.
Saudações aos orixás umbanda: a importância da saudação

Saudações aos orixás umbanda: a importância da saudação

As saudações aos orixás umbanda é muito importante e fundamental para todos os umbandistas. É uma força de pedir bençãos aos nossos orixás, assim como saudar os nossos próximos com respeito e serenidade, distribuindo a todos o axé, ou seja, concedendo a cada um a positiva e boa energia, o grande e maravilhoso poder da natureza, a fim que possamos viver felizes e em harmonia.

As saudações aos orixás umbanda que hoje veremos foram desenvolvidas pelo Pai Rubens Saraceni, e foram definidas por ele através de seus estudos. Precisamos levar em conta que ainda existem outros orixás e outros tipos de saudações. Todas são sempre úteis e importantes de igual forma.

Afaste as más energias!
Afaste as más energias da sua vida!
Atraia bons fluidos! Liberte-se das más energias e vibrações negativas que possam perturbar você. Não temos a solução dos problemas, mas podemos ajudar na descoberta para o caminho melhor. Saber mais >>

Saudações aos orixás umbanda: o que é?

Cada saudação é composta de sua forma original, seja nas línguas de nossos antepassados, seja em sua forma já traduzida, e também de uma expressão corporal que devemos realizar quando formos entoá-las.


Oxalá

A saudação de Oxalá é “Epá Babá Oxalá” ou “Exê Babá”, que significa: “o Senhor realiza” e “Obrigado, Pai”. A expressão corporal para esta oração são os braços abertos com as mãos voltadas para o alto, como se fôssemos abraça-lo.


Logunã – Oia Tempo

A saudação de Logunã é “Olha o tempo,. minha mãe!”. Com ela faremos a seguinte expressão corporal: com o corpo relaxado, realizaremos um movimento circular com uma das mãos, apontando, apenas com o dedo indicador, para o céu.


Oxum

A terceira das saudações aos orixás umbanda é para Oxum. Sua saudação é o “Ora iê iê ô”, que significa: “olha por nós mãezinha”. As mãos devem estar abertas na altura da cintura, como se fôssemos fazer dormir um bebê, e logo após começamos a realizar movimentos circulares.


Leia também: As melhores formas de celebrar o aniversário segundo a Umbanda


Oxumaré

Também conhecido como o senhor do arco-íris, sua saudação é o “Arroboboi!”, que quer dizer “Salve o Senhor das águas supremas”. Para realizá-la devemos juntar as mãos, sem cruzar os dedos, na frente do peito, com uma pequena distância do corpo, como uma forma de agradecimento.


Oxóssi

Para Oxóssi, a saudação é “Okê arô!”, que significa: “Dê seu brado, Majestade!”. Devemos enunciá-la com os punhos cruzados e o dedo indicador estendido. As mãos na altura da cintura.


Obá

Com a entidade Obá, a saudação é “Akiro Obá yê!”. Seu significado se traduz como: “Eu saúdo o seu conhecimento, Senhora da Terra!”. Durante a saudação desta, devemos tocar o chão três vezes com as mãos.


Leia também: Umbanda – veja o significado das cores das rosas nos rituais


Iemanjá

Para Iemanjá, saudaremos como: “Odôyá!”, significando: “Salve a senhora das águas!”. Sua expressão corporal pode ser as mãos abertas viradas para cima, na altura da cintura. Ou também apenas com os braços abertos com as mãos viradas ao céu.


Fonte: Umbanda EAD


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

David Fregate David Fregate

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: