.
Oxum Umbanda: a orixá rainha do amor

Oxum Umbanda: a orixá rainha do amor

Oxum é um orixá feminino cultuado na Umbanda e Candomblé. Conhecida como rainha das águas doces, dos rios, cachoeiras, da prosperidade, da riqueza, do amor e da beleza. Muitos fiéis recorrem ao Oxum Umbanda em busca de solucionar problemas financeiros ou do amor. É chamada de Senhora do Ouro pois, além da prosperidade financeira, é padroeira da fecundidade e da gestação. Recebe a prece de mulheres que desejam engravidar e querem proteção durante a gestação.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

  • Oxum Umbanda

    Um pouco mais sobre o Oxum Umbanda

    Oxum é filha de Iemanjá e Oxalá. O seu nome é derivado do rio Osun, que fica em Iorubalândia, na região da Nigéria. O culto de Oxum é realizado nas cachoeiras e rios, perto de nascentes de água mineral. A representação do Orixá Oxum veste azul e dourado, um abebé e um ofá dourados. Oxum representa a sensibilidade e, quando incorpora uma pessoa, derrama lágrimas. O Orixá Oxum foi esposa de Xangô, assim como Iansã e Obá. Tinha desavenças com Obá e a convenceu certa vez de cortar a própria orelha.

Os filhos do Orixá Oxum

Os filhos do Orixá Oxum são sentimentais, sensíveis, agem mais com a emoção do que com a razão. São pessoas muito vaidosas, amam espelhos, joias, se vestem muito bem e tem grande preocupação quanto à sua apresentação. Simbolizam o charme, a beleza e a sensualidade. Porém, são reservados e não gostam de chocar a sociedade. São pessoas ambiciosas, que almejam sua ascensão social.

Os filhos de Oxum são estrategistas, sempre buscam um objetivo. São doces por fora, mas muito fortes e determinados por dentro. Além de uma boa colocação social, gostam de estar presentes em festas e eventos, que lhes traga prazeres e prestígio.

Sua vida sexual é intensa, porém são discretos, não gostam de nenhum tipo de escândalo. Possuem muito amor próprio, portanto, não perdem tempo investindo em relações que não são correspondidas. Possuem o lado espiritual muito aguçado.


Leia também: Orixá Iansã – a senhora do vento e das tempestades


O culto ao Orixá Oxum

O principal dia da semana para cultuar o Oxum Umbanda é o sábado. Seu dia de comemoração anual é 8 de dezembro, Dia de Nossa Senhora da Conceição. Oxum é sincretizada na Igreja Católica com Nossa Senhora da Conceição. Mas, também tem sincretização com outras Nossas Senhoras, como Nossa Senhora das Candeias ou Nossa Senhora dos Prazeres. Nossa Senhora da Conceição é a santa da maternidade, por isso o sincretismo com o Orixá Oxum.

Oxum possui uma festividade anual na cidade de Osogbo, Nigéria. Ela acontece no Templo de Oxum, que é considerado Patrimônio Mundial da UNESCO desde 2005. O Templo fica no Bosque Sagrado de Osun-Osogbo, às margens do rio Osun.

As cores do Orixá Oxum são ouro, amarelo, azul claro e rosa. As velas para Oxum devem ser brancas, rosas ou azuis clara. Suas oferendas são espelhos, bonecas, rosas e palmas amarelas. Sua saudação é “Ora Yêyê Ô! ”.


Artigo Completo dos Orixás: Orixás da Umbanda: conheça as principais divindades da religião


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada:

Gostou? Compartilhe!