.
Semana Santa – orações e a importância do Domingo de Páscoa

Semana Santa – orações e a importância do Domingo de Páscoa

Você conhece o significado da Páscoa? Descubra a importância deste importante dia da Semana Santa e veja como fazer uma oração para Domingo de Páscoa.

Afaste as más energias!
Afaste as más energias da sua vida!
Confira na nossa loja virtual as ervas produtos naturais para afastar as más energias. Aproveite já pois nossos estoques são limitados!
ESPIAR LOJA >>

O significado da Páscoa na Semana Santa

A palavra Páscoa vem do hebreu “Peseach” que significa “passagem”. Nós naturalmente associamos a Páscoa à ressurreição de Cristo, mas esta data já era comemorada desde o Antigo Testamento pelos judeus. A passagem comemorada no Antigo Testameto, era do Mar Vermelho, quando Moisés conduziu o povo hebreu para fora do Egito, muitos anos antes de Cristo nascer. Os judeus eram perseguidos pelo faraó, que os escravizava, por isso Moisés foi guiado por Deus e levantou o seu bastão em frente ao mar. As ondas se abrira e formaram dois paredões de água com um corredor enxuto, e o povo hebreu fugiu por entre o mar. Jesus também celebrava a Páscoa Judaica junto dos seus discípulos. Como Jesus morreu e ressuscitou 3 dias depois, em um domingo, logo depois da Páscoa Judaica, a celebração dos Cristãos também tomou o nome de Páscoa na nossa Semana Santa Cristã.


O significado da Páscoa

A Páscoa para os cristãos é a prova de que a morte não é o fim e que Jesus é verdadeiramente o filho de Deus que veio à terra para nos salvar. O temor dos fiéis em razão da morte de Jesus, na Sexta Feira da Paixão, transforma-se em esperança de salvação e júbilo, é quando todos os cristãos renovam sua fé no Senhor, frequentando a Igreja que comemora a missa com Eucaristia.


Leia também: Orações Especiais para a Semana Santa


Os Símbolos da Páscoa

Existem diversos símbolos da Páscoa cristã que fazem parte das comemorações da Semana Santa, veja o significado dos principais:

  • Cordeiro: na Páscoa Judaica, o cordeiro era sacrificado no templo como memorial da libertação do Egito. Ele era sacrificado e sua carne servida na ceia pascal. O cordeiro foi considerado a prefiguração de Cristo. João Batista, quando está junto ao Rio Jordão em companhia de alguns discípulos e vê Jesus passando, aponta-o em dois dias consecutivos dizendo: “Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”. Isaías o tinha visto também como cordeiro sacrificado por nossos pecados.
  • Pão e vinho: na última ceia de Cristo, ele escolheu o pão e o vinho para representar o se corpo e o seu sangue, dando a seus discípulos para a celebração da vida eterna.
  • Cruz: a cruz mistifica todo o significado da páscoa na ressurreição e sofrimento de Cristo. Ela é o símbolo não só da Páscoa como também da fé católica.
  • Ciro Pascal: é uma longa vela acesa no Sábado de Aleluia, logo no início da Vigília Pascal. Ela simboliza que Cristo é a Luz, que afugenta toda a treva da morte, do pecado e dos nossos erros. O Ciro Pascal é o símbolo de Jesus ressuscitado, a luz dos povos.

Oração para Domingo de Páscoa

“Ó Cristo Ressuscitado, da morte vencedor,

por tua vida e teu amor,

mostraste a nós a face do Senhor.

Por tua Páscoa o céu à terra uniste

e o encontro com Deus a todos nós permitiste.

Por ti, Ressuscitado, os filhos da luz nascem

para a vida eterna e abrem-se para os que crêem

as portas do reino dos céus.

De ti recebemos a vida que possuis em plenitude

pois nossa morte foi redimida pela tua

e em tua ressurreição nossa vida ressurge e se ilumina.

Volta a nós, ó nossa Páscoa,

teu semblante redivivo e permita que,

sob teu constante olhar, sejamos renovados

por atitudes de ressurreição e alcancemos graça,

paz, saúde e felicidade para contigo nos revestir

de amor e imortalidade.

A ti, inefável doçura e nossa eterna vida,

o poder e a glória por todos os séculos.”


Leia também: Oração e Hino da Campanha da Fraternidade 2017


Oração da Ressurreição

“Deus, nosso Pai, cremos na ressurreição da carne, pois tudo caminha para a definitiva comunhão convosco. É para a vida, não para a morte, que fomos criados, pois como sementes que se guardam na palha, nós nos guardamos para a ressurreição. Temos certeza de que vós nos ressuscitareis no último dia, pois na vida dos vossos santos tais promessas se confirmaram. O vosso reino já está acontecendo no meio de nós, porque cada vez mais aumenta no homem a sede, a fome de justiça e de verdade e a indignação contra toda forma de mentiras. Temos certeza de que todos os nossos medos serão vencidos; toda dor e sofrimento serão mitigados, porque vosso Anjo, nosso Defensor, nos escudará contra todo mal. Cremos que vós sois o Deus vivo e verdadeiro, porque os tronos caem, os impérios se sucedem, os prepotentes se calam, os espertos e velhacos tropeçarão e ficarão mudos, mas vós permaneceis conosco para sempre.”


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual