.
Mediunidade - Como saber se eu sou médium?

Mediunidade - Como saber se eu sou médium?

A resposta é simples: todos nós somos médiuns. A mediunidade é uma capacidade extrafísica que todos os seres humanos possuem, alguns mais bem desenvolvida do que outros, e ela independe da sua crença, religião ou filosofia de vida. Entenda mais sobre o assunto abaixo.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

Quais os sinais notáveis de minha mediunidade?


A palavra mediunidade vem do latim e significa ‘intermédio’, ‘intermediar’ e médium significa ‘aquele que está no meio’. É natural que algumas pessoas tenham a mediunidade desenvolvida e outros adormecida, tudo depende do seu livre-arbítrio em escolher se quer incentivá-la ou resguardá-la, qualquer que seja o motivo.

Não há um sinal físico, como uma marca de nascença, ou algo que seja determinante que alerta quanto à sua mediunidade. O desenvolvimento da sua capacidade médium depende das suas escolhas espirituais e da sua determinação. Mas existem alguns indícios que podem tirar a sua dúvida, como:

  • 1

    Vidência ou audição espiritual


    Se você tem sonhos premonitórios, intuição aguçada do que pode vir acontecer ou tem ouvido, durante o sono ou acordado, vozes de seres não físicos, esses são indícios fortes da sua capacidade médium.

     

  • 2

    Transe psicográfico ou psicofônico


    Se você sente uma urgência compulsiva e ás vezes até inoportuna de escrever ideias, e quando elas vêm ao papel parecem que não são suas, e por vezes você fala ideias e tem atos que parecem que não fazem parte da sua personalidade (normalmente isso é relatado por pessoas ao seu redor), isso denota que você tem estado em estado de transe em comunicação com espíritos.
  • 3

    Acentuada sensibilidade emotiva


    Quem é médium costuma compartilhar das emoções alheias de uma forma muito intensa. Se você percebeu que está mais sensível do que de costume, pode ser sinal do desenvolvimento da sua mediunidade.
  • 4

    Sintomas físicos


    Esses sintomas são muito particulares pois cada pessoa relata uma manifestação diferente. É comum ouvir dos médiuns que no inicio do desenvolvimento dessa sua capacidade psíquica sentiram suor excessivo nas mãos e axilas, formigamento das extremidades, bochechas e orelhas vermelhas sem qualquer motivo, calafrios, sensação de desmaio (sem razões físicas), fobias que antes não existiam, perda ou excesso de sono, palpitações, entre outros. É importante alertar que esses sintomas físicos vão sendo amenizados até desaparecer quando a pessoa começa a estudar e desenvolver a sua mediunidade. Com essa energia canalizada de forma positiva, os sintomas desaparecem.

Segundo a doutrina espírita, apesar de todos nós termos a capacidade mediúnica, somente o trabalho e o exercício sobre a mediunidade podem dar sinais decisivos se a pessoa é um médium ostensivo. Quem deseja desenvolver a sua mediunidade precisa estudar as obras espíritas, se informar sobre o assunto, praticar aquilo que a doutrina prevê e sempre de preferência como o auxílio de pessoas experientes na área. Ser médium é uma forma de amor, uma forma de doar-se e ajudar os espíritos necessitados, as pessoas ao seu redor e a si mesmo.

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!