.
Omulú Umbanda: o senhor das doenças e renovação dos espíritos

Omulú Umbanda: o senhor das doenças e renovação dos espíritos

O Orixá Iorimá ou Omulú é quem renova os espíritos, o senhor das doenças, quem zela pelos mortos e rege os cemitérios. É conhecido como o campo santo dentre o mundo real e espiritual. Omulú é filho de Nanã e irmão de Oxumarê. Possui poderes para causar doenças, principalmente epidemias, e também para curá-las.

Iorimá teve origem na cultura daomeana, que foi absorvida pela cultura iorubá em um vagaroso processo de aculturação. Ele possui uma legião de espíritos que cumprem papel de médicos, enfermeiros, cientistas, entre outros, para curar doenças e preparar espíritos para uma nova encarnação. No momento do desencarne, os falengeiros de Omulú nos ajudam a desamarrar nossos fios de agregação astral-físico, que juntam o corpo astral ao físico.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

  • Omulú Umbanda

    O culto ao Orixá Iorimá ou Omulú

    O Orixá Iorimá ou Omulú possui como emblema um cetro de mão feito com nervuras da palha do dendezeiro. Ele é enfeitado com contas e búzios e simboliza uma vassoura, para “varrer” as energias ruins das pessoas.

    Existe uma festa anual dedicada ao Orixá Iorimá ou Omulú, que se chama Olubajé. Todos os orixás participam, com exceção de Xangô e as entidades de sua família.  Iansã desempenha um papel importante na festividade, realizando o ritual de limpeza e trazendo a esteira onde serão colocadas as comidas.

    Este é um ritual exclusivo do Orixá Iorimá. Seu objetivo é trazer saúde, prosperidade e longa vida aos filhos e participantes do axé. Para encerrar a festa, são servidos nove pratos típicos da cultura afro-brasileira, que trazem comidas rituais pertinentes a diversos orixás. Elas são colocadas em uma folha que se chama “Ewe Ilará”, seu nome popular é folha de mamona assassina. Esta folha é venenosa e representa a morte (iku).

O dia da semana dedicado ao Orixá Iorimá ou Omulú é a segunda-feira; suas cores são amarelo e preto e sua saudação é “Atotô!”.


Leia também: Orixás do Candomblé: conheça os 16 principais deuses africanos


Sincretismo Religioso do Orixá Iorimá ou Omulú

O Orixá Iorimá ou Omulú é sincretizado com São Roque em sua forma jovem, Obaluaiê. Em sua forma velha, Omulú, tem sincretismo com São Lázaro. Na Igreja Católica, São Roque é o santo padroeiro dos cirurgiões, dos inválidos e também é o protetor contra a peste. As festividades em homenagem a Omolú/Obaluaiê são realizadas em 16 de agosto.


Leia também: Oração Poderosa para Oxum: a orixá da abundância e fertilidade


Os filhos do Orixá Iorimá ou Omulú

Uma das fortes características dos filhos do Orixá Iorimá ou Omulú é parecerem ser mais velhos do que realmente são. Isso acontece devido à idade avançada da entidade. São pessoas amáveis, porém um pouco rabugentas e mal-humoradas. Não negam ajuda aos que precisam. Muitos deles, possuem problemas de saúde, que vão da infância até a vida adulta. São amigos verdadeiros, dedicados, organizados e disciplinados.

Este artigo foi livremente inspirado nesta publicação e adaptado ao Conteúdo WeMystic.


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: