.
Oração Poderosa a Zé Pelintra

Oração Poderosa a Zé Pelintra

Oração  Zé Pelintra


"Senhor Zé Pelintra, mensageiro de luz da nossa
Santa Umbanda e de seus Orixás. Permitindo por Deus,
Fazes parte daqueles que têm por missão proteger e
Defender as criações divinas e suas vibrações.
Permiti, Senhor Zé Pelintra, que com vossos
Conhecimentos, possa eu ter meus caminhos aberto,
Meu corpo fechado e meu espirito defendido de todas
As más vibrações.
Conto com vossa proteção e ajuda, a fim de não
Cair nas tentações e armadilhas do mundo terreno
Creio na sagrada Umbanda
Creio nos poderes de Deus
Creio na magia dos Exus
Saravá Umbanda
Saravá Estrada
Saravé Senhor Zé Pelintra
Exu de Lei que me guarda"


Quem é Zé Pelintra?

Em busca de respostas? Faça as perguntas que sempre quis numa Consulta de Vidência.

10 min de consulta por telefone SÓ R$ 5.

José Pereira de Souza, conhecido por Zé Pelintra, nasceu no sertão pernambucano, onde hoje fica a cidade de Exu. Primeiro de cinco filhos, Zé foi batizado com o nome José em honra a São José, santo do qual sua mãe era muito devota, por ter nascido prematuro e com poucas chances de sobrevivência. Coincidência ou não, Zé escapou da morte certa.

Cedo Zé teve que ficar encarregue de cuidar de seus irmãos pois seus pais morreram cedo, sua mãe vítima de câncer e seu pai padeceu pouco depois. Mas Zé não tinha como cuidar de seus irmãos e teve que rumar a Recife para encontrar uma forma de arranjar dinheiro. Pernoitou nas ruas e rapidamente travou conhecimentos com algumas prostitutas que frequentavam o cais de Santa Rita. Cedo percebeu que deveria virar cafetão e foi nessa vida que Zé conheceu homens de posses e posição social.
Numa das muitas brigas em que Zé se envolveu, fugiu com vida quase como por milagre e teve que procurar refúgio na fazenda de um coronel que tinha uma grande dívida de gratidão para com Zé Pelintra. Seus irmãos deram ele como morto, mas ele logo tratou de manda ir buscar eles e dar trabalho para todos no Rio de Janeiro.

Leia também:
Tudo o que você quer saber sobre a Pomba Gira ►
Oração Poderosa a Exu  ►


O tempo foi passando e Zé Pelintra continuou com sua vida como cafetão, vivendo agora no morro de Santa Tereza, no Bairro da Lapa. Nessa altura, já ele tinha um filho de uma das suas prostitutas, mas nem isso fez ele mudar de vida.
Teve que apareceu Maria do Amparo em sua vida para tudo mudar. Zé se apaixonou, mas Maria do Amparo era casada e rapidamente se começou espalhando boatos sobre os dois. No dia em que o marido de Maria do Amparo descobriu o que se dizia sobre os dois, marcou encontro com Zé e foi ter com ele armado. Zé, que confiava em seu jogo de pernas, não levou armas. Quando os dois se encontraram, se envolveram em uma briga feia e Zé Pelintra foi atingido por várias facadas e acabou por falecer.

E foi aqui que começou o sofrimento de Zé Pelintra, que vagueou por anos, perturbando várias nações e virando obsessor de encarnados. Daí a ser considerado um bagunceiro e demônio, foi um passo pequeno. Até hoje, são várias as pessoas que fazem o sinal da cruz quando ouvem seu nome. Mas tudo mudou no momento em que uma menina caiu em um poço e sua família desesperava por a encontrar, chegando mesmo a temer que a menina tivesse morrido. Zé Pelintra encontrou a menina e a colocou à porta de sua casa. Quando a mãe viu a menina, perguntou quem a tinha trazido de volta e a menina disse que tinha sido José Pelintra. Sua mãe respondeu: “Só pode ter sido Zé Pelintra da Luz”. Nesse momento, Zé Pelintra foi coberto por um manto de Luz que fez com que refletisse sobre suas atitudes e chamar a Deus. Desde esse momento, Zé Pelintra começou praticando o bem e é, ainda hoje, conhecido como sendo uma entidade de luz.
 

Descubra a sua orientação! Encontre-se!

Gostou? Compartilhe!