.
Descubra o que é e como funciona a auriculoterapia

Descubra o que é e como funciona a auriculoterapia

Em termos breves, a auriculoterapia, como o próprio nome indica, trata-se de uma técnica baseada no estímulo de pontos distribuídos pela aurícula ou ouvido externo, pontos estes que se relacionam com diferentes partes de nosso corpo. Ao conhecer essa relação é possível imprimir alguns estímulos em determinados pontos, os quais seriam responsáveis por levar mensagens específicas à partes ou órgãos humanos, aliviando dores, sintomas físicos e psicológicos dos pacientes.

Consulta Personalizada Medium Leila - Taróloga

Consultar agora!

O surgimento e desenvolvimento da Auriculoterapia


A história da auriculoterapia remete aos primórdios da medicina chinesa tradicional, sendo uma espécie de derivação da acupuntura como a conhecemos. A técnica apresentou um grande avanço ano de 1950, quando em território francês o Dr. Paul Nogier de Lion expandiu consideravelmente os pontos utilizados pela auriculoterapia mostrando que, além dos pontos tradicionalmente usados para apenas algumas doenças e órgãos, as orelhas poderiam abranger praticamente todo o corpo. As técnicas utilizadas atualmente são em sua maioria baseadas nos trabalhos apresentados por Nogier, sejam em escolas tradicionais Chinesas ou nas Europeias.

Leia Também: O que as cores das velas querem dizer? Descubra!

Aplicação da auriculoterapia


Com base em todos esses estudos, a auriculoterapia usa pontos localizados no ouvido externo para tratar uma série de problemas de saúde, como situações de dor, vícios e distúrbios físicos e psicológicos. É importante lembrar que os ouvidos externos não são exatamente iguais em todos os pacientes, requerendo a técnica ser executada na presença de um profissional devidamente instruído e capaz de identificar os pontos de maneira mais precisa em cada indivíduo. Isso é feito normalmente através da palpação do ouvido externo ou por testes eletrônicos.

A auriculoterapia tem mostrado ótimos resultados ao longo dos anos e pode ser uma ótima alternativa no tratamento de muitos males, mas os profissionais da área não recomendam seu uso como substituto a tratamentos médicos tradicionais sem a autorização de seu médico responsável, sendo mais aconselhável como um tratamento conjunto.

Para iniciar o tratamento após uma entrevista e identificar então os problemas a serem tratados, o profissional irá reconhecer e marcar os pontos a serem estimulados na aurícula do paciente. Tal estímulo pode ser feito de diversas maneiras, onde as mais tradicionais são através da utilização de agulhas de acupuntura e por pressão focada com o uso de pequenas sementes presas aos pontos. Existem profissionais que optam por outros métodos de estimulação, como através de lasers, ímãs e até mesmo estímulo elétrico, onde todos se mostram igualmente benéficos e eficientes.

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Gostou? Compartilhe!