.
Os melhores exercícios de Ginástica Cerebral

Os melhores exercícios de Ginástica Cerebral

A ginástica cerebral ajuda a manter o nosso cérebro ágil e forte. Veja no artigo abaixo 10 exercícios simples para manter o seu cérebro sempre jovem, o seu raciocínio mais rápido e sua criatividade mais intensa.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

10 exercícios de ginástica cerebral


Os exercícios de ginástica cerebral melhoram as nossas capacidades cognitivas, a nossa concentração, o raciocínio lógico, a criatividade, a memória, a coordenação motora, a autoestima e aumenta a nossa capacidade de resolver problemas cotidianos de forma simples, criativa e inovadora. Viu só quanto os exercícios de ginástica cerebral podem contribuir para a melhoria do seu cérebro? Veja como é simples:

  • 1

    Música


    Ouça uma música e preste muita atenção aos instrumentos. Tente identificar o som de cada instrumento na música. Se você não conhecer o som dos instrumentos, pequise na internet e depois vá tentando, aos poucos identificá-los nas músicas. Utilize diferentes estilos musicais, pois cada um deles utiliza instrumentos típicos diferentes. Comece com músicas que você mais se identifica para tornar a atividade mais prazerosa. Você pode fazer isso enquanto está no carro, por exemplo, dirigindo. Preste atenção nos instrumentos e veja como o seu cérebro é capaz de realizar várias ações ao mesmo tempo, tirando-o da zona de conforto (pensamentos automáticos).

  • 2

    Livros


    A leitura é um dos exercícios de ginástica cerebral mais eficazes. Ela amplia o nosso vocabulário (excelente para a memória), desenvolve nossas capacidades cognitivas, aumenta nossa criatividade, amplia nosso conhecimento cultural e favorece a nossa concentração. Portanto, leia muito! Tenha sempre um livro de cabeceira, leia revistas, jornais, textos online e tudo mais o que gostar (e que acrescente boas informações à sua vida), evite leituras muito fáceis e corriqueiras que não fazem com o seu cérebro exercite. Aventure-se em leituras mais desafiadoras.

  • 3

    Jogos


    Os jogos como damas, xadrez e outros ajudam a desenvolver o nosso raciocínio lógico! Por isso, transforme a velha tarde de domingo na frente da televisão em tardes de competitividade e diversão com toda a família fazendo exercícios cerebrais que além de tirar o cérebro da zona de conforto ainda propiciam o convívio social.

  • 4

    Mude o seu percurso habitual


    Nós costumamos escolher um percurso e, após nos habituarmos com ele, nunca mais mudamos. Mude! Pegue outro caminho para o trabalho. Faça um outro percurso no supermercado. Leve seu cachorro para passear em outro parque. Não deixe o seu cérebro no automático.

  • 5

    Aiel sotxet oa oirártnoc


    Foi difícil entender o título? Então você pode começar a testar a leitura e escrita de frases ao contrário! Isso faz com que nós tenhamos que ter maior atenção e concentração para decifrar a mensagem. Nosso cérebro está habituado a ler sempre da esquerda pra direita. Faça exercícios para obrigá-lo a raciocinar. Escreva os bilhetes, recadinhos, mensagens para os colegas (ou para si mesmo) da direita para esquerda, de cima para baixo, de baixo para cima, com códigos, de uma forma diferente!

  • 6

    Escreva com a outra mão


    Já tentou escrever com a sua mão não dominante? Seja ela a esquerda ou a direita, escrever com a outra mão é sempre um desafio. No início você vai perceber que a sua letra fica bem torta e a escrita lenta, mas com a prática você acaba conseguindo escrever com as duas mãos! Por mais que a habilidade e facilidade seja maior com a mão dominante, ao treinar o seu cérebro com ginástica cerebral percebe que é capaz de coisas que nem imaginava, como ser ambidestro!

  • 7

    Escolha roupas e sapatos sem olhar


    Sim! Pode parecer algo engraçado (e é) mas desta maneira você vai ver que pode combinar tecidos, estampas e modelos de forma que nem imaginava. Isso também vai te ajudar a apurar o seu tato, você irá passar a reconhecer os seus itens pelo tecido, material, corte e fazer da sua montagem do figurino do dia a dia uma diversão a mais.

  • 8

    Mude a localização de objetos


    Estamos habituados a ter tudo em seu lugar. E se você mudar tudo? No inicio você vai ver que vai sempre buscar aquele prato naquela prateleira, porque o seu cérebro tornou essa ação automática. Aos poucos você se habitua, e vê como o seu cérebro é ágil! Habituou-se? Mude de novo!

  • 9

    Alimentos com sabor de infância


    Exercite o seu paladar. Sabe aquele doce que você comia quando era criança? Procure-o! Você vai ver como ele faz o seu cérebro te transportar para uma memória deliciosa de muitos anos atrás. Tem um doce que a sua avó fazia e que você morre de saudades? Procure a receita e tente reproduzi-lo! Também é bom comer em lugares que você nunca esteve, comidas de diferentes temperos, países, culturas. Você pode gostar de alimentos que nem imaginava, e mesmo aqueles que você não gostava, com o tempo passa a gostar! Experimente! Seu cérebro vai adorar essas novas sensações.

  • 10

    Identificando sabores


    Essa é uma ótima brincadeira gustativa para fazer com amigos e parentes. Testar os sabores. Cada um deve provar uma comida, bebida, sobremesa, e tentar advinhar o que é. Se for algo fácil, identificar os ingredientes, os temperos. Se quiser, podem fazer também com vinhos! Cada amigo traz um vinho e vocês tentam identificar qual é o tipo da uva, a marca, etc.

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!