.
Pense bem! O destino do seu filho pode ser traçado a partir de seu nome

Pense bem! O destino do seu filho pode ser traçado a partir de seu nome

É comum que, ao escolherem o nome de seus filhos, pais optem por aqueles que achem bonitos ou que, de alguma forma, homenageiem um ente querido por eles. Porém, o que poucos sabem é que essa escolha pode ir muito além de um gosto pessoal.

Segundo alguns estudos desenvolvidos por diversas instituições norte-americanas, como a Universidade de Nova York, fatores como o tamanho ou a posição do nome no alfabeto podem influenciar na vida dessas crianças.

Fatores relevantes na escolha do nome


Nessa pesquisa realizada, foram levadas em consideração constatações encontradas por instituições de ensino nos Estados Unidos, bem como uma série de publicações científicas a respeito do assunto. A seguir, vamos conferir algumas das conclusões a que chegaram pesquisadores como o psicólogo Adam Alder, da Universidade de Nova York, após analisar os dados relativos à influência dos nomes.

  • 1

    A importância da pronúncia


    Segundo Alder, a forma como se pronuncia o seu nome pode facilitar o acesso a cargos mais altos em uma empresa. Quando a compreensão de um nome é mais fácil, há uma tendência maior a gostar e se lembrar do mesmo.

  • 2

    Nomes curtos em altos cargos executivos


    Durante o estudo com a colaboração da rede LinkedIn, foi possível observar que os nomes mais presentes em cargos de diretoria executiva eram aqueles que possuíam uma ou duas sílabas. A pesquisa analisou mais de 100 milhões de perfis e constatou que os homens costumam utilizar nomes reduzidos, em uma estratégia para parecerem mais amigáveis.

  • 3

    Nomes comuns são mais contratados


    Já no estado de Wisconsin, a Universidade de Marquette também desenvolveu um estudo onde identificou que pessoas com nomes mais comuns tem maiores probabilidades de serem contratadas para o mesmo cargo que pessoas com nomes mais complicados.

  • 4

    Nomes muito incomuns associados a criminalidade


    Indo diretamente para Pensilvânia, a Universidade de Shippensburg divulgou dados que sugerem uma relação entre índices de criminalidade durante a juventude e nomes mais incomuns. Os pesquisadores dizem que talvez haja uma relação entre o comportamento criminoso e a dificuldade de criarem laços com seus colegas por causa dos nomes.

  • 5

    Colegas com iniciais semelhantes trabalham melhor juntos


    Pesquisadores da Wisconsin School of Business divulgaram um trabalho apontando que, colegas de trabalho que possuem as mesmas letras iniciais de seus nomes costumam ter uma relação mais próxima, resultando em um melhor trabalho em equipe.

  • 6

    Posição no alfabeto pode se relacionar com o desejo por compras


    Pessoas que possuem iniciais mais próximas ao fim do alfabeto tem uma maior tendência estatística de se tornarem compradores compulsivos. É exatamente o que diz os dados publicados em um artigo da Social Science Research Network, revelando que talvez essas crianças sejam mais suscetíveis a estratégias promocionais diversas.

  • 7

    Mulheres bem sucedidas normalmente usam seus nomes completos


    Voltando as pesquisas realizadas nos bancos de dados da rede LinkedIn, seus pesquisadores descobriram que as mulheres costumam apresentar de forma mais frequente seus nomes completos, de forma a transmitir uma aparência mais séria e profissional.

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!