.
Pedra Cianita: significado místico das suas cores

Pedra Cianita: significado místico das suas cores

Dentre todos os cristais já conhecidos como forma de proteger e aproximar seu usuário a um plano espiritual superior, a pedra cianita certamente é um dos mais eficientes instrumentos para essa finalidade.

Cianita, como se pode deduzir, tem sua nomenclatura derivada do grego kyanos, que significa azul. No entanto, apesar deste ser um silicato tipicamente da coloração azul, a pedra é também encontrada nas cores branca, preta, azul-claro, azul-escuro, marrom/dourado e até mesmo em verde – de modo que cada uma delas possui seus devidos significados místicos.

Os muitos significados da pedra cianita

Antes de serem descobertas as diversas finalidades da cianita, a pedra era muito utilizada como amuleto de proteção a todos os navegantes, contra os perigos dos mares. Acreditava-se que o deus grego das águas, Poseidon (Netuno, para os romanos), vinha pessoalmente à terra através da pedra cianita, ajudando estes homens e compreenderem melhor a alegria de viver.

Para o corpo físico, a pedra é capaz de promover melhora em áreas como a laringe, a voz e a fala, uma vez que colabora para uma melhor comunicação de seu portador. Pessoas com problemas da fala, como gagueira ansiosa, podem ver bons resultados através da energia dessa pedra.

Sobre a psique, a cianita, de um modo geral, proporciona calma – de nervos e pensamentos –, concentração e uma melhor locução. Nestes casos, ela é indicada principalmente a profissionais que tem a fala como sua mais importante ferramenta de trabalho, a exemplo de vendedores, professores, cantores, advogados, diplomatas, conselheiros e outros. Pessoas com profissões ligadas às artes também encontram resultados em termos de expressão artística, que se mostra muito mais ressaltada através da pedra cianita.

Pessoas que se encontram passando por problemas com falta de concentração e constantes divagações podem ter os pés de volta ao chão ao fazer uso da pedra, sendo trazido de volta à realidade.

A seguir, listaremos alguns dos benefícios das variações mais famosas da cianita, as quais levam as colorações azul, verde e preta. Lembrando que elas podem ser utilizadas individualmente ou ainda em conjunto, já que potencializam e complementam umas as outras.


Clique Aqui: 10 cristais para a casa – energize e equilibre os ambientes


Pedra Cianita Azul, a Espada do Arcanjo Miguel

pedra cianita

Um dos significados mais famosos atribuídos à cianita está relacionado a variação mais clássica da pedra, que apresenta uma agradável coloração azul, nem tão claro, nem tão escuro. Esse tipo de cianita é considerado um dos mais especiais em termos místicos, funcionando como uma espécie de espada celestial, capaz de cortar cordões energéticos negativos, expulsando todo e qualquer padrão negativo de determinada pessoa ou ambiente.

Relacionada ao 5º e 6º chackras, a cianita azul traz seu portador de volta à realidade após cortar as más energias. A pedra está ligada também ao planeta Vênus, bem como ao elemento Água. Mas além de todas essas atribuições, a mais latente de todas elas tem relação com seu aspecto de proteção divina, associada aos anjos – especialmente a São Miguel Arcanjo. A cianita azul é conhecida por favorecer a comunicação mental com os seres angelicais, principalmente com o arcanjo que a representa.

Para dar início a sua utilização, basta empunhar sua pedra cianita azul, enquanto sintoniza seu pensamento à Miguel, sentindo a vibração da energia prestes a acontecer. Lembre-se, entretanto, que a força dessa conexão dependerá única e exclusivamente de quão poderosa for a sua intenção. Assim que atingi-la, sinta a energia correndo em paralelo a seu corpo enquanto mentaliza a quebra de toda a negatividade e a limpeza energética que necessita.

Durante o uso da “Espada”, capaz de cortar tudo o que não beneficia teu espírito, ao mesmo tempo em que rompe, também cicatriza o campo áurico quem a utiliza. Aquele que empunhar o cristal com intenções de mau uso (como magias nebulosas e más intenções) não verá qualquer resultado, uma vez que a cianita azul está estritamente relacionada às altas esferas espirituais dos anjos.

Em geral, utiliza-se também como forma de complemento à sua ação de dissolução das energias negativas a cianita preta, também chamada de vassoura de bruxa. Essa segunda pedra possui a mesma energia, mas com função de profunda limpeza e anulação de magias.

Durante o procedimento com a cianita azul, a pedra de cor preta é colocada sobre os pés do indivíduo ou sobre seu eixo energético dos pés enquanto se corre com a Espada do Arcanjo Miguel (cianita azul) sobre o corpo, deixando com que a cianita preta absorva tudo de ruim que estiver sendo cortado.

Nos aspectos físicos, a pedra cianita azul atua como uma excelente ferramenta para reduzir condições como pressão alta e inflamações nos nervos (o que inclui doenças como tendinites, bursites e dores no ciático). A nível emocional, proporciona calma, sensação de segurança e também protege o portador contra pesadelos recorrentes.

Como importante ponte entre o corpo físico e o corpo de luz, através da mente, a cianita azul pode ainda ser utilizada como bisturi em cirurgias espirituais. A pedra fortalece a Essência Divina a fim de ajustar os padrões de pensamento, acomodando-os a formas de pensamento mais elevadas, sempre em sintonia com a Estrela da Alma e Portão Estelar.


Clique Aqui: Guia definitivo: 11 cristais de cura para ter sempre por perto


Pedra Cianita Preta, a vassoura da bruxa

Carinhosamente também apelidada de vassourinha, a cianita preta é a variação direcionada mais especificamente a proteção e a limpeza energética. Além da cor preta, a pedra possui aspecto que realmente se assemelha a um espanador, e é utilizada para obter resultados na limpeza energética tanto sobre a aura, quanto em ambientes que necessitem dela. Veja como ela funciona em cada caso:

Para limpeza da aura: pegue a sua cianita e, como se estivesse varrendo, passe-a por todo o seu corpo. Enquanto “varre”, imagine que toda a energia negativa está se dissipando, deixando seu corpo. Esse processo pede muito da sua intuição para dar certo, uma vez que é o portador da pedra que deverá analisar se está “limpo” ou se será necessário passar a cianita mais uma vez pelo corpo.

Outro método inclui misturar um punhado de sal grosso num copo de água, respigando esse conteúdo enquanto varre seu corpo com a cianita preta – algo parecido como se estivesse benzendo a si mesmo ou a outra pessoa.

Para limpeza de ambientes: para limpar sua casa, seu escritório ou outro ambiente que julgar “carregado”, comece o processo fazendo uma limpeza convencional do local; com vassoura, produtos de limpeza, panos, e todos os materiais usuais. Em seguida, pegue um copo d’água e misture nele uma colher de sal grosso.

O próximo passo é pegar esse copo de água com sal grosso com uma mão e a cianita preta com a outra, dando início a uma caminhada pelo ambiente em questão. Enquanto caminha, molhe a ponta da pedra na água e, em seguida, faça movimentos ela como se estivesse benzendo o local. Assim que terminar, deixe o copo com o quer restou de água atrás da porta de entrada principal até o próximo dia.


Clique Aqui: Cristais – aprenda como usá-los em sua rotina


Pedra Cianita Verde e a verdade interior

Mais rara de ser encontrada, a cianita verde é conhecida como a pedra da verdade, ajudando seu portador a discernir quando alguma informação é ou não verdadeira – isso inclui até mesmo notícias fornecidas pela mídia ou através de políticos. Para muitos, ela também é associada à conexão angelical, especialmente ao Arcanjo Rafael, protetor da cura e da verdade, e também de Miguel, o protetor supremo da humanidade.

Além de sua relação com a verdade, a cianita verde possui uma forte conexão com os espíritos presentes na natureza, e costuma ser indicada para pessoas que praticam esportes outdoor, como caminhadas, trilhas e outras atividades em contato com o verde.

Durante processos meditativos, a pedra é capaz de proporcionar a seu portador elevadas energias dos reinos, diretamente a seu chackra cardíaco. Desse modo, tais frequências tendem a ser assimiladas por sua sabedoria interior. Seu uso favorece a abertura de um potencial mediúnico em pessoas dotadas de um canal de cura.

Sobre o corpo físico, atua com efeitos de relaxamento, calma e tranquilidade. Como consequência, a mente também se vê livre de condições como a depressão, a ansiedade e o estresse, oferecendo ao portador desse cristal mais esperança para acreditar e suportar todo o processo de reajuste interno – necessário para que as mudanças positivas cheguem de fato. A pedra é também muito recomendada para pessoas que tendem a apresentar acessos de fúria constantes ou crises de baixa autoestima.

Outros resultados observados pelos utilizadores da cianita verde inclui uma melhora nos níveis intuitivos, bem como a capacidade de enxergar camadas antes não tangíveis, como aquelas que se escondem dentro de si, deixando um pouco de lado a capacidade de observar somente aquilo que os olhos podem ver. Com essa habilidade melhor trabalhada, será possível alcançar resultados como um alinhamento perfeito com seu verdadeiro caminho espiritual.


Saiba mais :

Heloisa Von Ah Heloisa Von Ah

Designer e redatora, respira arte desde que se entende por gente. Apaixonada por gatos, literatura, cinema e músicas que já ninguém mais se lembra, vê na calmaria e na simplicidade o cenário ideal para se viver. Aprendeu de tudo um pouco, de instrumentos musicais a artes marciais; e não vê a hora de mais, já que a vida não pode parar