.
Oração da Serenidade: entenda o seu significado

Oração da Serenidade: entenda o seu significado

Você conhece a Oração da Serenidade? Conheça e entenda o significado dessa poderosa oração que traz calma e paz à sua vida.

Oração da serenidade – interpretação dos versos


A oração da serenidade é de autoria do teólogo e escritor americano Reinhold Neibuhr (1892-1971). Segundo a mulher de Reinhold, essa oração já tinha sido escrita desde 1934, no entanto ela só foi divulgada em 1950. As quatro primeiras linhas da oração fazem parte do texto original, as demais estrofes foram completadas anos mais tarde por um autor desconhecido. Conheça a oração por inteiro e reze com o coração aberto:

“Concedei-me, Senhor a serenidade necessária

Para aceitar as coisas que não posso modificar.

Coragem para modificar aquelas que posso e

Sabedoria para conhecer a diferença entre elas.

 

Vivendo um dia de cada vez

Desfrutando um momento de cada vez

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Aceito a ajuda! >

Aceitando que as dificuldades constituem o caminho à paz

Aceitando, como Ele aceitou

Este mundo tal como é, e não como eu queria que fosse

Confiando que Ele Acertará tudo

Contanto que eu me entregue à Sua vontade

Para que eu seja razoavelmente feliz nesta vida

E supremamente Feliz com Ele eternamente na próxima.”

Leia também: Restabeleça a paz interior e a serenidade com uma oração poderosa.

 
Oração da Serenidade

Interpretação da Oração da Serenidade


1- “Concedei-me, Senhor a serenidade necessária para aceitar as coisa que não posso modificar.”

Interpretação: Nas duas primeiras linhas da oração, o fiel pede a Deus por serenidade, pois precisamos ter calma para compreender que não somos capazes de resolver tudo sozinhos e precisos aceitar aquilo que não somos capazes de modificar com serenidade. Então, o primeiro pedido é por serenidade.


2- “Coragem para modificar aquelas que posso”

Interpretação: O pedido da terceira linha é por coragem. Tantas vezes temos a capacidade de mudar aquilo que nos incomoda, que impede a nossa felicidade, mas falta-nos coragem ou garra para mudar. Portanto, o fiel pede a Deus que ele não tenha medo, que tenha coragem de enfrentar os desafios que somos capazes de vencer.


Leia também: Como ler e interpretar uma Aura?

4- “Sabedoria para conhecer a diferença entre elas.”

Interpretação: Já o terceiro pedido é por sabedoria. Não poderemos saber se devemos exercitar a compreensão, serenidade ou se precisaremos ter coragem se não soubermos com que tipo de situação estamos lidando. O fiel pede a Deus sabedoria e discernimento das questões da vida.


5- “Vivendo um dia de cada vez, desfrutando um momento de cada vez. Aceitando que as dificuldades constituem o caminho à paz, aceitando, como Ele aceitou este mundo tal como é, e não como eu queria que fosse.Confiando que Ele Acertará tudo”

Interpretação: A segunda estrofe da oração, de autoria desconhecida, pede a Deus pelo contentamento na vida. É uma parte que pede a Deus o poder de aceitar as dificuldades que nos foram impostas e ter confiança em Deus nos seus propósitos, que ao enfrentar tais batalhas alcançaremos a paz e a felicidade.


6- “Contanto que eu me entregue à Sua vontade para que eu seja razoavelmente feliz nesta vida e supremamente feliz com Ele eternamente na próxima.”

Interpretação: a parte final compõe um olhar pela vida eterna, a certeza da existência do Paraíso, junto de Deus, da felicidade que nos contagiará na eternidade.


Os alcoólicos anônimos, e outros grupos de ajuda mútua, utilizam muito a oração da serenidade em seus programas de recuperação.

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: