.
Instrumentos de rituais mágicos – conheça suas funções

Instrumentos de rituais mágicos – conheça suas funções

Os instrumentos de rituais mágicos são usados para focar a intenção e a atenção do praticante em uma determinada magia. Eles também podem invocar entidades, afastar negatividade, direcionar as energias, dentre diversas funções. Os instrumentos de rituais não são necessários para a execução de feitiços, mas eles ajudam a enriquecer e simbolizam energias complexas na magia. Conheça alguns instrumentos de rituais mágicos e entenda os seus simbolismos e funções.

CONSULTA DE TAROT

Escolha uma carta e comece a consulta de Tarot 100% personalizada!

Athame

O Athame, ou Espada Espiritual, é uma faca de dois gumes que simboliza o elemento ar. Ele é um dos instrumentos para rituais utilizados para direcionar energias e para traçar o Círculo Mágico. Existem tradições que usam o Athame para invocar entidades em rituais. Ele também representa a energia masculina, por ser um símbolo fálico.  O Athame costuma ser vendido sem corte, ele não precisa ser afiado para utilização em feitiços.

Bolline

A bolline é uma faca com cabo branco, que normalmente é utilizada para colher ervas e gravar inscrições. Trata-se de uma faca prática para os trabalhos mágicos. Ao contrário do instrumento ritualístico, Athame. Este é um dos instrumentos de rituais mágicos que é mais prático do que simbólico.


Clique aqui: Quais são as diferenças entre simpatia e magia negra


Cajado

O cajado é um instrumento utilizado para direcionamento de energias e abertura do círculo mágico. Também pode ser usado para limpar energias negativas dos locais e abrir portais de outras dimensões. Os cajados costumam ser associados aos magos, por serem objetos mais robustos, mas nada impede que as bruxas também o usem.

Caldeirão

O caldeirão é o símbolo da origem da vida. Ele possui um formato que se associa ao útero da grande mãe e representa fertilidade. Os caldeirões mais tradicionais possuem três pés, simbolizando a Deusa Tríplice (Anciã, Mãe e Donzela) e o crescimento.  Geralmente, é utilizado nos feitiços em que as bruxas queimam papéis com agradecimentos, pedidos e orações. Também é usado para preparar comidas, fazer poções e desidratar ervas.  O material mais comum para fazer caldeirões é o ferro, mas o barro também é habitual. O alumínio não é um material usual para caldeirões, pois deixa resíduos nas comidas e poções.


Clique aqui: Magias hindus para atrair dinheiro e trabalho


Cálice

O cálice representa o elemento água em rituais e altares. Também simboliza o princípio feminino, relacionando-se com o ventre da Deusa. Ele pode ser feito de diversos materiais como concha do mar, chifre, cristal, madeira, metal, pedra, entre outros. É utilizado para beber vinho ou outras bebidas em rituais.

Chapéu

O chapéu pontiagudo já foi moda na idade média, mas depois que passou a ser usado por pessoas mais simples do campo foi considerado fora de moda. As bruxas sempre tiveram a tradição de usá-lo. Não se trata de uma opção estética, mas a crença de que o formato de cone ajudava na captação e potencialização de energias, como as pirâmides das antigas civilizações. Também existe a teoria de que muitas acreditavam que estariam protegidas usando seus chapéus em rituais mágicos.


Clique aqui: Bruxa: o que é e o que faz?


Grimório

O grimório é o livro de anotações das bruxas. É onde anota-se dicas mágicas, feitiços, lembretes importantes, símbolos e tudo que desejar para consultar posteriormente. Neste livro, a bruxa pode anotar rituais que ainda não realizou, mas que pretende fazer um dia.

Livro das sombras

Este também é um livro de bruxas, mas diferente do grimório. Nele, a bruxa só escreve os rituais e feitiços que já foram realizados. Como o próprio nome diz, se refere a tudo que você já deixou para trás, que está nas sombras. Além de anotar os rituais mágicos realizados, é importante registrar seus resultados. Assim, você saberá se este feitiço é eficiente ou não.

Varinha

A varinha possui simbolismos semelhantes ao Athame, é usada para direcionar energia, invocar entidades e traçar o Círculo Mágico. Ela deve ser feita com o galho de uma árvore e ter a medida da distância do seu cotovelo até a ponta do dedo indicador. Você pode enfeitar sua varinha com pedras, flores, fitas e tudo que desejar. As árvores sagradas indicadas são Aveleira, Carvalho, Macieira, Freixo, Espinheiro, Sabugueiro, Acácia, Loureiro, entre outras. Mas, você pode fazer com a que tiver mais fácil acesso. Alguns dizem que as bruxas devem fazer sua própria varinha, outros que devem compra-la pronta. Mas, como tudo na bruxaria natural, a escolha deve ser sua.


Clique aqui: Simpatia do Salmo 3 para afastar intrigas e negatividades


Vassoura

A vassoura é o símbolo universal da bruxaria e existem muitas teorias sobre esta relação. A principal é que as bruxas usam a vassoura para voar. Como os demais instrumentos de rituais mágicos, a vassoura possui um significado: o cabo simboliza o masculino e a piaçava o feminino. Em conjunto, formam um símbolo da fertilidade. Elas já foram usadas em diferentes rituais pagãos. Atualmente, são utilizadas para limpar energias negativas antes de um ritual. Você deve sempre varrer em direção à porta de entrada, expulsando tudo que tiver de ruim na sua casa.

Sino

O sino é utilizado na bruxaria para marcar o início e o fechamento de um ritual, para invocar entidades específicas e para despertar da meditação. Também é tocado para afastar coisas malignas, interromper tempestades ou invocar e circular energias positivas.

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: