossas emoções de maneira fácil, alguns sentimentos são mesmo inevitáveis. Mas como lidar com eles? Veja uma reflexão sobre esse assunto e 5 técnicas para lidar com sentimentos negativos.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

Como lidar com esses sentimentos negativos?

sentimentos negativos

Tentar ignorá-los e fingir que eles não existem não é a melhor saída – e infelizmente é isso que a maioria das pessoas fazem. Enchem-se de falsas emoções fingindo que aquilo não é com ele, ignorando aquele sentimento, fingindo que ele não existe. Quando esse sentimento “escapole” e alguém o aponta, imediatamente a pessoa fica na defensiva, irritada e até explosiva. Enche-se de justificativas: “Eu sou assim porque tive uma vida difícil…”; “ Eu vivi a vida inteira dessa maneira, não vou mudar…”. Essa é uma maneira pouco inteligente de tentar lidar com esses sentimentos negativos. Todo mundo tem esses sentimentos, sábios são aqueles que sabem como lidar bem com eles.


Por que não é bom tentar sufocar esses sentimentos?

Imagine só que todos os sentimentos negativos são balões de ar e que você está tentando mantê-los debaixo d’água. Enquanto você empurra alguns para debaixo da água, outros escapam. É da mesma maneira quando você tem sentimentos negativos que não sabe lidar com eles e tenta escondê-los de todos e até de si mesmo: é ineficiente. Esses sentimentos não se dissolvem no ar quando você não “olha” para eles, é preciso lidar com eles.


Leia também: Oração poderosa para transformar sentimentos maus em positivos


Só você é o responsável pelas suas emoções

Jogar a responsabilidade das suas emoções e sentimentos negativos nas costas de alguém é algo comum e que gera um alívio momentâneo da culpa que aquele inconveniente traz à sua vida. Mas lembramos: é momentâneo. O sentimento inconveniente é só seu, e quanto mais você culpar os outros por eles, mais eles voltaram para você. Não adianta querer punir uma pessoa, porque ela te traz raiva: você precisa saber lidar com a raiva que o seu corpo emocional gera. Não adianta querer culpar uma pessoa porque ela fez algo que te trouxe amargura: o sentimento negativo vive em você e não nela. Ao aprender a lidar com esse sentimento, você saberá como lidar com ele no futuro. Seremos sempre acometidos por sentimentos negativos em nossa vida, é inevitável. Mas saber lidar com eles é a melhor maneira de viver bem e evoluir. Ou você acha mesmo que vai acumular todos esses sentimentos negativos embaixo do tapete pelo resto da vida?


5 técnicas para lidar com sentimentos negativos

As técnicas passadas abaixo foram escritas por Eduardo Cirilo, life coach do método De Rose.

  • A sua posição corporal

    Olhe para si mesmo. Como está a sua posição corporal? Se está encurvado, recuado, ombros baixos ou algo parecido com isso, levante-se. Coloque-se com a coluna bem ereta e passe para os próximos passos.

  • Espreguice-se

    É isso mesmo. Espreguice. Espreguiçar é um ato poderoso pois influencia todo o nosso estado emocional. Estique os braços e pernas o máximo possível, como se alguém os puxasse. Naturalmente você vai estar com o peito mais aberto e receberá mudanças hormonais significativas. Seu nível de testosterona sobe, e o seu nível de cortisol (hormônio do estresse) desce, e você vai se sentir melhor.

  • Respire fundo

    O poder da respiração é inegável. Quando você faz respirações profundas consegue observar as suas emoções. Ao observá-las você consegue controlá-las melhor. Já ouviu alguém dizer que depois que coloca algo no papel consegue visualizá-lo e controlá-lo melhor? Com as emoções e a respiração acontece algo parecido. A respiração te dá o poder de controlar e até sublimar as suas emoções.

    Quando se sentir tomado por um sentimento negativo, respire fundo. Uma, duas, três vezes, quantas vezes forem necessárias. Assim você vai se sentir apto a controlar aquela emoção, se sentir presente no aqui e no agora, e no controle das emoções que sente no momento e daquelas que estão relacionadas ao teu passado.

  • Acalme o seu tom de voz

    De propósito, você vai acalmar o seu tom de voz ao tom mais tranquilo que conseguir. Quando estamos no pico da raiva, do estresse e da angústia, nosso tom de voz muda radicalmente. Tome o controle dele, acalme-o. Deixo-o suave, leve, baixo, limitado. Sua voz pode ser o gatilho para que esses sentimentos negativos tomem conta de você, use-a a seu favor, para afastar esses sentimentos.

  • Observe as suas emoções

    Agora, com a respiração profunda, o tom de voz brando e o peito aberto, observe as suas emoções. Olhe para elas sem julgá-las. Todo mundo sente sentimentos inconvenientes, ninguém está livre deles e você não é pior do que ninguém por estar sentindo isso nesse momento. A meditação ensina que todos nós somos feitos de luz e escuridão, e que não conseguimos nem precisamos banir a escuridão da nossa vida. Não julgue esses sentimentos, não julgue a si mesmo, simplesmente não os dê importância. Ele vai te acrescentar alguma coisa de bom? Vai trazer a ti algum benefício? Vai te safar de algum perigo? Vai fazer algo mais além de punir? Então, dissolva-o com o seu pensamento, dilua-o. Veja ele voar junto com vento, como um sopro em um dente-de-leão. Liberte-se daquilo que te impede de ser quem você verdadeiramente é.

Este artigo é inspirado nesta publicação e foi adaptado ao Conteúdo WeMystic.


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: