.
Entenda porque as cores afetam seus chakras

Entenda porque as cores afetam seus chakras

Você sabia que pode equilibrar seus chakras através da terapia das cores? Praticada por chineses, gregos, hindus e egípcios séculos antes de Cristo, a cromoterapia trabalha a conexão entre as cores, o espiritual, o divino e a terra.

Com ajuda dessa ferramenta, você pode atingir o alinhamento dos seus chakras, sem gastar com terapias caras ou ineficazes. Na antiguidade, a cromoterapia era baseada no princípio de que a cor define a existência das coisas para os olhos, nossa principal porta para o mundo físico.

Este é um ritual sensorial, ou seja, você utiliza seus sentidos para se conectar com os seus chakras. Tudo que precisa saber é o seguinte: a cromoterapia trabalha com a aplicação das vibrações, suprindo a ausência ou corrigindo o excesso de cor, ou energia, no organismo. A utilização da vibração das cores lhe trará bem-estar espiritual, mental, emocional e físico.

Em busca de respostas? Faça as perguntas que sempre quis numa Consulta de Vidência.

10 min de consulta por telefone SÓ R$ 5.

O que é a vibração de cor?


É algo que não se pode ver, mas que está presente em diversos aspectos da vida cotidiana. Por exemplo, são atribuídas cores aos 7 chakras e, por isso, há alimentos naturais que contém efeitos benéficos e poderosos no balanço dos chakras, porque alimentam a cor (energia) destes. Também é possível expor-se a lâmpadas coloridas, para absorver luz e calor diretamente durante a sua meditação. Você pode fazer isso com folhas de papel ou plástico colorido transparente e uma lâmpada acesa. Basta acender a lâmpada com a cor dos chakras que quer alinhar.

Quando você sente que algum chakra em especial está fora de equilíbrio, pode buscar vestir-se da cor do chakra, comer alimentos naturais da mesma cor e assim por diante. Você se cerca daquela energia, curando seu corpo e alma eficazmente, sem terapias invasivas.

 

Leia Também: Conheça os templos de despertar dos 7 chakras

As cores e os chakras


  1. Muladhara – Vermelho, cor quente. Representa: saúde, fogo, coragem, paixões, sexualidade, conquistas, movimento, violência, poder e ira. Atua: no fígado e no sistema muscular. Ajuda na congestão e relaxa os músculos. Usada: em anemias, doenças do trato respiratório, doenças sanguíneas e depressão.
  2. Svadhisthana – Laranja, cor quente. Representa: prosperidade, alegria, sabedoria, ambição, criatividade, egoísmo e luxúria. Atua: na circulação do sangue, no metabolismo cálcio, na tireoide e nos hormônios. Ajuda a estimular a circulação e o metabolismo. Usada: no tratamento da vesícula,  tireoide, rins, doenças respiratórias, bexiga, pâncreas e ovários.
  3. Manipura – Amarelo, cor quente. Representa: luz solar, sabedoria, intelecto, alegria, diversão, percepção, comunicação, covardia, traição e riqueza. Atua: nos nervos motores, na digestão, na bílis e no pâncreas. Ajuda a purificar o trato digestório. Usada: no combate a diabetes, problemas de pele, esgotamento e depressões, hemorroidas, indigestão e paralisias.
  4. Anahata – Azul, cor fria. Representa: o céu, a paz, a verdade, a intuição, a meditação, a calma, a sinceridade e o plano mental. Atua: como anti-inflamatório, antisséptico e analgésico. Ajuda a regenerar tecidos e aumentar defesas. Usada: no combate a febre, dores, gastrites, cóleras, insônias, palpitações, reumatismos e estados emocionais alterados.
  5. Visuddha – Verde, cor neutra. Representa: começo da vida, a vegetação, a juventude, a deterioração, a germinação e as emoções. Atua: no combate de infecções, alivia tensões e estimula a fertilidade. Ajuda a estimular o crescimento. Usada: em doenças respiratórias, dores de cabeça, problemas no fígado e na coluna, hipertensão, úlceras, infertilidade e irritabilidade.
  6. Ajna – Roxo, cor fria. Representa: devoção, fé e percepção. Atua: na corrente psíquica, em corpos sutis, na visão, audição e olfato. Ajuda a emergir um contato entre planos físico e espiritual. Atua: nos olhos, nas dores, na apatia, na asma, nas convulsões, cólicas e reumatismos em geral.
  7. Sahasrara – Violeta, cor fria (ou Branco, cor neutra). Representa: transmutação, sobriedade, alquimia, meditação e elevação da consciência. Atua: na cicatrização, na corrente sanguínea, no coração e na região superior do cérebro. Ameniza irritações, desinfeta e purifica. Usada: nas dores de coluna, meningites, perturbações mentais e nervosas, rins, alcoolismo, vícios em geral, indigestão e queda de cabelo.

Leia Também: Cristais: Veja como podem atuar nos seus chakras


Descubra a sua orientação espiritual! Encontre-se!

Gostou? Compartilhe!