.
Entidades ciganas na Umbanda: o que são e como agem?

Entidades ciganas na Umbanda: o que são e como agem?

Podem ser ditas assim energias e entidades que atuam fortemente na religião com traços sob domínio da linha do Oriente, sendo muito parecida com as demais, mas se diferenciando no modo de manipular os seus materiais e símbolos, já que os ciganos têm uma relação material com os elementos naturais, em contrário aos povos do Oriente que trabalham mais a forma magnética dos espíritos.

É muito importante deixar claro que as entidades ciganas na Umbanda são bem diferentes da magia cigana em si mesma, já que a sua atuação na Umbanda se mantém regida pelos orixás da religião.

CONSULTA DE TAROT

Escolha uma carta e comece a consulta de Tarot 100% personalizada!

Entidades Ciganas – Energia e Força

As entidades ciganas na Umbanda não atuam em prol do mal, apenas exercem seu papel de dominar incrivelmente a magia e preservar pela liberdade e prática de ações saudáveis, dentro da Lei praticada.

Os Ciganos são munidos de uma sabedoria plena e fazem seus encantos e magias cheios de mistérios sob regência das mudanças lunares. Além disso, usam em seus trabalhos muitos objetos que reafirmam sua faceta mística, como moedas, fitas, cores, essências, cobre, tabaco, vinho, espelhos, medalhas e baralhos.

É também característica das entidades ciganas na Umbanda gostarem de festividades, danças, vinho tinto, pães, mel e tomates, além de muitas flores, fogueiras, velas e incensos. Todos elementos que representam a queima de energias negativas e impuras rumo à luz que traz de novo as boas novas e as energias renovadas.

 

Descubra agora o Cigano que protege o seu Caminho!

Símbolos de Entidades Ciganas

Os símbolos de entidades ciganas na Umbanda mais presentes são a taça (expressão de acolhida, poder e união), a ferradura (que representa a sorte, a fortuna e a velocidade), a lua (mãe dos enigmas, do sagrado feminino e das mudanças humanas), a moeda (símbolo da prosperidade e da justiça), o trevo (representante da sorte, da fortuna e da prosperidade), as essências (que trazem equilíbrio, tranquilidade e conforto), as pedras (purificadoras dos ambientes e das pessoas), o ouro (símbolo da beleza, da sorte e do poder), os círculos (remetem ao plano humano entre vida e morte, além do equilíbrio e da reciprocidade), a coruja (o futuro, a consciência e a sabedoria), a estrela de cinco pontas (simboliza a evolução, a proteção e o êxito) e o punhal (simboliza a força, a vitória e a superação).

Agora que a relação entre a magia cigana e a Umbanda foi explicada, você já pode se aprofundar na cultura desses símbolos e buscar o que melhor corresponde a sua procura dentro da prática da Umbanda como busca de graças em prol do bem. Boa sorte!


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

David Fregate David Fregate

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: