.
O pai na astrologia – como os astros influenciam a figura paterna

O pai na astrologia – como os astros influenciam a figura paterna

Durante muitos anos, a figura paterna era aquela que trazia suporte financeiro, limites e rigor aos filhos. Hoje, felizmente essa visão está mudando. Hoje os pais fazem parte de toda a criação e educação de seus filhos. Eles estão acompanhando o crescimento e tendo contato mais próximo e mais amoroso com seus filhos. Veja como a é o pai na astrologia e como ela retrata essa mudança e a relação pai e filhos.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

A figura do pai na astrologia e a influência dos planetas

pai na astrologia

Por muito tempo a figura paterna era associada a palavras como: autoridade, reputação, segurança, estrutura, rigorosidade, lei, futuro, destino. Era o pai que fazia as normas e sustentava seus filhos. Essas palavras estão também associadas diretamente ao planeta Saturno e o signo de Capricórnio, a Casa 10 do mapa astral. Por muitos e muitos anos, este planeta influenciou as figuras paternas com a rigidez e a segurança que Saturno exige. No final do século XX e início do século XXI, um outro planeta começou a influenciar as figuras paternas: Júpiter. Júpiter traz em si características mais amigáveis, generosas, participativas, equitativas, amorosas. Essa influência da astrologia foi, pouco a pouco, mudando a participação dos pais na família – juntamente com evolução da mulher no mercado de trabalho e sua necessidade de partilhar a criação dos filhos e participação na renda da família.


Leia também: A astrologia e os gêmeos univitelinos – são idênticos mesmo?


A leitura das casas do mapa astral

Se observamos no mapa astral, iremos ver uma relação estreita entre as casas 4 e 10. A casa 4 é regida pela Lua, do signo Câncer. A casa 10 é regida por Saturno, do signo Capricórnio.  Essas duas casas estão posicionadas em pontos opostos do mapa, a 180 graus de distância uma da outra.


A casa 4

A casa 4 está ligada à nossa primeira infância, à mãe (à nossa mãe e à mãe que somos, ou poderemos ser), ao passado, às emoções, à nutrição (a forma como fomos alimentados, como nos alimentamos e como iremos alimentar) e ao lado feminino de cada um de nós.


A casa 10

Por outro lado, a casa 10 é o completo oposto. É casa ligada a carreira, à imagem pública, à estrutura, a profissão, à responsabilidade, à autoridade e também à figura paterna. A influência de autoridade do nosso pai nos primeiros anos de vida está nesta casa representada.


Como isso me afeta?

A astróloga Márcia Fervienza diz que “Assim como a maneira como fomos nutridos em nossa infância, determinará o quanto seremos bons nutrindo os nossos filhos e família, ou seja, como seremos no campo emocional e familiar. Também o tipo de autoridade que tivemos de nosso pai nos primeiros anos de nossa vida determinará como nos relacionaremos com as figuras de autoridade e responsabilidades no futuro.”.  Aqui a ligação das casas 4 e 10 se tornam fortes novamente: o que vivemos em nosso lar na primeira infância, a relação com o lado maternal e feminino será determinante para a formação da nossa vida profissional e social, o lado masculino. Lendo nas entrelinhas: a relação que o homem teve com sua mãe na primeira infância irá influenciar na sua atuação como pai.


Leia também: Astronomia e Astrologia – qual a diferença?


Saturno bem posicionado – boa responsabilidade na astrologia

Quando o homem possui saturno bem posicionado no mapa, sem aspectos tensos com o Sol ou Lua, costuma ter uma boa relação com a responsabilidade e a autoridade na vida adulta. Para dar um exemplo: quando um nativo tem saturno na casa 4 costuma sentir falta de aconchego no lar, falta de identificação com a família ou a figura paterna e tem a vontade de sair de casa e formar o seu próprio lar, sua própria família. Saturno aqui cria uma dificuldade de harmonia em família. Saturno em aspectos tensos com o sol geram indivíduos com dificuldade de aceitar autoridade, dificuldade de se impor e de ter responsabilidades. As mulheres também são afetadas, quando elas têm saturno em conflito com o sol têm pouca relevância no contato paterno a infância chegando a desvalorizar a figura masculina quando adulta. O posicionamento de Saturno no mapa pode ser conferido ao fazer um mapa astral.


Como essa influência funciona na prática

A posição de Saturno no mapa astral diz muito sobre a relação do homem com os seus filhos. A influência excessiva trará um pai duro, rígido, estável, provedor e pouco amoroso. Mas a influência de Júpiter está chegando aí, mostrando como é possível aproximar pais e filhos. Apesar de Saturno ainda governar a energia masculina na astrologia – e por isso ainda determinar os aspectos descritos na figura paterna – o lado mais amável e participativo de Júpiter tem acionado a participação dos pais na vida dos filhos de forma mais envolvente e amorosa.


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual

 
Artigos mais recentes

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada:

Gostou? Compartilhe!