.
Pontos de Ogum: aprenda a distingui-los e entenda seus significados

Pontos de Ogum: aprenda a distingui-los e entenda seus significados

Os pontos de Ogum são métodos simbólicos usados para entrar em contato com esse que é um dos mais poderosos orixás. Existem basicamente 2 tipos de pontos mais conhecidos, os riscados e os cantados - utilizados como pontos de Ogum em rituais. Apesar de terem objetivos muito semelhantes, eles são aplicados de modos distintos e, principalmente, em situações diferentes.

Em busca de respostas? Faça as perguntas que sempre quis numa Consulta de Vidência.

10 min de consulta por telefone SÓ R$ 5.

Como identificar os pontos de Ogum


Como orixá guerreiro representante da justiça, força e proteção aos homens, os pontos de Ogum seguem seu mesmo princípio, podendo estes serem divididos em cantados e riscados, a fim de representarem diferentes ações e simbolismos dentro dos rituais da umbanda.

Leia Também: Oração de Ogum para vencer batalhas e atingir conquistas

Pontos Riscados
Os pontos riscados são marcações ou símbolos pelos quais se identifica uma força de luz astral, sendo estes variados, podendo ser representados por Luas, Flechas, Arcos, Lanças, Triângulos, entre outros, sendo que cada espírito de luz possui o seu próprio simbolismo. Através destes pontos riscados é que se pode determinar a graduação hierárquica de alguma entidade.

Por este ponto também ocorre a capacidade de mostrar a falange de trabalhadores e suas ordens, sendo estes instrumentos de grande importância dentro da umbanda, por exemplo, para fechar, trancar e abrir os terreiros. Para os pontos de Ogum, que é um poderoso Orixá guerreiro, são usados em sua simbologia vários instrumentos relacionados à combates, entre eles as espadas, lanças e até mesmo bandeiras de estandartes usadas por cavaleiros.

Leia Também: Amuleto de Ogum: como fazer e utilizar esse meio de força e proteção

Pontos Cantados
Os pontos cantados são também instrumentos ritualísticos poderosos, sendo através deles que as invocações das falanges para reuniões acontecem, por exemplo. Eles podem ser usados também como uma forma de homenagem a determinada entidade, como Ogum e, para isso são formadas o que se chama de curimbas nos terreiros. Durante as curimbas são divididos grupos, onde cada um é responsável por uma parte do ritual: os Ogãs Curimbeiros são responsáveis somente pelo canto, os Ogãs Atabaqueiros são encarregados apenas da percussão nos atabaques; há ainda alguns Ogãs que realizam tanto o canto, como a percussão.

Um dos objetivos dos pontos cantados de Ogum é que os participantes possam entrar em sintonia com o mundo espiritual, fazendo com que a energia presente através dos cantos entre em paridade com a vibração energética das entidades, servindo para canalizar e guiar as mesmas para os terreiros.

Existem muitos pontos cantados diferentes usados em cerimônias, desde os mais curtos, direcionados a passagens ritualísticas a outros mais extensos, usados geralmente em aberturas e encerramentos de sessões nos terreiros, estando estes entre as principais ferramentas utilizadas para realizar e intermediar o contato com os Orixás dentro dos terreiros.


Descubra a sua orientação espiritual! Encontre-se!

Gostou? Compartilhe!