.
Já ouviu falar em sugador de energia? Descubra quem são e como afastá-los.

Já ouviu falar em sugador de energia? Descubra quem são e como afastá-los.

Os seres humanos são formados por um complexo energético e estão sujeitos a interagir com diversos tipos de vibração, que podem causar assimilação ou perda de energia. O sugador energético é aquele que suga a energia das pessoas, plantas, animais e qualquer ser vivo. Existem diferentes fatores que influenciam neste processo como carências afetivas, financeiras, sexuais, intelectuais, entre outras.

Todas as pessoas têm necessidade de uma carga energética, que é essencial para nutrir nossos corpos espirituais e físicos. Ao longo do tempo, gastamos nossa carga energética e ela deve ser reposta a partir de mecanismos naturais como alimentação, respiração e a absorção do fluido cósmico universal através de nossas chackras. Repor essa carga energética em uma quantidade mínima necessária para viver bem, depende de diversos fatores como estilo de vida, o meio que vivemos e a qualidade de nossos sentimentos, pensamentos e sensações.

O sugador de energia, ou vampiro energético, é alguém que necessita de energia vital cósmica e não é capaz de absorvê-la naturalmente. Através de um mecanismo de frequência vibracional, o sugador tende a se aproximar de pessoas que possuem uma boa carga de energia vital.

Quando estamos próximos de qualquer pessoa, ocorre uma simbiose energética. Portanto, trocamos energia de forma permanente com as pessoas que vivem conosco, no ambiente de trabalho e até mesmo em locais públicos. Desta forma, são feitos diferentes tipos de combinações energéticas, que influenciam os campos vibracionais um do outro.

Ao entrar em contato com um sugador de energia, ele praticamente não terá energias para trocar. Então, tende a absorver a energia daqueles com quem convive. Tratam-se de pessoas debilitadas, que metabolizam e absorvem toda a energia consumida e não resta nada para doar como retorno. Toda a energia tomada pelo sugador será consumida por seu corpo físico e espiritual, ou seja, ele apenas absorve e não emite, gerando um déficit energético na outra pessoa. Mas, como podemos identificar esses indivíduos? Descubra a seguir.

Como identificar um sugador de energia?

As pessoas que são física e psicologicamente saudáveis, se nutrem das fontes naturais de energia. Porém, aqueles que são desequilibrados e não têm contato com sua própria natureza interna, perdem a habilidade de absorver a alimentação energética natural. Assim, acabam adquirindo o vício de sugar a energia vital das pessoas que convivem, tornando-se sugadores de energia. O sugador possui diversas características, mas, a principal delas costuma ser o egocentrismo. Quanto mais a pessoa foca em si mesma, maior é a dificuldade para manter o contato com as fontes naturais de nutrição energética e a tendência de sugar a energia dos outros.

Não é fácil identificar quem são os sugadores, mesmo porque a maioria possui laços afetivos com as vítimas. O grau de afetividade torna mais fácil o processo de sugar as energias, pois quando gostamos de alguém, nos doamos mais facilmente e assim, tornamos o outro dependente de nossa energia. O sugador só existe a partir do momento que alguém se dispõe a ser sugado. Veja abaixo, alguns tipos de sugadores e suas características:

  • O que se faz de vítima

    São aquelas pessoas que contam histórias horríveis que aconteceram com elas e insinuam que o mundo todo é responsável pela situação que se encontram, menos eles mesmos. Esta pessoa vai tentar envolver você pelo sentimento de pena e passivamente, começará a sugar sua energia. Normalmente, este sugador está dentro da família, mas também pode ser um amigo próximo. Ele quer demonstrar que você não faz o bastante para ajuda-lo e você se sente culpado só de estar próximo.

  • O que faz especulações

    Estes indivíduos gostam de sondar e fazer perguntas sobre sua vida, com objetivo de descobrir algo errado. Quando encontram uma falha, vão criticar seu estilo de vida e adotar uma estratégia para te vampirizar através disso. Se você der atenção às críticas desta pessoa, vai criar um vínculo simbiótico e passar a transmitir a energia para o sugador.

  • O que tenta intimidar

    Em muitos casos, essas pessoas chegam em sua vida como se fossem os salvadores da pátria. Eles querem demonstrar que se importam com o outro em um momento de fragilidade. Este tipo de sugador de energia mostra ser alguém forte e te orienta com atitudes manipuladoras, com simples objetivo de te manter dependente dele. Este é o tipo mais recorrente e também muito perigoso, porque pode te manipular a ponto de ter medo de se afastar. O sugador por ser agressivo e ameaçar abandono. E você pode realmente acreditar que não vive sem ele. Quando se é sugado por este tipo de pessoa, cria-se um padrão vibracional com uma simbiose. Então, o sugador alcança seu objetivo, pois o agredido transmite sua energia para ele através de rancor, mágoas e ódio. Este tipo de relação baixa nosso padrão energético e pode nos levar à depressão, reclusão e síndrome do pânico.

Normalmente, conseguimos identificar qualquer tipo de sugador através da agressividade e críticas a tudo. São pessoas que só reclamam, se queixam de tudo e desta forma, sugam a energia dos outros. Como não conseguem se ligar à energia cósmica, não abandonam seus vícios, não mudam seu comportamento e encontram nessa forma de ser, um meio para sugar as energias dos outros.

Como afastar os sugadores de energia?

Nenhuma pessoa nasce sendo um sugador de energia, mas todos podem se tornar um. Nós possuímos mecanismos naturais de defesa para evitar a perda de energia vital. Porém, quando perdemos o controle de nosso centro de gravidade seja por estresse, tristeza, cansaço, depressão, frustração, entre outras emoções, alteramos a estrutura de nosso corpo sutil, nos tornando suscetíveis para invasores. Trata-se de uma questão de vibração. Quando aceitamos provocações com facilidade e estamos psicologicamente abalados, nos tornamos presas fáceis para os sugadores.

Não é necessário se afastar fisicamente do sugador de energia, mesmo porque ele pode estar na nossa família, círculo social ou em um relacionamento afetivo. Porém, podemos nos prevenir e nos proteger deles, alterando nosso padrão vibracional para que a simbiose energética se rompa. Podemos seguir com as relações se conseguirmos romper o ciclo e assim, a pessoa pode continuar sendo uma sugadora, mas não de nossa energia.

A principal defesa contra os sugadores de energia está em observar nossos próprios sentimentos. O fluído cósmico vital pode ser absorvido através de todos os centros de força, mas, os chackras são os responsáveis por transformar o fluido cósmico em fluido vital e distribui-lo pelo organismo e isso ocorre de acordo com nossos sentimentos. Se estivermos bem nutridos e equilibrados, ficamos mais forte e corremos menos risco de ser sugados.

Quando cultivamos bons sentimentos nos nutrimos ao máximo com nosso fluido vital. Ao alterar estes bons sentimentos, nos posicionamos em um nível intermediário de fluido vital. E quanto mais tempo cultivarmos sentimentos ruins, menor será o nível de fluido, nos tornando presas fáceis para sugadores. Podemos afirmar que não existem sugadores sem que haja aqueles que se propõem ser sugados.

Algumas pessoas são suscetíveis a ter vários sugadores de energia, porém, o sugador elege uma vítima por vez, até que a mesma se liberte ou perca a sua energia vital inteiramente. Então, o sugador busca sua próxima vítima. Isso acontece porque sugar a energia de uma pessoa enfraquecida e doente pode causar danos ao sugador, por isso, ele busca pessoas com boa energia. Podemos concluir que devemos nos cuidar para não estar disponíveis para os sugadores, mantendo sempre uma boa frequência vibracional.

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.