.
Plutão no mapa astral: transformação, libertação e regeneração

Plutão no mapa astral: transformação, libertação e regeneração

Como o último e mais lento planeta, Plutão no mapa astral trata de assuntos delicados. Ele representa as crises e os conflitos mais inesperados na vida do indivíduo – ainda que eles surjam com uma finalidade transformadora. É esse o astro que cuida de assuntos difíceis de serem ditos e trabalhados, e nos coloca mais próximos do Divino.

As características de Plutão no mapa astral

Após cerca de 248 anos, o planeta atravessa o zodíaco; isso dá aproximadamente uma permanência de 12 a 32 anos em cada signo. Portanto, quanto temos Plutão no mapa astral, é possível interpretá-lo sob a mesma ótica de seus irmãos Urano e Netuno, que ditam o comportamento de toda uma geração.

Plutão é o planeta da transformação e do renascimento. É através dele que assuntos relacionados aos instintos ou ao espírito são trazidos à tona. Com relação às gerações, Plutão revela as revoluções fundamentais para promover transformações na vida humana e na civilização de um modo geral.

As mudanças sentidas por esse planeta costumam unir regeneração e degeneração, resultando em extremos bons e maus ao inconsciente coletivo de cada geração. Já com relação ao indivíduo, este é influenciado de acordo com a Casa em que Plutão está posicionado – mas continua atrelado às transformações.

A Casa ocupada por Plutão no mapa astral é capaz de mostrar qual setor da vida do indivíduo está mais propenso a sofrer mudanças. Aqueles com Plutão em maior destaque tendem a ser pessoas mais intensas, profundas e com evidente sensualidade. No entanto, são conhecidas como solitárias – geralmente por opção.


Clique Aqui: Como fazer o seu próprio mapa astral em casa


Lados positivos e negativos

Plutão é responsável por tratar de poderes proibidos, reprimidos, e representa personagens marcados pela controvérsia, como criminosos, espiões, membros de partidos, grupos violentos, adeptos de magia negra, mas também de psicanalistas e terapeutas.

Seus aspectos positivos tornam ao indivíduo possível o entendimento sobre tais forças e energias, tendo controle sobre si mesmo. Através desse planeta, as energias provenientes do instinto são transformadas em força de vontade e resistência. Uma maior capacidade de cura e regeneração física e emocional também são observadas.

A tarefa principal de Plutão é de nos libertar da psique, fazendo com que a alma transponha traumas, bloqueios, dependências, vulnerabilidades e impedimentos, abrindo espaço para que se derrube tabus e lilusões.

Por outro lado, a desarmonia de Plutão no mapa astral promove comportamentos destrutivos, além de sentimentos de culpa e rejeição. Essa aspectação é vista em indivíduos que se isolam, guardam segredos e são reticentes em se abrir. Fragilizados e vulneráveis, costumam apresentar mania de perseguição.

Outras características do lado negativo de Plutão são manifestadas através de características como a possessividade, dominação e manipulação. Se utilizam de chantagem emocional, se fazem de vítima e tornam-se pessoas intolerantes e cruéis.

O perigo não para por aí, e uma má aspectação de Plutão pode trazer ambições, compulsão, obsessão, bem como atração inexplicável por assuntos bizarros e macabros. Sede pelo poder e pela onipotência também são observados.

Apesar do seu poder transformador e regenerador, Plutão no mapa astral tem muitos aspectos sombrios. Quando nas mãos do ego, a pessoa pode se tornar impiedosa e passa por cima de tudo e de todos apenas em benefício próprio.

O lado mau de Plutão representa a dominação do caos por meio do ego. A dominação de tudo aquilo que não foi atingido pela luz. Embora perigosas (principalmente se aspectadas em mãos erradas), esse lado trevoso é também aquele que move a sexualidade, os instintos e a criatividade. É através do equilíbrio dessa energia que se tem o instinto de sobrevivência, desenvolvimento e afirmação do próprio eu.


Plutão no mapa astral nas seguintes casas:

 

  • Plutão na casa 1
  • Plutão na casa 2
  • Plutão na casa 3
  • Plutão na casa 4
  • Plutão na casa 5
  • Plutão na casa 6
  • Plutão na casa 7
  • Plutão na casa 8
  • Plutão na casa 9
  • Plutão na casa 10
  • Plutão na casa 11
  • Plutão na casa 12

Saiba mais :

Heloisa Von Ah Heloisa Von Ah

Designer e redatora, respira arte desde que se entende por gente. Apaixonada por gatos, literatura, cinema e músicas que já ninguém mais se lembra, vê na calmaria e na simplicidade o cenário ideal para se viver. Aprendeu de tudo um pouco, de instrumentos musicais a artes marciais; e não vê a hora de mais, já que a vida não pode parar